FinanzeroBlogFinanças Pessoais

Desafio das 52 semanas: aprenda como poupar mais de 13 mil reais em um ano

Desafio das 52 semanas: aprenda como poupar mais de 13 mil reais em um ano

Compartilhe esse post:

O desafio das 52 semanas é uma opção para quem deseja guardar dinheiro a médio prazo e de forma gradual.

De acordo com levantamento feito em todas as capitais do Brasil pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 48% dos consumidores entrevistados não controlam o seu orçamento. Além disso, em cada dez pessoas que adotam algum método apropriado de controle das finanças, somente um terço planeja o mês com antecedência.

Diante disso, é de comum acordo que diversas metas estão atreladas a dinheiro e, por isso, o planejamento é de suma importância no alcance de objetivos. Inclusive, foi pensando nisso que a estadunidense Kassondra Perry-Moreland criou o desafio de 52 semanas, em 2013, e compartilhou a ideia em seu perfil no Facebook. O método para guardar dinheiro viralizou e, atualmente, é amplamente utilizado nas finanças pessoais.

Como guardar dinheiro nas caixinhas do Nubank?

Como funciona o desafio das 52 semanas?

De modo geral, o desafio das 52 semanas tem o objetivo de facilitar o processo de guardar dinheiro, que ocorre de forma gradual, semanalmente, durante um ano, por isso leva o nome de “52 semanas”.

Na prática, funciona assim: na semana 1 é preciso guardar R$1, na semana 2 o valor passa para R$2, na semana 3 para R$3 e assim sucessivamente. Dessa forma, em 52 semanas, isso é, ao completar um ano de desafio, terá sido possível guardar R$1.378.

O valor inicial e a quantia de progressão podem variar, por exemplo, é possível começar com R$5 e aumentar, semanalmente, de R$5 e R$5, chegando a R$6.890 em 52 semanas. Da mesma forma, há a possibilidade de começar a primeira semana com R$10, passando para R$20 na segunda, R$30 na terceira e assim por diante.

Portanto, o desafio das 52 semanas funciona como uma estratégia para guardar dinheiro durante o período de ano, a fim de, ao final do ciclo, poder usar a quantia para algum propósito profissional ou pessoal, como realizar um curso ou viagem, por exemplo. Por isso, a quantia inicial e de progressão podem variar de acordo com o objetivo e possibilidade financeira de cada pessoa, já que não existe uma regra definitiva.

Aprenda como fazer o desafio das 52 semanas e poupar mais de 13 mil reais em um ano

O desafio das 52 semanas para poupar mais de R$13 mil em um ano começa com R$10 na primeira semana e vai aumentando gradativamente, de R$10 em R$10. Portanto, na segunda semana será preciso guardar R$20, na terceira semana R$30 e assim por diante. Ao final das 52 semanas, terá sido possível guardar R$13.780.

Para isso, é possível utilizar tabelas prontas, já disponibilizadas na internet, aplicativo ou, caso prefira, criar a própria tabela, como essa que mostramos a seguir.

Onde guardar o dinheiro do desafio das 52 semanas?

Além de estipular o valor inicial e de progressão, outro fator relevante no desafio das 52 semanas é definir onde guardar esse dinheiro ao longo do período. Desse modo, uma das formas mais comuns é manter a quantia em uma conta poupança ou corrente comum, em que não há movimentações, a fim de evitar mexer no dinheiro.

Entretanto, há outras opções que podem ser mais vantajosas, como é o caso da função “Guardar dinheiro”, do Nubank, que rende 13,65% ao ano. Nela, o titular da conta pode acrescentar o quanto quiser e, ainda, estipular uma data para retirada do valor, evitando mexer antes do final do desafio.

Outra possibilidade é o investimento em renda fixa, como CBD e Tesouro Direto, que são considerados produtos financeiros de baixo risco, logo, trazem mais segurança a quem investe. Dentre as opções de renda fixa, está a poupança, contudo, esse é um produto financeiro pouco recomendado atualmente, já que possui taxa de rentabilidade baixa, quando comparada aos demais.

