Cadastro do SUS é obrigatório para a população e deve ser feito ou atualizado até o fim de agosto em algumas regiões do País

O SUS (Sistema Único de Saúde) é um sistema público de saúde brasileiro inspirado no National Health Service do Reino Unido e criado pelos constituintes de 1988 no dia 17 de maio de 1988. Ele serve para oferecer serviços médicos gratuitamente para toda a população brasileira.

Apesar de ser pauta constante entre os governantes, o SUS ainda conta com muitas deficiências de atendimento devido ao alto número de usuários por cada região. Em alguns lugares do País, a única forma de conseguir atendimento médico e indo até a capital do Estado em que a pessoa reside, como é o caso do Amazonas.

Por isso, é importante deixar o cadastro do Sistema Único sempre atualizado, assim não haverá problemas quando for necessário passar no atendimento da rede pública nacional. Entretanto, em algumas regiões do País quem não realizar a atualização, ou o novo cadastramento, até o final de agosto pode ficar impedido de usar o SUS nos próximos meses.

Moradores de Salvador precisam atualizar o cadastro do SUS?

Sim, a principal região que determina a atualização cadastral do SUS é em Salvador, Bahia. Todos os moradores de Salvador devem fazer o recadastramento obrigatório do cartão do Sistema Único de Saúde até o dia 31 de agosto. Vale ressaltar que a medida é válida também para aqueles que possuem planos de saúde particulares, pois o SUS deve estar apto a todos os moradores.

O recadastramento é simples e deve ser feito através do preenchimento do formulário online disponível neste link. Quem não tiver acesso a meios digitais, pode preencher os dados presencialmente em uma das 152 Unidades Básicas da rede municipal.

Veja também – Como funciona o serviço de drive-thru do INSS?

Como fazer o cadastramento presencial do SUS?

No cadastro presencial, é necessário levar:

  • Registro Geral (RG);
  • Certidão de nascimento;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • comprovante de residência em nome do usuário ou de algum parente de primeiro grau.

Para evitar aglomerações durante esse período de isolamento social, uma única pessoa da família poderá fazer o cadastro dos demais moradores, caso apresente toda documentação solicitada, como descrito acima. A validação do cadastro será realizada após acesso à unidade de saúde.

Quem já possui cadastro realizado por um agente comunitário não precisa realizar novamente.

A atualização do cadastro é uma determinação do Governo Federal, que instituiu um novo modelo de financiamento para a Atenção Primária. Esse cadastro será uma espécie de régua que guiará a transferência de recursos da União para as prefeituras.

Moradores da minha cidade precisam atualizar o cadastro do SUS?

Para saber se na região que você reside é necessário fazer o cadastramento ou atualização do cadastro do SUS é necessário verificar por meio do site da prefeitura de seu município, se há o pedido de atualização em aberto. Além disso, cada região receberá um memorando que será repassado para as unidades de serviços básicos de atendimento, ou postos de saúde. Com isso, os agentes comunitários de cada local ficaram incumbidos de avisarem a população.

Veja também – Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Como fazer cadastro no SUS pela internet?

É possível emitir o Cartão do SUS, como é conhecido o Cartão Nacional de Saúde (CNS), em versão digital de forma rápida pelo site Meu DigiSUS, do Ministério da Saúde.

O documento contém uma numeração que identifica cada cidadão e registra todos os atendimentos médicos realizados junto ao Sistema Único de Saúde, permitindo que funcionários de postos de saúde localizem:

  • prontuários;
  • consultas;
  • pedidos de medicamentos e dados de vacinação de cada pessoa.

Para acessar o Meu DigiSUS e ter acesso ao Cartão do SUS virtual, é necessário ter uma conta no Portal Gov.br, do Governo Federal.

Esse registro pode ser feito gratuitamente usando o número do CPF, ou ainda com dados de Internet banking, certificado digital ou validação facial pelo aplicativo no celular que permita tal função. Confira, a seguir, como fazer o cadastro e consultar o número do Cartão do SUS.

  • Acesse o site Meu DigiSUS e clique no botão “Entrar”;
  • Faça login usando suas credenciais ou crie um novo cadastro clicando no botão “Crie sua conta gov.br”;
  • Clique em “Minha Saúde”, no menu da lateral esquerda;
  • No topo da tela, veja a numeração do seu Cartão do SUS. Clique em “Acessar” para visualizar uma versão digital do cartão.

Veja também – INSS prorroga período de antecipação do auxílio-doença

Plano de Saúde: empréstimo consignado

As constantes reclamações do SUS fazem muitas pessoas não querem depender do atendimento público. O que não é um problema, mas os planos de saúde disponíveis no mercado nem sempre são acessíveis. Por isso, uma dica para quem deseja contratar um plano de saúde para fazer um tratamento específico ou algo do gênero é a contatação de um empréstimo consignado.

O empréstimo consignado é descontado diretamente da folha de pagamento mensal, ou do benefício do INSS de cada pessoa, e tem uma taxa de juros pequena, pois ele é muito usado pelos aposentados e pensionistas que precisam de dinheiro para investir na própria saúde.

Saiba mais em Empréstimo Consignado

Ficou com mais alguma dúvida sobre o cadastro do SUS? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.