A nova forma de pagamento do PIX permitirá que seja realizado de forma offline por meio de QR Code. Entenda como funcionará

O Banco Central do Brasil informou que em breve o PIX vai oferecer um serviço que permitirá que os pagamentos sejam realizados de forma offline. Portanto, não será necessário o uso de Wi-fi ou 4g para utilizar os serviços oferecidos pelo PIX.

A opção de pagamento utilizando QR Code já era possível, desde que o celular que realizaria o pagamento estivesse conectado a web. Ou seja, sem a internet não tinha a possibilidade de transferências de valores.

Logo que a opção de pagamento por QR Code offline for liberada, a autenticação de solicitação de pagamento será enviada para o usuário independente da sua conexão online.

Como fazer PIX com cartão de crédito?

Como funciona o PIX?

O Pix é uma forma de pagamento, disponibilizada pelo Banco Central que permite pagamentos ou transferências a qualquer hora, independente do horário da instituição financeira. O serviço funciona também aos finais de semana e feriados, podendo assim, ser utilizado em qualquer dia.

Ele pode ser usado das seguintes formas:

  • Informando os dados bancários ou chave do Pix do recebedor no sistema do banco;
  • Realizando a leitura QR Code pelo celular;
  • Copiando e colando o código fornecido pelo receber no banco;

Após o pagamento ser realizado ele aparece na conta do recebedor em poucos instantes, mesmo que a instituição financeira do indivíduo não esteja funcionando no horário ou dia em questão. O PIX é gratuito e ilimitado para pessoas físicas e microempreendedores individuais.

Nenhuma taxa é cobrada por transferência e a segurança dos dados é garantida pelo Banco Central, que afirma que a segurança do PIX é a mesma da rede bancária tradicional.

Como usar o PIX?

Para utilizar os serviços oferecido pelo PIX basta se cadastrar pela Instituição financeira que possui vínculo com o PIX e gerar uma chave. A chave poderá ser o e-mail, telefone, CPF ou um código aleatório, gerado pelo próprio sistema do banco, que pode ser representado por uma sequência de números, letras e por um código QR Code.

A chave gerada será usada para receber pagamentos, assim, não precisará informar os dados bancários ou qualquer outro tipo de informação além da chave. A grande maioria dos bancos hoje possuem vínculo com o PIX, então basta conferir se existe essa opção no aplicativo da instituição.

É importante manter os dados do banco sempre atualizados pois são através deles que se identifica o usuário e as transações realizadas.

Quanto posso movimentar com o PIX?

Como vai funcionar a nova forma de pagamento offline do PIX?

Como comentado, a nova função do PIX disponibiliza a leitura do QR Code de forma Offline. Dessa forma, para realizar pagamentos ou transferências não será mais necessário estar conectado a uma rede de internet.

Até o momento, a forma como os pagamentos ocorriam pelo PIX continuam da mesma maneira. Alterando somente a não mais necessidade da conexão com a web.

Desse modo, os pagamentos agora poderão acontecer em qualquer horário e lugar, sem a dependência de nada além da chave cadastrada ou dados bancários.

O formato de pagamento por QR Code também já era utilizado pelo PIX, usando os formados QR Code dinâmico e QR Code estático. Onde o dinâmico só pode ser usado uma vez e o estático pode ser usado mais de uma vez, alterando o valor a ser pago ou mantendo um fixo.

E então, restou mais alguma dúvida sobre o serviço Offline do PIX? Se sim, deixe aqui o seu comentário que a FinanZero te ajuda.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.