Medidor oficial da inflação no País, o IPCA é um importante indicador econômico

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é o principal indicador da inflação do Brasil. Calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA é divulgado em três frequências diferentes:

  • mensalmente;
  • trimestralmente;
  • anualmente;

O IPCA pode apresentar valor positivo ou negativado (veja abaixo), e é representado por uma porcentagem. Tal percentual indica de quanto foi o crescimento dos preços no período.

O que é inflação e deflação?

A inflação é o aumento generalizado dos preços de uma sociedade e possui valor positivo. Em contrapartida, a deflação é a baixa geral dos preços em uma sociedade e possui valor negativo. Alguns fatores para existir a alta ou baixa dos preços são:

  • Política monetária: quando o Banco Central (BC), responsável pela política econômica brasileira, decide imprimir mais dinheiro para circulação;
  • Lei da Oferta e Procura: quando a procura por um produto aumenta, mas não há tanta oferta (pessoas ou empresas vendendo), o preço tende a subir;
  • Psicológico: quando as pessoas começam a subir (ou baixar) os preços de seus bens e serviços por acreditarem que as demais pessoas também vão elevar (ou reduzir) os seus preços;

Veja também – O que é PIB (Produto Interno Bruto)?

Como é calculado o IPCA?

O IPCA do Brasil é a média da inflação de todos os estados. Além disso, para calcular o IPCA de uma região, há diferentes categorias levadas em consideração:

  1. Alimentação e bebidas;
  2. Habitação;
  3. Artigos de residência;
  4. Vestuário;
  5. Transportes;
  6. Saúde e cuidados pessoais;
  7. Despesas pessoais;
  8. Educação;
  9. Comunicação;

Assim, para cada setor é calculado um IPCA distinto. E a média dos setores forma o IPCA.

O que é IPCA-15?

O IPCA-15 é uma prévia mensal da inflação, calculada também pelo IBGE. Este indicador leva em consideração os primeiros 15 dias do mês.

O que é IPCA acumulado?

O IPCA acumulado é a soma da inflação mensal de determinada quantidade de meses. Há o acumulado nos 12 meses anteriores à publicação, e o acumulado no ano.

Por exemplo, em fevereiro de 2020, o IPCA acumulado nos últimos 12 meses foi de 4,01%. Enquanto o acumulado no ano foi de 0,46%. Isto significa que:

  • 0,46% é o resultado da soma dos IPCAs mensais de janeiro e fevereiro.
  • 4,01% é o resultado da soma dos IPCAs mensais de março de 2019 à fevereiro de 2020.

O que é meta de inflação?

A meta da inflação é estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) anualmente, e cabe ao BC escolher as medidas para que a meta seja alcançada.

Apesar de haver uma meta, existe um intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, se meta da inflação for de 4%, a tolerância para que a mesma seja atingida será entre 2,5% e 5,5%.

Veja também – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

Inflação anual (2000 a 2019)

Confira abaixo a inflação anual desde 2000, e entre parênteses a meta estabelecida para aquele ano.

  • 2000: 5,97% (meta: 6%)
  • 2001: 7,67% (meta: 4%)
  • 2002: 12,53% (meta: 3,5%)
  • 2003: 9,30% (meta: 4%)
  • 2004: 7,60% (meta: 5,5%)
  • 2005: 5,69% (meta: 4,5%)
  • 2006: 3,14% (meta: 4,5%)
  • 2007: 4,46% (meta: 4,5%)
  • 2008: 5,90% (meta: 4,5%)
  • 2009: 4,31% (meta: 4,5%)
  • 2010: 5,91% (meta: 4,5%)
  • 2011: 6,50% (meta: 4,5%)
  • 2012: 5,84% (meta: 4,5%)
  • 2013: 5,91% (meta: 4,5%)
  • 2014: 6,56% (meta: 4,5%)
  • 2015: 10,67% (meta: 4,5%)
  • 2016: 6,29% (meta: 4,5%)
  • 2017: 2,95% (meta: 4,5%)
  • 2018: 3,75% (meta: 4,5%)
  • 2019: 4,31% (meta: 4,25%)

IPCA 2020

A meta central da inflação para 2020 é de 4%. Até a publicação deste post, a inflação anual era de 0,46% (dados de janeiro e fevereiro somados).

Para acompanhar as demais publicações sobre o IPCA, IPCA-15, e demais dados, basta acessar o site do IBGE.

Veja também – Quanto rende a poupança?

O que é “IPCA + taxa de juros”?

Ao realizar um investimento de renda fixa, como por exemplo em Tesouro Direto, o rendimento do período pode ser o IPCA + taxa de juros. Isto significa que até o resgate do seu investimento, a rentabilidade será a correção da inflação (IPCA) somada à uma taxa de juros.

O que é IGP-M?

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) é outro indicador da inflação. Calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), geralmente é utilizado em contratos de aluguel.

O cálculo do IGP-M é composto por três índices:

  • IPA-M (Índice de Preços por Atado-Mercado);
  • IPC-M (Índice de Preços ao Consumidor-Mercado)
  • INCC (Índice Nacional de Custo de Construção);

Para verificar o IGP-M de 2019 e 2020, clique aqui.

Ficou com mais alguma dúvida sobre IPCA? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.