Em ambos os casos, no entanto, é preciso atenção, pois se houver “período de carência”, ou seja, prazo mínimo no qual o dinheiro precisa ser deixado rendendo, e o titular precisar retirá-lo antes da data, terá que pagar por um percentual que será cobrado sobre o valor total.

Além disso, alguns produtos financeiros podem exigir uma quantia mínima de investimento inicial, se for o caso, há a possibilidade de guardar o dinheiro em uma conta digital separada, por exemplo, e ao alcançar a quantia mínima para iniciar o fundo, aplicá-lo.

Aprenda a fazer vendas pelo celular com a maquininha de cartão.

Qual é a vantagem do desafio das 52 semanas?

O desafio das 52 semanas é uma das principais maneiras de conseguir juntar uma determinada quantia de dinheiro e alcançar uma meta estipulada. Além disso, conta com diversas outras vantagens, como:

  • construção do hábito de poupar;
  • permite guardar dinheiro a partir da própria realidade financeira;
  • contribui para diminuição de compras impulsivas.

Paralelamente, a quantia poupada ao longo do período pode ser utilizada para inúmeras finalidades, por exemplo:

  • gastos emergenciais;
  • viagens;
  • aquisição de bens;
  • complemento para aposentadoria;
  • estudos;
  • investimento em um negócio.

Como economizar na compra de material escolar?

4 dicas para cumprir o desafio das 52 semanas

Apesar das vantagens do desafio, é comum que no decorrer das semanas haja algum tipo de desmotivação ou, até mesmo, dificuldade em separar determinada quantia para guardá-la. Pensando nisso, separamos 4 dicas para ajudar a cumprir o desafio das 52 semanas.

1. Faça um planejamento financeiro

Antes de tudo, faça uma análise acerca de todas as despesas fixas e dívidas vigentes que possui, leve em consideração, ainda, as despesas variáveis, como as contas da casa. A partir daí, defina quanto é possível reservar mensalmente para despesas secundárias e, também, para o desafio.

2. Adapte o desafio à sua realidade

Conforme já mencionado, não existe uma regra quanto ao valor inicial e de progressão, portanto, cada pessoa pode definir a quantia que funciona para si mesma, e que faça sentido à própria realidade financeira. Dessa forma, o desafio se torna realista e, consequentemente, cabível de ser concluído.

3. Reveja o valor de progressão

Se em determinado momento do desafio, a realidade financeira mudar, não hesite em rever o valor de progressão, isso é, a quantia depositada mensalmente. Em situações como essa, é preciso ter em mente que o objetivo do desafio das 52 semanas é estimular a educação financeira e o hábito de poupar, portanto, deixar de arcar com algum gasto essencial para guardar a quantia semanal se torna inviável, já que pode levá-lo à inadimplência.

Então, reorganize o orçamento e, em seguida, estabeleça um novo valor de progressão, que caiba no orçamento atual.

4. Evite o cartão de crédito

Ao realizar compras no cartão de crédito, o gasto em questão é jogado para o futuro, ou seja, o consumidor deverá arcar com o pagamento somente no mês seguinte, o que pode gerar a falsa sensação de que os gastos daquele mês “estão no controle”. Sendo assim, a sugestão é efetuar o pagamento, sempre que possível, no débito, e reservar o cartão de crédito para compras emergenciais e de valores elevados que deverão ser parceladas.

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixa nos comentários. Acompanhe a FinanZero também nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Aprenda a fazer vendas pelo celular com maquininha de cartão

Aprenda como realizar vendas utilizando o celular como maquininha de cartão e quais empresas oferecem a opção.

Ler artigo completo

0 respostas para “Desafio das 52 semanas: aprenda como poupar mais de 13 mil reais em um ano”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasFlip – Empréstimo para Pessoa JurídicaZippi – Empréstimo para Pessoa JurídicaJuvo – Empréstimo com garantia de celularBanco Inter – Crédito Consignado OnlineMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineL&M – Consultoria em meios de pagamentoRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresas
Solicite seu empréstimo