FinanzeroBlogCrédito

Composição de renda: como ela pode ajudar no financiamento imobiliário?

Composição de renda: como ela pode ajudar no financiamento imobiliário?

Atualizado em: Quarta-feira, 01/06/2022 às 18h14
Compartilhe esse post:WhatsappFacebookLinkedInTwitter

Sinto muito, seu dispositivo não suporta leitura de texto

Composição de renda: como ela pode auxiliar na hora de financiar um imóvel. Além disso, quais são as principais vantagens.

A composição de renda pode ser uma ajuda essencial para quem está pensando em adquirir um imóvel financiado. Muitas vezes ela pode ajudar a conseguir a aprovação do crédito com mais facilidade.

Nesse artigo, vamos falar um pouco mais sobre esse tema e suas principais vantagens. Acompanhe:

Qual a renda mínima para financiar um imóvel de R$ 400 mil?

O que é composição de renda?

Trata-se da união de rendas de duas ou mais pessoas que tenham interesse em fazer um financiamento imobiliário.

A forma mais comum de composição de renda é aquela onde se envolvem pessoas da mesma família. Mas é importante ressaltar que há a possibilidade da junção de rendimentos de amigos também.

Essas rendas podem ser de salários recebidos por meio de trabalho registrado, pagamento por prestação de serviços, recebimento de aluguéis de imóveis ou até mesmo investimentos.

Normalmente as pessoas utilizam a composição de renda quando não são aprovadas no financiamento. Isso acontece porque o rendimento não é suficiente para bancar a aquisição do imóvel.

Quem recebe primeiro a restituição do Imposto de Renda?

Como funciona a composição de renda familiar?

Como já citamos, a composição de renda familiar é a mais comum entre as pessoas que desejam financiar um imóvel.

A verdade é que cada instituição financeira possui suas regras, mas de forma geral elas são muito próximas.

O principal requisito é não ter restrição no nome e isso vale para todos que estão compondo a renda. O score também é levado em consideração e, quanto mais alto, mais chances de conseguir a aprovação da linha de crédito.

Cada banco impõe o limite de participantes da composição de renda familiar. Por isso é essencial verificar todos os detalhes da instituição escolhida.

A aprovação também depende da documentação apresentada, que precisa estar em dia. Todos os participantes da composição precisam entregar os documentos pedidos pelo banco. Caso falte alguma coisa, o indivíduo não poderá participar do financiamento.

Como funciona um cartão de crédito consignado?

Quem pode compor a renda familiar?

No caso da composição familiar, quem pode fazer parte do financiamento são: cônjuge, pai, mãe, padrasto, madrasta, filho (a), enteado (a), sogro (a), tio (a) e primo (a).

Antes de decidir adquirir um imóvel dessa forma, o ideal é avaliar bem a situação. Afinal de contas, todos os participantes da composição familiar serão proprietários da casa ou apartamento.

Quais são os documentos necessários para financiar através da composição de renda?

Os bancos costumam ter uma certa variação na hora de solicitar os documentos para o financiamento. Mas de forma geral, os principais são:

  • Comprovante de residência atualizado;
  • Comprovante de renda;
  • Documento de identificação (RG, CNH, passaporte);
  • CPF;
  • Certidão de estado civil;
  • Extrato do FGTS (caso seja utilizado no financiamento).

Qual valor permitido para o financiamento?

Não existe valor máximo para o financiamento imobiliário com composição familiar.

Quanto mais alto o valor dos rendimentos, maior poderá ser o valor liberado pelo banco. Isso acontece porque as instituições financeiras entendem que a capacidade de pagamento é maior.

A verdade é que a maioria dos bancos só financiam até 80% do imóvel e isso significa que os 20% restantes precisam ser pagos como entrada. Além disso, as prestações devem ocupar, no máximo, 30% do rendimento bruto mensal da família.

Por conta dessas regras, a composição de renda pode ser uma ótima alternativa para quem deseja comprar um imóvel com valor mais elevado.

Quais são as vantagens da composição de renda?

A composição de renda serve para fazer com que as pessoas consigam viabilizar um sonho em comum. Mas além disso, quais são as vantagens dessa modalidade? Veja abaixo:

Melhor utilização do FGTS

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode ser utilizado na hora de financiar um imóvel. No caso da composição de renda, todos os participantes podem usá-lo. Isso significa um saldo maior e, consequentemente, uma maior entrada.

Aprovação mais fácil

Ter uma renda alta permite que os bancos aprovem o financiamento com mais facilidade. A composição de renda geralmente é feita por casais, mas muitos bancos aceitam participantes com outro grau de parentesco.

Condições melhores

Outro ponto importante é que é possível ter parcelas com valores menores. Afinal de contas, quanto maior a entrada, menor fica o valor a ser diluído nas prestações.

E quais são as desvantagens?

Como qualquer tipo de empréstimo, o financiamento com composição também tem suas desvantagens. A principal delas é a respeito de casais que se unem para financiar um imóvel. Nesse caso, existe a possibilidade de término e isso complica a questão de compor os rendimentos.

Outro grande problema é que no programa Casa Verde Amarela, a composição só pode ser feita uma única vez. Em resumo, se um dos participantes desiste no meio do caminho, não poderá fazer isso novamente.

De modo geral, as vantagens são mais relevantes, mas é preciso pesquisar muito e analisar todas as alternativas antes de tomar uma decisão.

Você tem mais alguma dúvida sobre composição de renda? Caso tenha, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Como pedir o cartão de crédito da Next?

Como pedir o cartão de crédito da Next?Como desbloquear o cartão de […]

Ler artigo completo

respostas para “Composição de renda: como ela pode ajudar no financiamento imobiliário?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Navegue por:

    Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
    PáginasEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresasStoriesÍndice de EmpréstimoConsórcioSitemapIti – Empréstimo Pessoal OnlineClick Cash – Empréstimo Pessoal OnlineCartão de Crédito OnlineDigio – Cartão de Crédito OnlinePolítica de Privacidade FinanZeroVirtusPay – Boleto Parcelado Onlinebxblue – Empréstimo Pessoal OnlineAgente Imóvel – Refinanciamento Imobiliário OnlinePiki – Empréstimo Pessoal para Negativado OnlineProvu – Empréstimo Pessoal OnlineBoa Vista: Empréstimo Pessoal Online e ScoreCetelem – Crédito Consignado OnlineSuperSim – Empréstimo Pessoal OnlineSofisa Bank – Refinanciamento de Imóvel OnlineBanco Alfa – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo Sim – Crédito Pessoal OnlineCredjet – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Bari – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo Consignado INSS para aposentado e pensionistaParceirosCreditas – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo para Autônomo Negativado OnlineSimulação de empréstimoEmpréstimo com Garantia OnlineSimule seu empréstimo – ConversãoEmpréstimo ConsignadoNexoos – Empréstimo Para Empresa OnlineCashMe – Refinanciamento de Imóvel OnlineCrediHome – Refinanciamento de Imóvel OnlineTipos de EmpréstimoOmni Financeira – Refinanciamento de Veículo OnlineMoneyman – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Pan – Crédito Consignado OnlineNew HomeLivre Digital – Empréstimo Pessoal OnlineBizCapital – Empréstimo e Capital de Giro Para Empresa
    Solicite seu empréstimo