FinanzeroBlogNegócios

O que é capital de giro?

O que é capital de giro?

Compartilhe esse post:WhatsappFacebookLinkedInTwitter

Sinto muito, seu dispositivo não suporta leitura de texto

Para ter um negócio de sucesso, é importante que todo empreendedor adquira mais conhecimento sobre capital de giro.

Segundos Brigham e Houston, este termo surgiu através do antigos vendedores ambulantes que vendiam suas mercadorias percorrendo longos caminhos. Essa mercadoria era chamada de capital de giro, pois era o que o vendedor ambulante girava, produzindo assim seus lucros.

Hoje, entende-se que capital de giro é o dinheiro necessário para manter o negócio em funcionamento, para que assim a empresa possa arcar com seus custos operacionais, durante o intervalo de tempo entre o investimento e o recebimento do lucro.

Este ativo engloba todos os valores em caixa e outras obrigações do empreendimento que podem se transformar em dinheiro.

Além destes pontos, ele apresenta a quantia disponível que o negócio tem em seu ativo de alta liquidez para pagar estas obrigações do empreendimento.

Crédito para MEI: como conseguir um empréstimo?

Para que serve o capital de giro?

O capital de giro é necessário desde o começo do negócio, podendo ser utilizado até para abri-lo. Este ativo é essencial para pagar as obrigações do empreendimento, como por exemplo, salário dos funcionários, contas de luz, água e internet.

O ideal é ter um capital de giro adequado ao porte do negócio, visto que diversos fatores, internos e externos, podem afetar o lucro do negócio.

Como dito anteriormente, este ativo garante o funcionamento do negócio e muitas vezes influencia em seu sucesso.

Como conseguir capital de giro para empresa MEI?

Capital de Giro

Quais os tipos de capital de giro?

Existem variados tipos de capital de giro, são eles:

  • Líquido: engloba os recursos financeiros do negócio, exceto os ativos não circulantes, como bens e imóveis, já que não possuem liquidez;
  • Negativo: sinaliza que o negócio está gastando mais do que recebe, não podendo arcar com os todos os débitos necessários;
  • Próprio: representa todo o capital que o negócio tem, sem contar com empréstimos;
  • Associado a Investimentos: o capital de giro é utilizado para cobrir as despesas que o negócio terá ao investir.

Destaca-se que ter um capital de giro negativo não é necessariamente ruim, caso este ativo mantenha-se negativo apenas por um curto período de tempo, há como resolver, porém se o negativo permanece por um longo período, é necessário cortar gastos e buscar um empréstimo para capital de giro. Na FinanZero, o empréstimo para empresas é uma boa opção e uma simulação 100% gratuita e online pode ser feita neste link. Com a FinanZero, é possível receber até 10 ofertas pré-aprovadas e personalizadas em cinco minutos.

São até 10 ofertas pré-aprovadas de empréstimo para autônomo para você comparar, vem para a FinanZero!

Qual a diferença entre fluxo de caixa e capital de giro?

Muitos empreendedores confundem estes dois termos e muitas vezes eles são até considerados sinônimos, mas cada um tem seu próprio significado, ainda que se complementem.

O fluxo de caixa representa o movimento de entrada e saída do dinheiro presente no caixa. É a maneira que o negócio gerencia o dinheiro. Este, pode ser positivo ou negativo e informa qual quantia está entrando e saindo do caixa.

O capital de giro é o valor disponível para pagar as obrigações do empreendimento. Este ativo tem como base a soma de recursos envolvidos no fluxo de caixa. Na conta do capital de giro, entram todos os ativos de rápida liquidez.

Qual a diferença entre capital social e capital de giro?

Assim como muitos empreendedores confundem este termo com o termo fluxo de caixa, também há uma frequente confusão com o termo capital social.

O capital social representa o investimento na aquisição de ativos fixos para negócios e é utilizado para necessidades e objetivos de longo prazo. Já o capital de giro é utilizado para as necessidades de curto prazo, como por exemplo, as operações comerciais diárias.

Posso acumular o Auxílio Brasil, vale-gás e tarifa social?

Como diminuir a necessidade de capital de giro?

Existem algumas estratégias que podem ajudar a diminuir a necessidade de capital de giro, veja abaixo duas delas.

Otimizar os estoques

Para que não ocorra uma perda de dinheiro, o indicado é que seja comprado apenas o estoque necessário, para que o dinheiro que sobrar possa ser investido ou até mesmo utilizado para quitar dívidas existentes.

Pagamentos a fornecedores

Descontos muito altos para compras em larga escala efetuadas à vista devem ser evitados. Caso seja viável, o desconto pode ser feito, mas caso contrário não.

