Nesse post você encontra as principais informações sobre a sua carteira de trabalho digital, e ainda entende se ela realmente foi assinada

Com a modernização tecnológica constante da sociedade em que vivemos hoje muitos processos que antes eram considerados burocráticos, hoje estão sendo feitos de forma online.

Por exemplo, a CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) que há tempos atrás só poderia ser feita fisicamente, atualmente já é 100% digitalizada.

Desse modo, cabe aos empregados e empregadores se adaptarem às novas funcionalidades nos processos que envolvem as questões trabalhistas.

Como recuperar a senha da carteira de trabalho digital?

Como fazer a carteira de trabalho digital?

O processo é bem intuitivo e pode ser feito diretamente no Portal de Serviços do Governo Federal. De forma geral, o trabalhador vai preencher um cadastro com as seguintes informações:

  • Primeiramente, o nome completo;
  • Em seguida, o número do CPF;
  • Além disso, o nome da mãe;
  • Por fim, a data e o local de de nascimento.

Após o preenchimento dessas informações, também será necessário informar as experiências profissionais que o empregado já teve.

Concluída essa etapa, o documento estará disponível no próprio portal ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital que já está disponível para os sistemas Android e IOS.

Clique aqui para acessar o portal

Devo me desfazer da minha carteira física?

Não. O ideal é que o trabalhador guarde o modelo físico para comprovar seu tempo de serviço em cargos anteriores.

Mesmo que a carteira digital mostre os dados antigos, a recomendação do próprio Governo é que se conserve o documento original.

Portanto, o maior ponto de mudança é que a partir da emissão do documento digital, as novas questões trabalhistas serão feitas apenas remotamente.

Como corrigir dados errados na Carteira de Trabalho Digital?

Como eu sei se a carteira digital foi assinada?

Existem três formas de consultar se a sua carteira digital foi realmente assinada. Sendo elas:

  1. Consultando a própria carteira e conferindo se o registro do atual emprego estão inseridos nela;
  2. Acessando o RAIS (Relação Anual de Informações Sociais). Apenas com o número da carteira de trabalho é possível consultar os vínculos empregatícios atrelados ao seu cadastro;
  3. E também, consultando o INSS a partir do portal ou do aplicativo.

Vale ressaltar que, nem todos as contratações oferecem assinatura na carteira de trabalho. Por isso, é importante que o empregador e o empregado sempre esclareçam se os vínculos da contratação serão registrados ou não.

Como calcular a taxa de juros do empréstimo?

E aí, ficou com dúvidas sobre a carteira de trabalho digital? Então, comente. Afinal, estamos sempre à disposição para tudo o que você precisar 😉

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.