FinanzeroBlogImpostos

Como declarar seguro desemprego no Imposto de Renda em 2021?

Como declarar seguro desemprego no Imposto de Renda em 2021?

Compartilhe esse post:WhatsappFacebookLinkedInTwitter

Sinto muito, seu dispositivo não suporta leitura de texto

Pessoas que perderam seus empregos em 2020 podem precisar declarar o seguro desemprego no IR no ano de 2021, entenda como vai funcionar

O imposto de renda é um tributo cobrado pelo Governo Federal. A cobrança acontece de acordo com os rendimentos de pessoas físicas ou jurídicas e é cobrado anualmente.

Para declarar o imposto de renda é necessário alguns pré-requisitos. As regras para a declaração do IR foram divulgadas pela Receita Federal e o prazo será até o dia 31 de maio.

No ano de 2021, algumas pessoas que receberam o seguro desemprego terão que declara-lo. Mas apenas se estiverem dentro das condições necessárias.

Imposto de Renda 2021: Como fazer o download do programa?

Quem precisa declarar o seguro desemprego no IR em 2021?

Para que a declaração do seguro desemprego no IR seja obrigatória é necessário que o cidadão atenda as seguintes condições:

  • Se a soma dos rendimentos tributáveis (salário, pensão, aluguéis recebidos, remuneração e outros) ultrapassou R$ 28.559,70 até 31.12.2020;
  • Se o valor de rendimentos isentos (bolsas de estudo, FGTS, heranças, seguro desemprego) ultrapassou R$ 40.000;

Portanto, se os rendimentos isentos, como o seguro desemprego, ultrapassaram o valor total de 40 mil no ano de 2020 será obrigatório declarar o seguro desemprego no imposto de renda em 2021. Entretanto, se o valor for menor do que o estimado a declaração não se faz necessária.

Quem pode ser incluído como dependente do IR 2021?

Como declarar o seguro desemprego no IR em 2021?

Para declarar o valor do seguro desemprego no imposto de renda siga os passos a seguir:

  1. Na parte de fichas de declaração clique em “Rendimentos isentos e não tributáveis” e depois em “novo”;
  2. Dentro da ficha, na parte de “tipos de rendimento” escolha a opção “26 (outros)”;
  3. O tipo de beneficiário pode ser “titular” ou “dependente” se estiver incluindo mãe, pai, filho ou cônjuge;
  4. Inclua o CNPJ do FAT, Fundo de Amparo ao Trabalhador, que é 07.526.983/0001-43 e o nome FAT como fonte pagadora;
  5. No campo “descrição” preencha com “Seguro-desemprego”;
  6. E por fim, preencha o valor total recebido;

Ainda que tenha parcelas para receber no ano de 2021, o ideal é que deixe para declarar no próximo IR. É importante destacar que o auxílio emergencial também deve ser constatado no imposto de renda.

Como declarar auxílio emergencial no IR 2021?

Simule já o seu empréstimo online com a FinanZero: crédito pessoal com parcelamento em até 24 meses!

Preciso declarar o benefício emergencial no IR?

O benefício emergencial foi uma contribuição do Governo Federal para os trabalhadores que tiveram jornada de trabalho e salário reduzidos por consequências da Pandemia do COVID-19 em 2020. A fim de diminuir os impactos causados pela pandemia ele contribuiu para a conservação de renda de trabalhadores que foram afetados.

O BEM é um rendimento tributável e dessa forma deve ser contabilizado na declaração do imposto de renda. Os passos para a declaração seguem praticamente os mesmos para a do seguro desemprego, contudo existem algumas mudanças como:

  • Na parte de fichas de declaração, o BEM se encaixa na de “Rendimentos Tributáveis”;
  • A fonte pagadora é o “Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda” e o seu CNPJ é “00.394.460/0572-59”;

Vai ter benefício emergencial em 2021?

E então, restou mais alguma dúvida sobre a declaração do seguro desemprego no IR? Se sim, deixe aqui o seu comentário que a FinanZero te ajuda.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

IR: o que fazer quando eu não conseguir declarar?

O que é a malha fina no IR?Quais são as dificuldades e […]

Ler artigo completo

respostas para “Como declarar seguro desemprego no Imposto de Renda em 2021?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Navegue por:

    Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
    PáginasEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresasStoriesÍndice de EmpréstimoConsórcioSitemapIti – Empréstimo Pessoal OnlineClick Cash – Empréstimo Pessoal OnlineCartão de Crédito OnlineDigio – Cartão de Crédito OnlinePolítica de Privacidade FinanZeroVirtusPay – Boleto Parcelado Onlinebxblue – Empréstimo Pessoal OnlineAgente Imóvel – Refinanciamento Imobiliário OnlinePiki – Empréstimo Pessoal para Negativado OnlineProvu – Empréstimo Pessoal OnlineBoa Vista: Empréstimo Pessoal Online e ScoreCetelem – Crédito Consignado OnlineSuperSim – Empréstimo Pessoal OnlineSofisa Bank – Refinanciamento de Imóvel OnlineBanco Alfa – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo Sim – Crédito Pessoal OnlineCredjet – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Bari – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo Consignado INSS para aposentado e pensionistaParceirosCreditas – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo para Autônomo Negativado OnlineSimulação de empréstimoEmpréstimo com Garantia OnlineSimule seu empréstimo – ConversãoEmpréstimo ConsignadoNexoos – Empréstimo Para Empresa OnlineCashMe – Refinanciamento de Imóvel OnlineCrediHome – Refinanciamento de Imóvel OnlineTipos de EmpréstimoOmni Financeira – Refinanciamento de Veículo OnlineMoneyman – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Pan – Crédito Consignado OnlineNew HomeLivre Digital – Empréstimo Pessoal OnlineBizCapital – Empréstimo e Capital de Giro Para Empresa
    Solicite seu empréstimo