Saque-aniversário: calendário, como ficam os benefícios trabalhistas e demais questões sobre a modalidade de saque do FGTS

O saque-aniversário é uma opção de retirada do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), benefício trabalhista que prevê a proteção do indivíduo demitido sem justa causa. Com a modalidade o valor disponível na conta pode ser sacado uma vez ao ano, no período de 3 meses.

De acordo com dados da Caixa Econômica Federal, a opção de saque é utilizada por mais de 9 milhões de pessoas. Contudo, pelas regras do saque-aniversário algumas dúvidas podem surgir sobre o benefício e o valor que pode ser retirado.

Precisa de dinheiro? Acesse o site da FinanZero e confira as melhores ofertas de empréstimo pessoal para você!

Quando cai o saque aniversário?

O saque-aniversário pode ser sacado uma vez ao ano, por um período de 3 meses. O tempo de saque é relacionado a data de nascimento do beneficiário. Então, o valor fica disponível para saque no primeiro dia do mês de aniversário e segue até os dois meses seguintes. O exemplo abaixo pode ilustrar como o cidadão recebe o benefício com o saque-aniversário:

  • Se o individuo faz aniversário no dia 10 de agosto, terá o seu FGTS liberado no dia 01 de agosto e poderá sacar o valor até o dia 31 de outubro;

Quem opta pelo saque aniversário perde os 40?

A multa dos 40%, também chamada de rescisão é um direito de todo trabalhador com carteira assinada que foi demitido sem justa causa. Dessa maneira, o benefício é de direito daquele que não teve o seu contrato finalizado por atos impróprios ou por meio de acordos consensuais.

Quem opta pelo saque-aniversário ainda recebe os benefícios trabalhistas que possui direito. Contudo, pelas regras da modalidade a retirada do valor também só poderá ser feita de forma anual e no período de 3 meses, como mencionado acima.

Quais são os benefícios do real digital?

Quem saca o saque aniversário tem direito ao FGTS?

O FGTS é pago aos trabalhadores com o objetivo de ser um amparo em casos de demissão, sem justa causa. O benefício é depositado no valor de 8% do salário de cada indivíduo e só pode ser retirado em algumas situações, como:

  • Compra de casa;
  • Casos de doenças graves;
  • Aposentadoria;

Então, o saque-aniversário permite que o trabalhador tenha a possibilidade de sacar esse valor uma vez ao ano. O valor disponibilizado pela modalidade corresponde a quantia do FGTS, sendo ambos o mesmo benefício, a distinção entre eles é a retirado do valor. Por isso, ao sacar o valor pelo saque-aniversário o indivíduo também saca o valor do FGTS.

Como funciona o saque aniversário em caso de aposentadoria?

A aposentadoria garante ao trabalhador a retirada total do valor do FGTS. Então, mesmo que o saque-aniversário seja a escolha de retirada, nessa condição, o indivíduo pode retirar todo o valor disponível em sua conta do FGTS.

Se o cidadão se aposenta mas continua trabalhando, ele tem o direito de retirar o valor recebido no FGTS todos os meses durante o seu período empregado. Em casos de mudança de emprego, o aposentado também pode retirar o valor do FGTS mesmo que seja demitido por justa causa.

Vale a pena antecipar o saque-aniversário?

E então, restou mais alguma dúvida sobre como fica o saque-aniversário quando o beneficiário se aposenta? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.