Entenda o que é e qual a importância do DUT de um veículo

DUT é uma sigla para Documento Único de Transferência. Em alguns estados, o documento é mais conhecido como CRV (Certificado do Registro do Veículo). Em resumo, como o próprio nome já diz, é um documento obrigatório nos processos de transferência de veículo para um novo proprietário.

Por isso, ele tem algumas informações como:

Peça uma cotação grátis e receba ofertas de empréstimo de até 10 parceiros FinanZero!

Para que serve o DUT?

Como dito anteriormente, o Documento Único de Transferência é específico para o momento de venda do veículo. Isso porque é com ele que o atual proprietário do automóvel pode transferir o bem para outra pessoa.

Como emitir o documento?

Para emitir o DUT basta acessar o site do Detran do seu estado, baixar o arquivo e preencher. Por isso, depois desse processo, basta encaminhar o documento ao departamento de trânsito da região.

Mas é importante lembrar que o proprietário tem um prazo de 30 dias para regularizar o DUT. Por isso, caso ultrapasse esse tempo será necessário pagar uma multa. Além disso, é considerado uma infração grave e gera cinco pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Além disso, é importante verificar as condições de cada estado.

Quais são os dados necessários para preencher o documento?

Para preencher o DUT é necessário ter em mãos algumas informações, como:

  • Nome do atual proprietário do veículo;
  • Nome do comprador do veículo;
  • CPF do atual proprietário do veículo;
  • CPF do comprador;
  • CNH de cada um;
  • Por fim, valor total da negociação do automóvel.

Leia também – O que é Renavam do veículo?

O DUT é um documento de porte obrigatório?

Não. O DUT não é um documento de porte obrigatório. No entanto, é necessário manter sempre atualizado.

Qual a diferença entre DUT e CRV?

Nenhuma. São nomenclaturas diferentes para o mesmo documento.

Qual a diferença entre DUT e CRLV?

CRLV é a sigla para Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos. Basicamente, é um documento de porte obrigatório que permite a circulação dos veículos nas ruas e estradas de um município.

O proprietário só pode emitir o CRLV depois de pagar as taxas de: IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e licenciamento. Além disso, é necessário quitar as multas para renovar o documento.

Enquanto isso, o DUT só é necessário no momento da transferência do veículo para um novo proprietário. Por isso, não é de porte obrigatório.

Saiba mais em – O que é CRLV do veículo?

O que é DUT Eletrônico?

Basicamente, o DUT eletrônico é um sistema de comunicação virtual. Nele, o cartório consegue comunicar a transferência de propriedade do veículo em tempo real ao Detran.

Por isso, todo o processo de compra e venda de veículos é feita de maneira online.

No entanto, é importante lembrar que em alguns estados o DUT eletrônico não está disponível. Por isso, é importante entender as condições e regras de cada Detran.

O que é DUT em branco?

Basicamente, o termo “DUT em branco” significa uma transferência ilegal de um veículo para o novo proprietário. Isto é, o automóvel está com o novo dono, mas o documento não oficializou isso.

Normalmente isso acontece por conta de pendências que o atual proprietário tem com o veículo. Ou por conta de declaração para a Receita Federal.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre o DUT do veículo? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.