Entenda a importância do Bacen, Banco Central, para o país e para o mercado financeiro

Bacen é uma das siglas utilizadas para o Banco Central do Brasil, ou apenas Banco Central. Basicamente, ele é uma autarquia autônoma, isto é, possui total autonomia nas suas funções em relações a outros órgãos públicos.

Mas, apesar dessa autonomia, o Bacen opera a partir da supervisão do Governo Federal e, por isso, está ligado ao Ministério da Economia.

Qual a função do Bacen no Brasil?

Basicamente, o Banco Central do Brasil é responsável por garantia que a economia do país permaneça estável. Por isso, ele tem uma função de regulamentar o mercado financeiro. 

Com isso:

  • controla quais instituições financeiras têm autorização para operar no Brasil;
  • além disso, todas as instituições financeiras estão sujeitas às fiscalizações do Bacen e precisam de sua autorização para operar em território nacional;
  • fiscaliza as corretoras de valores; 
  • estabelece quais serviços devem ser gratuitos aos clientes. 

Por isso, os bancos e instituições financeiras têm liberdade para lidar e ofertar seus produtos no mercado financeiro. No entanto, eles precisam seguir algumas regras do Bacen para continuar operando no Brasil. 

Isso é importante porque dessa forma os brasileiros têm uma certa garantia de estarem protegidos de certos abusos por parte das instituições. 

Quais são as principais funções do Banco Central do Brasil?

De acordo com o Banco Central, “assegurar a estabilidade do poder de compra da moeda e um sistema financeiro sólido e eficiente”.

Por isso, o Bacen tem como principal função regulamentar o mercado financeiro brasileiro. Mas para isso ele precisa supervisionar as instituições financeiras e ter uma série ações, como:

  • Controlar a inflação – uma das funções mais importantes do Banco Central é deliberar sobre a taxa básica de juros da economia brasileira, isto é, a taxa SELIC
  • Emitir a moeda nacional;
  • Fiscalizar o sistema financeiro;
  • Por fim, controlar os depósitos de operações internacionais – o Bacen é responsável pela reserva nacional de moedas estrangeiras no país, basicamente, esse valor funciona como um seguro em momentos de especulação cambial.

Leia também – Banco digital: quais são as vantagens?

Outros países também têm um Banco Central?

Sim! O Banco Central não é um órgão que existe apenas no Brasil. Muitos países adotam o modelo de ter um órgão para trazer estabilidade para o sistema financeiro. 

Por exemplo:

  • Estados Unidos possuem o Federal Reserve (Fed);
  • Já a Inglaterra tem o BoE, isto é, o Bank of England.

Confira – Qual a diferença entre conta corrente, poupança e conta salário?

Quais são os serviços do Bacen?

Além das principais funções, o Banco Central também oferece alguns serviços aos brasileiros. Por isso, o site da instituição pode ser uma ótima forma de entender algumas práticas do mercado financeiro. Como, por exemplo:

  • mercado;
  • cotação de outras moedas, como o dólar e o euro, por exemplo;
  • taxa de juros dos bancos e corretoras;
  • valor de taxas prefixadas sobre operações de compra e venda de bens, cartão de crédito e empréstimos;
  • tarifas bancárias;
  • simular a rentabilidade da poupança;
  • entender qual a melhor forma de quitar uma dívida de cartão.

Além disso, também é possível ter acesso a calculadora do cidadão. Basicamente, ela realiza cálculos sobre:

  • possível valor futuro de uma aplicação a partir de uma taxa de juros;
  • resultado de uma aplicação com depósitos regulares;
  • correção de valores;
  • simulação de financiamento com parcelas fixas.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre o que é o Bacen? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.