Veja a lista de espera do Prouni 2020 e confira candidatos classificados

O MEC (Ministério da Educação) divulgou, nesta segunda-feira (24), a lista de espera do Prouni.

Para verificar o resultado, o candidato deve acessar a página de login do Prouni com usuário e senha.

Os pré-aprovados precisam comprovar algumas informações pessoais nas instituições de ensino até sexta (28).

Leia também: PIX: pagamento instantâneo. O que é e como funciona?

O que é Prouni?

O Programa Universidade para Todos – ou Prouni – é um programa que oferece bolsas de estudo parciais (de até 50% da mensalidade) e integrais para cursos de graduação e formação continuada em instituições particulares.

Para se candidatar ao programa, o estudante deve ter renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa, no caso de bolas integrais, ou de até 3 salários mínimos para parciais.

Também precisa ter feito o Enem, com nota mínima de 450 pontos em cada prova, sem ter zerado a redação.

Além disso, é preciso

  • ter estudado em escola pública ou ter sido bolsista integral durante todo o ensino médio; ou
  • ser uma pessoa com deficiência; ou
  • dar aula na rede pública

Neste último caso, não é necessário comprovar renda. Para as outras duas categorias, é indispensável comprovar critérios de renda e de histórico escolar, mesmo para aqueles que estão na lista de espera do Prouni.

Veja mais: Inadimplência e adimplência: o que são e qual a diferença?

E se eu não for aprovado para a lista de espera do Prouni?

Não fique triste! Mesmo aqueles que não se classificaram para a lista de espera do Prouni podem cursar uma instituição de ensino superior.

A FinanZero oferece empréstimos que podem ser usados para arcar com as mensalidades de uma faculdade, com crédito pessoal de R$ 500 a R$ 35 mil, parcelado em até 24 meses. E, o melhor, 100% online.

Simule um empréstimo com a FinanZero!

Ficou com mais alguma dúvida sobre crédito estudantil e Prouni? Comente aqui!

Ah, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.