Dinheiro do saque-aniversário FGTS será depositado na conta dos trabalhadores nascidos no mês de novembro independente do ano

O Banco estatal responsável pelo deposito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), Caixa Econômica Federal, realiza nesta terça-feira (3/11) o pagamento do saque-aniversário para trabalhadores nascidos em novembro.

O quais optaram por essa modalidade de recebimento de seu fundo.

O banco informou que cerca de mais de 257 mil trabalhadores receberão R$ 297 milhões apenas hoje. O que pode gerar dados positivos para economia.

O que é saque-aniversário FGTS?

Criado no ano passado (2019), o saque-aniversário permite a retirada de parte do saldo da conta parado do FGTS, todos os anos. A retirada só é liberada mês de aniversário do da pessoa. O saque tem regras diferentes do saque-rescisão.

  • Para a pessoa receber no ano corrente, é preciso registrar a opção pelo sistema do saque-aniversário até o último dia do mês de de seu nascimento.
  • Ao registrar a opção pela sistemática do saque-aniversário, o trabalhador escolhe a data de recebimento do valor.
  • Que pode ser o primeiro ou o décimo dia do mês do seu aniversário – neste último caso, após o crédito de juros e atualização monetária.

Cadastro do saque-aniversário por app: como fazer?

Pessoas nascidas em novembro que registraram a opção pelo saque-aniversário até o último dia do mês e ainda não indicaram uma conta bancária, podem acessar o app do FGTS e cadastrar uma conta em seu nome em qualquer banco para receber o crédito.

Com isso, crédito na conta indicada será feito em até cinco dias úteis após esse cadastro. Dessa forma, sem nenhum custo para o trabalhador e sem necessidade de deslocamento até uma agência.

Os valores ficam lá para saque até o último dia útil do segundo mês a seguir ao da aquisição do direito ao saque. Assim, se a data de aniversário for 10 de setembro, a pessoa terá entre 1 e 30 de setembro a 30 de novembro para efetuar o saque.

Logo, os valores em pendência até o dia 31 de janeiro é devolvido para o local de origem, com as correções precisas.

Qual o valor do saque-aniversário?

Sobre a soma do saldo das contas com vínculos ao trabalhador há uma aplicação percentual, acrescido de uma parcela adicional.

Saque-aniversário do FGTS pode ser usado como empréstimo?

A ação que é como uma linha de crédito aos trabalhadores e clientes da instituição, visa utilizar o benefício como garantia.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães o dinheiro será liberado digitalmente.

O saldo do Fundo será a garantia da operação de crédito.

Portanto, as pessoas estão permitidas a antecipar até três parcelas anuais no valor mínimo do total de R$ 2 mil. Com a incidência de juros de 0,99% ao mês. 

A linha de crédito está em vigor desde o dia 27 de julho, permitindo que os interessados possam fazer o pedido pelo app do FGTS, quando o trabalhador pode informar a conta para receber os valores. 

Para que esteja apto a solicitar o crédito, o cidadão precisa estar de acordo em alguns pré-requisitos, como:

  • ser maior de 18 anos ou emancipado;
  • possuir uma conta corrente ou poupança na Caixa;
  • estar com o CPF regular na Receita Federal. 

A expectativa da instituição é de uma grande demanda pelo serviço, após observar que, cerca de 6,1 milhões de pessoas são adeptos à modalidade de saque-aniversário. 

Outros tipos de crédito

Conheça outros tipos de empréstimo que também precisam de uma garantia e que você pode encontrar no site da FinanZero.

Refinanciamento de Imóvel:

Também chamado de empréstimo de garantia de imóvel ou Home Equity, essa é uma linha de concessão de crédito que você coloca um bem imobiliário como garantia do valor pedido. Para pedir é preciso ter em mãos um desses bens:

  • terreno;
  • casa;
  • apartamento;
  • lote;
  • área comercial.

Esse tipo de crédito oferece:

  • maior tempo de para pagar (até 240 meses para quitar o valor);
  • dá pra pedir até R$ 1.000.000;
  • juros a partir de 0,89%a.m..

Refinanciamento de Veículo:

Pode ser visto como Refin, ou empréstimo com garantia de veículo, é uma linha de crédito em que o você precisa ter um veículo em seu nome para fazer o pedido. São aceitos como garantia:

  • carro;
  • utilitário;
  • moto;
  • ônibus;
  • micro-ônibus;
  • van;
  • caminhão.

As melhor parte nesse tipo de crédito é que você tem:

  • até 48 meses para quitar o débito;
  • dá pra pedir até R$ 100.000;
  • juros a partir de 1,49%a.m.

Além disso, ficou com mais dúvidas sobre o assunto? Deixe aqui e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.