A aposentadoria é um momento bastante esperado e muitos tem dúvidas sobre o que fazer para se aposentar com o teto máximo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O valor máximo concedido aos segurados da previdência social na aposentadoria, é o do teto estabelecido pelo INSS, atualmente o valor dele é de R$ 7.087,22. Infelizmente, não é tão fácil se aposentar pelo teto, muitos pensam que se durante os anos trabalhados, a contribuição com o INSS foi a máxima permitida, a aposentadoria de 7 mil reais já está garantida, mas o cálculo não funciona bem assim, isso porque para a realização deste, a média de salários que o segurado recebeu ao longo da vida também conta.

O cálculo da aposentadoria é feito considerando uma média da remuneração que o trabalhador recebe, desde julho de 1994, corrigida pelo índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), no mínimo um mês antes da solicitação da aposentadoria. Após a reforma da previdência, em 2019, todos os salários recebidos entram para a realização do cálculo da aposentadoria, não havendo mais a exclusão de 20% dos menores salários recebidos pelo trabalhador ao longo da vida.

Como é possível receber o teto da aposentadoria então? O INSS considera 60% da média de todos os salários + 2% por ano extra de contribuição que ultrapasse 20 anos, para homens e 15 anos, para mulheres. Para receber o valor integral, os homens precisam contribuir por 40 anos e as mulheres por 35, mas ainda assim, receber o valor integral pode não equivaler ao teto.

As variações nos índices de correção das contribuições com o passar do tempo e as alterações nos valores do teto devem ser consideradas, deste modo, para receber o teto do INSS, o homem precisa contribuir em média 43 anos e a mulher, 38 anos, além da contribuição ser feita com base no valor do teto atual.

Dona de casa pode solicitar a aposentadoria do INSS?

Como contribuir pelo teto do INSS?

Os segurados obrigatórios, aqueles que trabalham com carteira assinada, tem sua contribuição descontada da folha de pagamento e esta, é baseada na remuneração mensal recebida. Se o trabalhador recebe um salário no mesmo valor do teto ou acima, estará automaticamente contribuindo pelo teto.

Os contribuintes facultativos, como autônomos, podem escolher como preferem contribuir. Em regra, eles contribuem com a alíquota de 20% sobre um valor entre o salário mínimo e o teto do INSS. Também é possível que eles recolham com a alíquota de 11% sobre o valor do salário mínimo ou com a alíquota de 5% sobre o valor do salário mínimo.

Como é feito o cálculo do teto do INSS?

Todo os benefícios pagos pelo INSS tem um limite de valor, chamado de teto. Este valor é a quantia máxima que o segurado pode receber, o valor varia de benefício para benefício e definido todo ano, seguindo as variações do INPC, calculado e divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O INPC, além de ser usado para o reajuste de benefícios do INSS, também é utilizado como base para realizar uma análise do custo de vida dos brasileiros, segundo a renda mensal.

Como será o reajuste do INSS em 2022?

Segurados especiais podem se aposentar pelo teto do INSS?

Os segurados especiais, infelizmente não podem receber o valor do teto da aposentadoria do INSS, já que eles contribuem indiretamente e a comprovação do recolhimento é feita através de uma autodeclaração e da demonstração de atividade rural.

Quem é segurado especial, recebe apenas o valor de um salário mínimo mensalmente quando é aposentado.

Como solicitar a aposentadoria do INSS?

A solicitação da aposentadoria pode ser feita pela internet, através da plataforma “Meu INSS”. O processo é rápido e fácil, basta seguir os passos:

  • Logar na plataforma “Meu INSS”, disponível neste link;
  • Selecionar a opção “Pedir aposentadoria”;
  • Selecionar a modalidade de aposentadoria;
  • Responder um questionário a respeito da vida profissional;
  • Preencher as informações solicitadas;
  • Anexar os documentos solicitados;
  • Informar o CEP de onde reside;
  • Verificar se as informações estão corretas;
  • Clicar em “Avançar”;

Feito isso, o INSS irá registar a solicitação de aposentadoria. A consulta para verificar o andamento do pedido pode ser feita pela própria plataforma.

Como conseguir um empréstimo sem nunca ter trabalhado?

Tem mais alguma dúvida sobre o salário-família do INSS? Deixa nos comentários. Acompanhe a FinanZero também nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.