Empréstimo para MEI: como funciona, o que é preciso para conseguir o crédito e quais documentos necessários

Abrir uma empresa não é uma tarefa fácil, mas mantê-la pode ser ainda mais difícil. O planejamento é essencial para que o negócio prospere e renda bons frutos. Essa máxima é válida para empresas de qualquer segmento e de portes distintos.

O ideal para iniciar um negócio é ter capital de giro, mas nem sempre isso possível, principalmente para os Microempreendedores Individuais (MEI). Para estas empresas existe uma opção de crédito exclusiva.

Mas você sabe como funciona o crédito para MEI? Nesse artigo vamos explicar um pouco mais sobre esse tema e o que é preciso para conseguir o seu.

Negativados podem fazer empréstimo consignado?

O que é necessário para se enquadrar como MEI?

A Lei do Microempreendor Individual (MEI) está em vigor desde o ano de 2009 e o intuito é facilitar a vida dos profissionais autônomos. Mas nem todo empreendedor se enquadra nessa modalidade, pois é preciso seguir algumas regras. Veja:

– Obrigatório ter faturamento máximo de R$ 81 mil ao ano;
– Ter, no máximo, um funcionário registrado na empresa;
– Atuar em uma das atividades permitidas ao MEI;
– Não ser proprietário ou sócio de outra empresa.

O processo para se tornar MEI é simples e basta acessar o Portal do Empreendedor e cadastrar a empresa. Depois é preciso verificar quais são as regras de cada município.

Posso fazer empréstimo como MEI?

Se o seu negócio está enquadrado como MEI, saiba que é possível conseguir a aquisição de crédito. Esse dinheiro pode ser utilizado para a manutenção e melhoria de equipamentos, para a aquisição de novos, compra de insumos, entre outras razões.  

Essa modalidade de crédito costuma ter taxas de juros mais reduzidas, o que acaba atraindo os microempreendedores. Além disso, a forma de pagamento também costuma ter mais facilidades.

É importante ressaltar que, o MEI não tem muitas formas de comprovar a renda e por isso é necessário recorrer ao extrato bancário. Normalmente os bancos costumam solicitar o documento de, no mínimo, 90 dias.

Além do extrato existem outros documentos que são obrigatórios para conseguir o empréstimo para MEI:

– documento de identificação com foto (RG/CNH);
– CPF;
– Certificado de Microempreendedor Individual;
– comprovante de residência;
– comprovante de renda (pessoal e empresarial);
– plano de investimento (documento que indique qual será a utilização do dinheiro).

Estes documentos são os mais comuns, mas algumas instituições financeiras podem ter exigências específicas, que precisa se verificadas no ato da solicitação do empréstimo.

Esse crédito pode ser solicitado por qualquer pessoa que esteja com o CNPJ ativo e que mantenha os pagamentos do Simples Nacional (DAS) em dia.

O que significa empréstimo não averbado?

Como solicitar o crédito para MEI?

O primeiro passo é pesquisar e encontrar uma opção que caiba o seu orçamento. Por isso é importante verificar todas as instituições financeiras que ofereçam esse empréstimo. Analise as condições de cada uma delas antes de definir a contratação.

Esse crédito é oferecido por diversos bancos, entre eles: Caixa Econômica Federal (CEF), Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), Banco do Brasil (BB), Itaú, Santander, Nubank, Banco do Povo, entre outros.

Para facilitar todo o processo é essencial estar com os documentos em dia e prontos para serem apresentados à instituição financeira escolhida. Normalmente todo o procedimento não costuma ser demorado.

Como fazer crédito pessoal com cheque com restrição?

Principais cuidados na hora de pedir seu crédito para MEI

  • Planejamento

Tenha um bom planejamento para onde esse dinheiro será usado. Além isso é importante ter bem definido qual o valor será preciso para esse investimento ser bem feito.
Outro fator importante é ter um planejamento com relação ao pagamento das parcelas. Lembre-se de ter essa despesa inserida no fluxo de caixa da sua empresa.

  • Não misture o dinheiro

Esse é um erro muito comum entre os empreendedores: juntar as finanças da empresa com a pessoal. A falta de organização nesse quesito pode atrapalhar o faturamento do seu negócio.

  • Referências

Antes de definir a contratação do crédito por uma determinada instituição financeira, procure saber mais sobre ela e sua idoneidade. Busque informações seguras sobe o histórico do banco antes de fechar contrato.

Lembrou de alguma dúvida sobre crédito para MEI? Deixe nos comentários, e não se esqueça
de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.