FinanzeroBlogBenefícios do Governo

Estou desempregado, tenho direito ao Auxílio Brasil?

Estou desempregado, tenho direito ao Auxílio Brasil?

Compartilhe esse post:

O Auxílio Brasil vem ajudando milhões de famílias brasileiras, mas para receber o benefício deve-se preencher alguns requisitos.

O Auxílio Brasil, novo programa social do governo, atingiu recentemente o número de 17 milhões de famílias beneficiadas, mas para ter direito a este auxílio, é preciso que a família cumpra alguns requisitos, desse modo, estar desempregado não dá diretamente o direito ao programa. Mas o que é preciso então?

O requisito principal é que a família esteja inscrita no Cadastro Único (CadÚnico) e para isso, a renda familiar mensal da mesma deve ser de até R$ 3300,00 ou ela deve ter uma renda per capita de até R$ 550,00. Também podem se inscrever no CadÚnico pessoas que moram sozinhas ou que estão em situação de rua.

Empréstimo pessoal sem burocracia e 100% online é com a FinanZero, acesse e faça já o seu pedido!

Mesmo estando inscrita no CadÚnico, a família não obtém automaticamente o direito ao Auxílio Brasil, isso porque é preciso cumprir outro requisito, a renda. Destaca-se então que a inscrição no CadÚnico não concede por si só o direito ao benefício, mas é obrigatória para recebê-lo. As famílias que tem direito ao benefício devem ter a renda mensal per capita de até R$ 200,00. As categorias que incluem este universo são:

Famílias em situação de pobreza – Tem renda familiar mensal per capita entre R$ 100,01 e R$ 200,00.

Famílias em situação de extrema pobreza – Tem renda familiar mensal per capita de até R$ 100,00.

Para receber o Auxílio Brasil, é preciso que a família preencha estes dois requisitos. Salienta-se que o cadastro deve estar sempre atualizado no CadÚnico.

Se o desempregado preencher estes requisitos, ele tem direito a receber o benefício, mas caso contrário, o mesmo não poderá ser concedido a ele.

Vai ter cartão do benefício Auxílio Brasil?

Se minha renda aumentar, perco o direito ao Auxílio Brasil?

As famílias que estão recebendo o Auxílio Brasil e tiveram um aumento de renda que ainda permanece dentro do estipulado nos requisitos, continua recebendo o benefício normalmente, basta atualizar o cadastro no CadÚnico. Caso a renda da família passe por um aumento que ultrapasse o valor de R$ 200,00 per capita, que é o estabelecido para o recebimento do auxílio, ela não será retirada imediatamente do programa, desde que cumpra determinados requisitos, que estão inseridos dentro de uma regra, chamada de regra de emancipação.

A regra de emancipação funciona da seguinte forma, as famílias que tiveram um aumento da renda familiar mensal que extrapola o valor estipulado para a linha da pobreza (R$ 200,00) continuarão no programa por 2 anos, mas, para isso ser possível, é preciso que a renda familiar mensal per capita não chegue a ser 2,5 vezes maior que o valor da linha da pobreza (R$ 500,00).

Destaca-se que se a renda da família for unicamente de aposentadoria, pensão e benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou do Benefício de Prestação Continuada (BPC), ela poderá permanecer no programa por um ano.

E se após o período da regra de emancipação, a renda da família diminuir novamente e ela for cancelada do programa? Neste caso, ocorre o retorno por reversão de cancelamento, que pode ser solicitado até 36 meses depois da data do cancelamento. A família poderá então voltar a receber o Auxílio Brasil com prioridade, desde que ela volte a cumprir os requisitos exigidos para o recebimento do benefício.

O que é o benefício extraordinário do Auxílio Brasil?

O benefício extraordinário é um valor que complementa o Auxílio Brasil e faz com que o pagamento recebido pelos beneficiários seja R$ 400,00. Segundo o Presidente Jair Bolsonaro, este valor deverá ser pago até dezembro deste ano (2022) e depois, o benefício Auxílio Brasil deve voltar ao seu valor normal.

A implementação do benefício extraordinário visa ajudar os beneficiários com um valor maior neste período em que o país está enfrentando uma grande crise econômica, desencadeada pela pandemia e a inflação. É importante evidenciar que este benefício não deve permanecer por mais tempo do que o estabelecido.

Quem é autônomo consegue fazer financiamento?

Qual o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil para 2022?

O Ministério da Cidadania já divulgou o calendário completo de pagamentos do Auxílio Brasil para 2022 e os pagamentos serão feitos pela Caixa Econômica Federal, nas datas definidas.

Para saber em qual dia o benefício ficará disponível para saque deve-se observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão dos titulares. Cada final do NIS tem uma data correspondente por mês.

Segue abaixo o calendário:

Seguindo o calendário, nesta quinta-feira (20/01) e na sexta-feira (21/01) receberão os beneficiários com o final do NIS 3 e 4, respectivamente.

Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem, o que fazer?

Tem mais alguma dúvida sobre o Auxílio Brasil? Deixa nos comentários. Acompanhe a FinanZero também nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Quem é autônomo consegue fazer financiamento?

O profissional autônomo também pode solicitar financiamento de imóvel e automóvel, contudo, é preciso reunir […]

Ler artigo completo

1 resposta para “Estou desempregado, tenho direito ao Auxílio Brasil?”:

  1. Vinicius aparecido dos santos ramos disse:

    Auxílio é para pessoas cortada do bolsa família

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Navegue por:

    Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
    PáginasZiliCred – Refinanciamento Imobiliário OnlineBlipay: Empréstimo Pessoal – Antecipação SalarialÁgil- Empréstimo OnlineConsórcio para intercâmbioConsórcio para festasConsórcio para cirurgias plásticasConsórcio de cursosFlip – Empréstimo para Pessoa JurídicaZippi – Empréstimo para Pessoa JurídicaJuvo – Empréstimo com garantia de celularBanco Inter – Crédito Consignado OnlineMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículo
    Solicite seu empréstimo