O que é o capital de giro nulo?

Quando o capital de giro é nulo, não há ganhos nem perdas no saldo do capital de giro líquido, sendo este então, zero.

Sem este ativo, o negócio pode vir ter uma crise de liquidez. Por isso, é necessário que o negócio tenha sempre capital de giro próprio, a fim de evitar dívidas.

Por quanto tempo o capital de giro precisa sustentar as operações?

A expectativa razoável de tempo que o capital de giro precisa ser capaz de sustentar as operações do negócio é de 6 meses. Um cálculo pode ser feito, basta realizar a soma de todos os custos do negócio de 1 mês e multiplicar este valor por 6.

O fato é que quanto maior for este ativo, maior será o tempo em que a empresa poderá continuar em pleno funcionamento.

Como calcular o capital de giro líquido?

Para manter o negócio em pleno funcionamento, é necessário saber como calcular o capital de giro. Para realizar o cálculo, primeiro é preciso entender dois conceitos, o Ativo Circulante (AC) e o Passivo Circulante (PC), pois eles tem uma relação direta com as atividades do negócio.

O AC representa todos os recursos com liquidez que o negócio tem, podendo então, serem transformados em dinheiro. Veja abaixo alguns exemplos de AC:

  • Caixa do negócio;
  • Investimentos financeiros;
  • Saldo da conta empresarial;
  • Contas a receber;
  • Mercadorias e insumos em estoque.

O PC representa todas as despesas e custos que o negócio tem. Para o Passivo Circulante então, é possível realizar uma programação. Veja abaixo alguns exemplos de PC:

  • Pagamento de fornecedores;
  • Salários e férias dos funcionários;
  • Impostos;
  • Pagamentos para instituições financeiras;
  • Créditos de sócios e acionistas;
  • Aluguel.

Para calcular este ativo, há uma fórmula, nesta, o capital de giro líquido (CGL) é a diferença entre AC E PC. A fórmula é a seguinte: CGL = AC-PC.

Quais valores inserir na fórmula? Deve-se somar todo o ativo circulante e passivo circulante do negócio para então utilizar a fórmula.

Exemplificando, se uma padaria tem um AC de 30 mil reais e um PC de 12.500 reais, ao trocar as siglas pelos valores, a fórmula ficaria da seguinte forma: CGL = 30.000-12.500. Resolvendo a operação, tem-se o CGL, que neste caso é 17.500 reais.

Simule agora seu empréstimo pessoal: Empréstimo Pessoal: Simule e contrate online – FinanZero

Ficou com mais alguma dúvida sobre o que é capital de giro ou alguma outra? Deixa nos comentários. Além disso, acompanhe a FinanZero nas redes sociais, para ficar por dentro desse e outros assuntos: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Posso acumular o Auxílio Brasil, vale-gás e tarifa social?

Quais os requisitos para receber o Auxílio-Brasil, o vale-gás e a tarifa […]

Ler artigo completo

respostas para “O que é capital de giro?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Navegue por:

    Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
    PáginasEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresasStoriesÍndice de EmpréstimoConsórcioSitemapIti – Empréstimo Pessoal OnlineClick Cash – Empréstimo Pessoal OnlineCartão de Crédito OnlineDigio – Cartão de Crédito OnlinePolítica de Privacidade FinanZeroVirtusPay – Boleto Parcelado Onlinebxblue – Empréstimo Pessoal OnlineAgente Imóvel – Refinanciamento Imobiliário OnlinePiki – Empréstimo Pessoal para Negativado OnlineProvu – Empréstimo Pessoal OnlineBoa Vista: Empréstimo Pessoal Online e ScoreCetelem – Crédito Consignado OnlineSuperSim – Empréstimo Pessoal OnlineSofisa Bank – Refinanciamento de Imóvel OnlineBanco Alfa – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo Sim – Crédito Pessoal OnlineCredjet – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Bari – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo Consignado INSS para aposentado e pensionistaParceirosCreditas – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo para Autônomo Negativado OnlineSimulação de empréstimoEmpréstimo com Garantia OnlineSimule seu empréstimo – ConversãoEmpréstimo ConsignadoNexoos – Empréstimo Para Empresa OnlineCashMe – Refinanciamento de Imóvel OnlineCrediHome – Refinanciamento de Imóvel OnlineTipos de EmpréstimoOmni Financeira – Refinanciamento de Veículo OnlineMoneyman – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Pan – Crédito Consignado OnlineNew HomeLivre Digital – Empréstimo Pessoal OnlineBizCapital – Empréstimo e Capital de Giro Para Empresa
    Solicite seu empréstimo