Investimento: qual a melhor opção para iniciantes, como ter retorno rápido e qual a melhor forma de investir com pouco dinheiro

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros (Anbima), cerca de 58% da população brasileira não têm nenhum tipo de investimento financeiro. O dado revela que uma parcela da população investe, porém o número é baixo quando comparado com a quantidade de pessoas que não realizam a ação financeira.

Os investimentos são uma forma de fazer o dinheiro aumentar, contudo essa opção pode parecer complexa para os cidadãos que não possuem afinidade com a temática. Abaixo estão as principais questões sobre o tema e as dicas de como duplicar uma quantia mesmo com pouco dinheiro.

Como investir em CDB?

Qual o melhor tipo de investimento para iniciantes?

Existem muitas possibilidades de investimento para iniciantes dentro da renda fixa e da renda variável. Entre as possibilidades, para começar do zero é preciso conhecer cada opção disponível para escolher a que mais de adequa para o momento vivido. Isso porque, dentro das opções para aplicar uma determinada quantia são encontrados ativos financeiros e cada um deles resulta em aplicações distintas e consequentemente lucros diferentes.

A renda fixa e variável são as duas opções encontradas para investimentos financeiros, abaixo estão explicadas de forma simplificada o funcionamento de cada uma.

  • Renda Fixa: Esse investimento é considerável de baixo risco de perda pois os investidores sabem quanto irão lucrar. Na renda fixa os lucros são estáveis e previsíveis, fazem parte dessa opção de investimentos ativos como: CDB, LCA e LCI, tesouro direito.
  • Renda Variável: Com a renda variável, o investidor tem a oportunidade de investir mais dinheiro, porém também corre o risco de perder mais do que a quantia aplicada. Esse investimento é composto principalmente da compra e venda de ações dentro da bolsa de valores.

Dessa maneira, o investimento mais indicado para iniciantes é a renda fixa pois o investidor corre menos risco de perder o valor aplicado. Contudo, é recomendado que os valores sejam aplicados em mais um de um tipo de investimento que pode ser dentro da renda fixa ou variável e dessa maneira vale que o investidor utilize outras formas para investir.

Como investir para ter retorno rápido?

Com 50, 100 ou 200 reais é possível investir nas principais formas de investimentos, isso porque não existe um valor mínimo para iniciar o processo. Escolher entre renda fixa ou variável exige que o indivíduo tenha conhecimento sobre o funcionamento de cada uma e dos ativos pertencentes a elas.

O retorno rápido depende do tipo de investimento aplicado, isso porque a renda fixa tende a render porcentagens mais baixas, que geram um valor mais alto dependendo do tempo que o dinheiro permaneceu aplicado. Já, a renda variável pode gerar um retorno mais rápido porém com um risco maior.

Então, os retornos rápidos dependem do tipo de aplicação e consequentemente do conhecimento do investidor. Isso porque, investir em determinado ativo pode gerar um retorno e um lucro maior de acordo com o contexto nacional e internacional. O recomendado é que o cidadão estude por meio de cursos, leituras em blog e vídeos no youtube de confiança para que entender cada vez mais sobre o assunto e tomar as melhores decisões em relação seu dinheiro.

Onde investir com a alta da taxa Selic?

Qual é o melhor investimento para quem tem pouco dinheiro?

Conforme mencionado, qualquer valor pode ser utilizado para os investimentos. Dessa maneira, o investidor iniciante pode aplicar a quantia que desejar nas aplicações disponíveis. Entre as opções, podemos citar:

CBD

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é uma opção de investimento de renda fixa, que tem o seu funcionamento baseado no empréstimo de uma quantia para uma instituição financeira. Então, nessa opção o investidor empresta o valor que deseja aplicar para um banco, que utilizará o valor para empréstimo ou financiamentos.

O lucro gerado por essa opção de investimento se dá no retorno do valor que é pago pelos bancos com juros. A quantidade de juros paga pela instituição é o valor do rendimento gerado e podem ser pré ou pós-fixados.

Fundos de investimentos

Os fundos de investimento são uma opção para os investidores que não querem ou não possuem tempo de acompanharem o mercado. Nessa opção o valor investido é dado a uma corretora que decide se o valor será aplicado em renda fixa ou variável. Contudo, para essa opção é válido que o indivíduo entenda do assunto para que possa acompanhar as atividades que estão sendo realizadas com o seu dinheiro.

Ações

O investimento em ações consiste em na compra de partes de uma empresa dentro da bolsa de valores. As ações são vendidas por instituições e são pequenas partes da empresa, quando um investidor compra uma ação ele passa a ter o lucro obtido por ela. Contudo, o preço das ações aumentam conforme o lucro das empresas e isso gera o retorno positivo para os compradores. Em situações opostas, quando a ação despenca, os investidores podem perder a quantia aplicada.

LCA e LCI

A sigla LCA tem como significa Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) e consiste na aplicação do valor aplicado no setor agrônomo. Então, o valor pode ser emprestado a produtores rurais ou cooperativas, usado em operações de financiamentos relacionados a produção, industrialização, comercialização e entre outras.

O LCI se refere a Letra de Crédito Imobiliário e possui a aplicação relacionada ao setor imobiliário. O valor investido pode ser usado em companhias hipotecárias, associações de poupança e sociedades de crédito imobiliário. Ambos os investimentos, LCA e LCI, fazem parte da renda fixa e são isentos de imposto de renda.

Nunca contribuí com o INSS, posso me aposentar?

E então, restou mais alguma dúvida sobre qual o melhor investimento para quem tem pouco dinheiro? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.