Empréstimo consignado: como é feito, quem tem direito, qual o melhor banco, suspensão, demora na aprovação e o que fazer quando não liberado

Com a crise econômica vivida por consequência da pandemia do Covid-19 os pedidos de empréstimo tiveram um aumento de 16%, no primeiro trimestre de 2021 quando comparado com o ano anterior, de 2020, segundo BizCapital. Com o aumento dos pedidos de empréstimo a modalidade de consignado é procurada e gera dúvidas sobre o seu funcionamento.

Por essa razão, abaixo estão as principais questões sobre o crédito consignado levando em consideração as dúvidas da população e as novidades sobre o empréstimo como a suspensão e aumento da margem de lucro para o ano de 2021. Ainda que possua limitações entre os cidadãos que podem solicita-lo, o consignado tem questões diferentes das demais modalidades e por isso gera mais dúvidas.

O que é estar negativado?

Como é feito o empréstimo consignado?

A modalidade de crédito consignado consiste em descontar as parcelas do empréstimo diretamente na folha de pagamento ou benefício INSS do solicitante. Além disso, os pedidos para esse tipo de empréstimo só podem ser feitos em instituições que possuem vínculo com o INSS ou com a empresa que o solicitante trabalha.

Os acordos são realizados pelas instituições financeiras e o cidadão pode optar pela que estiver disponível em casos de vínculo com a empresa ou entre aquela que oferece as melhores condições, em casos de vínculo com o INSS. Existem algumas restrições em relação aos indivíduos que podem solicitar o empréstimo e elas serão explicadas abaixo.

Quem pode fazer um empréstimo consignado?

O empréstimo consignado possui algumas limitações entre os cidadãos que têm direito de obtê-lo e isso acontece pela necessidade de vínculo com o INSS ou com uma empresa. Sendo assim, podem fazer um crédito nessa modalidades os seguintes indivíduos:

  • Aposentados ou pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social);
  • Pessoas com carteira assinada;
  • Funcionários públicos;
  • Militares;

Como receber o BEm do Governo?

Qual o melhor banco para fazer um empréstimo consignado?

Para fazer um empréstimo consignado e decidir em qual instituição financeira escolher o cidadão precisa se atentar a alguns pontos, como:

  • Aposentados, pensionista, militares e servidores públicos só podem solicitar o empréstimo consignado em instituições que atendem o INSS;
  • Assalariados precisam fazer o processo com a empresa em que trabalham e por isso, precisa saber quais bancos possuem vínculo com a empresa;

Então, a escolha do banco depende do vínculo que ele precisa ter. Se a empresa que o cidadão trabalha tiver vínculo com uma única instituição financeira, o indicado é que o indivíduo avalie a necessidade e condições do crédito em questão. Quando existem algumas opções de bancos disponíveis o solicitante deve verificar em todos quais são as condições, analisar e escolher aquele que oferece a melhor oportunidade para ele.

Dessa forma, o melhor banco para fazer o empréstimo consignado é aquele que atende as condições necessárias e que oferece as melhores opções levando em consideração a realidade financeira do solicitante.

Quando começa a suspensão dos empréstimos consignados?

No dia 30 de março de 2021 entrou em vigor a medida provisória de lei 14.131/21 que aumenta a margem consignável para 40%, ficando então:

  • 35% destinado ao empréstimo consignado;
  • 5% para o uso do cartão de crédito consignado;

Juntamente com o aumento da margem consignável foi aprovada a possibilidade de suspensão do valor das parcelas por um período de até 4 meses. Apenas depois dos 120 dias que o solicitante começaria a pagar o valor da primeira parcela. A medida é facultativa e isso significa que os bancos podem ou não liberar a condição para os cidadãos que solicitarem o empréstimo consignado.

A suspensão do crédito foi incentivada para combater as consequências causadas pela pandemia do Covid-19 e por isso, é válido somente para novas solicitações. Dessa forma, a medida não pode ser solicitada para quem já possui o consignado em andamento.

Novos pedidos com as condições citadas podem ser feitos até o dia 31 de dezembro do ano de 2021, nos bancos que oferecem a modalidade, após essa data as condições anteriores voltam a entrar em vigor, são elas:

  • 30% de margem para empréstimo consignado;
  • 5% para uso do cartão de crédito consignado;

O que é uma matrícula de imóvel?

Porque o INSS está demorando para liberar empréstimo consignado?

Com a pandemia do Covid-19 e consequentemente o isolamento social todos os setores sentem as consequências e isso reflete nos serviços oferecidos. Com a quarentena o ritmo de trabalho no INSS e no DataPrev são prejudicados fazendo com que as duas instituições se sintam sobrecarregadas.

Para que um empréstimo consignado seja liberado, a instituição financeira precisa analisar o histórico do cliente, assim como acontece para outras linhas de crédito. Com a condição citada o processo para a liberação do empréstimo se vê com impasses que justificam a demora encontrada.

O que fazer quando o INSS não libera empréstimo consignado?

O empréstimo consignado pode ser negado pelo INSS ou outras instituições por diversas questões e é do interesse do solicitante a informação sobre o motivo da não liberação do crédito. Isso porque o cidadão que teve o seu empréstimo negado pode recorrer e corrigir algo para que a aprovação possa ser disponibilizada. Algumas dicas podem contribuir para que o consignado seja liberado, como:

  • Certifique-se de os documentos enviados eram corretos e legíveis;
  • Atualize os dados necessários;
  • Não comprometa mais que 30% do salário líquido no pedido de empréstimo;
  • Confirme se todos os pré-requisitos para a solicitação do empréstimo consignado estão sendo cumpridos;

Se o empréstimo não for liberado o cidadão deve verificar se existe algum erro que ele possa corrigir, como a atualização de documentos ou a diminuição do dinheiro solicitado. Uma nova analise pode ser feita pelo banco para que possam entrar em um novo acordo. Porém, ainda sim o empréstimo consignado pode não ser liberado e nesses casos o cidadão pode entrar e contato com outras instituições ou analisar outras modalidades de crédito.

DUT do veículo: o que eu preciso saber?

E então, restou mais alguma dúvida sobre o que fazer quando o INSS não liberar o empréstimo consignado? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.