Estados e municípios cogitam decretar lockdown e voltar para fases mais restritivas da quarentena; entenda o que isso significa, como te afeta e o que abre e fecha nas cidades durante esse período

Por conta do avanço do novo coronavírus no mundo, alguns locais perceberam que as regras de distanciamento social e a quarentena com algumas liberações não têm sido suficiente para conter a doença.

Por isso, algumas cidades decidiram aumentar a restrição de cidadãos circulando nas ruas, decretando o chamado lockdown.

Peça uma cotação grátis e receba ofertas de empréstimo de até 10 parceiros FinanZero!

O que é lockdown?

A palavra inglesa pode ser traduzida como confinamento. Isso porque lockdown refere-se ao bloqueio total de determinada região de um país.

Por isso, um Estado ou a Justiça adota esse sistema durante situações extremas, como a pandemia do coronavírus. Além disso, o lockdown tem algumas características como:

  • O cidadão não pode circular em áreas públicas, ao menos que exista um motivo emergencial;
  • A pessoa não pode cruzar fronteiras, isto é, está proibida de viajar tanto dentro do território quanto para lugares fora do país;
  • Além disso, dependendo das regras da região naquele momento, pode haver toque de recolher.

Por fim, é importante lembrar que toda a fiscalização do cumprimento ou não dessa medida é feita pelo governo.

Confira – Como fazer a prova de vida digital do INSS?

Como o lockdown funciona?

As regras podem variar entre as regiões e dependem do acordo entre governo e cidadãos. Mas, em geral, a medida básica de um lockdown é que as pessoas só podem sair à rua caso tenham uma justificativa emergencial.

Por isso, o governo permite que apenas alguns serviços funcionem. Por exemplo, ficam abertos:

  • farmácias;
  • hospitais;
  • supermercados;
  • entre outros locais que o governo classifique como serviço essencial.

Além disso, em muitos locais pode acontecer de o governo fechar totalmente ou de forma parcial as rodoviárias, estações de trem e aeroportos.

Confira também – Quem não se vacinar vai ser demitido?

O que abre durante o lockdown?

Como dito anteriormente, apenas serviços essenciais estão disponíveis à população durante o período de lockdown. Por isso, abrem apenas:

  • Hospitais;
  • Farmácias;
  • Mercados;
  • Dentre outros locais que o governo considere como essencial para a sociedade naquele período.

Além disso, temos que apenas serviços básicos funcionam:

  • Saúde;
  • Segurança pública, e
  • Coleta de lixo.

O que fecha durante o período de lockdown?

Basicamente, todos os serviços que não são essenciais para a população naquele momento devem permanecer fechados. Por isso, permanecem fechados durante períodos de lockdown:

  • Comércio;
  • Shoppings;
  • Bares;
  • Cinema;
  • entre outros serviços que não são essenciais para a população.

Leia também – Como se cadastrar para receber o novo auxílio emergencial 2021?

Qual a diferença entre distanciamento social e lockdown?

Basicamente, o lockdown é uma decisão imposta pelo Estado ou pela Justiça, enquanto o isolamento social é uma recomendação governamental ou uma escola voluntária dos cidadãos.

Por isso, no primeiro sistema as pessoas da região são obrigadas a cumprir o confinamento, já na segunda situação o cidadão consegue circular livremente (apesar de não ser o recomendado).

Quais são os tipos de isolamento?

Basicamente, temos duas formas de isolamento: o vertical e o ampliado.

O isolamento vertical, também conhecido como distanciamento social seletivo, é destinado para apenas uma parcela da população. Por exemplo, grupos de risco mais elevado naquela situação. Por isso, quem não está nesse grupo pode circular livremente.

No caso do coronavírus, o isolamento vertical seria para:

  • idosos acima de 60 anos;
  • diabéticos;
  • hipertensos, e
  • pacientes com doenças pulmonares.

Além disso, temos o isolamento social ampliado. Nesse caso, basicamente, a recomendação é que toda a população fique em casa e saia apenas para necessidades básicas.

Essa última situação é o que o Brasil tem adotado em diversos estados, a chamada “quarentena”.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre o que abre e o que fecha durante o lockdown? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.