O CadÚnico está em alta, principalmente devido ao auxílio brasil, mas muitos ainda não sabem se estão com o cadastro regularizado ou não.

O auxílio emergencial está chegando ao fim e o novo programa social do governo, o auxílio brasil, vem em ritmo acelerado de crescimento, por isso, milhares de brasileiros estão se informando para verificar como recebê-lo. O auxílio brasil é um substituto do bolsa família que pretende beneficiar 17 milhões de famílias. Para receber este benefício é preciso estar inscrito no CadÚnico e por esse motivo muitos estão em dúvida se quem recebe o auxílio emergencial já está automaticamente inscrito no CadÚnico.

O que acontece é que o cadastro feito para o auxílio emergencial na época valia apenas para receber este benefício e não é o mesmo do CadÚnico, portanto não vale como inscrição. Dito isso, destaca-se que o fator principal, entre outros, para receber o auxílio brasil é a necessidade de realizar a inscrição no CadÚnico. A maneira de realizar a inscrição estará descrita nos tópicos abaixo.

Quais são os benefícios que o CadÚnico oferece?

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

Através do CadÚnico é possível identificar as famílias de baixa renda do Brasil, por esta plataforma, o governo consulta informações específicas de cada pessoa e também é por ele que os cidadãos de baixa renda tem direito a maioria dos programas sociais feitos pelo governo.

Para se inscrever no CadÚnico pode-se ter:

  • Renda mensal no valor de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550,00- valor atual)
  • Renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.300,00 – valor atual)
  • Renda maior que três salários mínimos, mas neste caso a inscrição deve ser feita por quem já recebe programas sociais do governo ou pretende receber.

As pessoas ou famílias que estão em situação de rua também podem se cadastrar. É importante lembrar que deve-se ter no mínimo 16 anos e ter CPF ou título de eleitor.

Como se inscrever no CadÚnico?

O cadastro é feito mais comumente nas prefeituras, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e em postos de atendimento do CadÚnico. Segundo o site do governo, deve ser apresentado no momento da inscrição pelo menos um dos documentos a seguir:

  • RG
  • CPF
  • Certidão de nascimento
  • Certidão de casamento
  • Carteira de Trabalho
  • Título de eleitor
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI), no caso do responsável pela família ser indígena

Destaca-se que uma vez feita a inscrição no CadÚnico é preciso atualizar os dados, no máximo a cada dois anos, caso haja mudanças nas características da família ou de domicílio.

Como tirar extrato do Pix do Santander

Vou receber o auxílio brasil por estar no CadÚnico?

Nem todos que estão inscritos no CadÚnico receberão o auxílio brasil. Isto porque este programa social é voltado para as famílias em situação de extrema pobreza que tem renda mensal de até R$ 100,00 e famílias pobres que tem renda mensal de até R$ 200,00, portanto os que não preenchem estes requisitos não poderão receber o auxílio brasil, mesmo fazendo parte do CadÚnico.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o CadÚnico? Deixa nos comentários. Além disso, acompanhe a FinanZero nas redes sociais, para ficar por dentro desse e outros assuntos: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.