FinanzeroBlogMercado

China: acordo comercial pode influenciar a economia nacional?

China: acordo comercial pode influenciar a economia nacional?

Compartilhe esse post:

China avança com lentidão em metas de acordo comercial com EUA e isso pode acabar afetando país emergentes como o Brasil

A China reduziu o ritmo de compras de produtos que sai dos Estados Unidos em agosto. Que mostra lento avanço no cumprimento das metas de seu acordo comercial com a maior economia do mundo.

O valor dos produtos americanos comprados pela China diminuiu em relação ao mês anterior devido à desaceleração nos produtos de energia. De acordo com cálculos da Bloomberg com base em dados da Administração Aduaneira.

O que significa no final de agosto, a China havia comprado cerca de 32,8% da meta anual de mais de US$ 170 bilhões. Então, que deve adquirir cerca de US$ 115 bilhões em mercadorias nos quatro meses restantes do ano para cumprir o acordo determinado no mês de janeiro de 2020.

Veja também – Exportação do milho cresce. O preço subirá como o do arroz?

Queda das compras da China

As compras de produtos de energia caíram 24% em agosto em relação ao mês anterior, e agora corresponderiam a cerca de 14% da meta para o ano inteiro. Embora as importações de petróleo dos EUA pela China tenham caído muito em relação a uma máxima em julho, é provável que aumentem nos próximos meses, pois as compras de petróleo americano subiram antes da revisão do acordo comercial em agosto.

EUA e China reafirmaram seu compromisso com a primeira fase do acordo comercial em agosto, demonstrando disposição para cooperar, mesmo com a escalda das tensões em torno de uma série de assuntos.

Veja também – Índice Geral de Preços tem alta de 4,34% em setembro. O que significa?

Mudanças

A China reduziu as importações de carne suína dos EUA em quase 40% em agosto em relação ao mês anterior. Mas aumentou as compras de cereais, segundo os dados. As importações de soja, um dos principais produtos no acordo comercial, aumentaram quase 300% em relação ao mês anterior e devem apresentar tendência de alta com o avanço da colheita nos EUA.

Os dados de agosto têm como base os dados revisados mais recentes.

Leia também – PIB: melhora na previsão pode ajudar a economia?

Como o acordo comercial da China afeta o Brasil?

Retaliações mútuas entre os dois gigantes econômicos tendem a frear o comércio internacional e prejudicar especialmente países emergentes, como o Brasil.

A economia brasileira está fragilizada e terá que resistir a mais um grande impacto neste ano. A guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

A tensão entre as duas potências mundiais está mais inflamada, após o país asiático parar de comprar produtos dos EUA.

Antevendo o impacto negativo na economia global, as bolsas de valores em todo o mundo caíram, assim como o Ibovespa. O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (B3). E esse é o principal impacto econômico.

Encontre agora as condições ideais de taxas de juros e parcelamento para o seu empréstimo pessoal online!

Ficou com mais alguma dúvida sobre China: acordo comercial pode influenciar a economia nacional? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Como economizar na Black Friday? Veja 5 passos

Em 27 de novembro, o Brasil terá a edição 2020 desta data; saiba como comprar sem cair na chamada Black Fraude ou comprar “pelo dobro

Ler artigo completo

0 respostas para “China: acordo comercial pode influenciar a economia nacional?”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasFlip – Empréstimo para Pessoa JurídicaZippi – Empréstimo para Pessoa JurídicaJuvo – Empréstimo com garantia de celularBanco Inter – Crédito Consignado OnlineMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineL&M – Consultoria em meios de pagamentoRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresas
Solicite seu empréstimo