O programa do Imposto de Renda 2021 já foi liberado pela Receita Federal e está disponível para desktop ou dispositivos móveis. Entenda mais nesse post

A entrega do Imposto de Renda 2021 já começou em 1º de março e vai até 31 de maio. Com isso, a Secretaria da Receita Federal liberou o programa para que os contribuintes façam a declaração.

Contudo, os contribuintes que perderem o prazo podem ficar sujeitos à multa sobre o imposto devido.

Quais são as versões disponíveis?

De forma geral, a Receita disponibilizou para o Imposto de Renda 2021 três versões. Sendo estas:

  1. Primeiro, pelo computador;
  2. Em seguida, pelo celular;
  3. E por fim, no portal portal e-Cac.

Nesse sentido, é válido destacar que sobre a versão pelo computador os programas podem ser baixados no: Windows, MAC, Linux, Solaris e na Multiplataforma (zip).

Do mesmo modo, o programa também estará disponível no app de celular “Meu Imposto de Renda” nas versões para Android e IOS.

Além disso, acessando o portal via internet o preenchimento pode ser feito online.

Clique aqui para fazer o download do programa

Quem declara o Imposto de Renda 2021?

Os contribuintes do Imposto de Renda 2021 devem ser:

  • Pessoas que receberam mais de R$ 28.559,70 de rendimentos;
  • Os quais, a soma tenha sido maior que R$ 40 mil;
  • Quem teve receita bruta um valor superior a R$ 142.798,50 nas atividades rurais;
  • Os que tinham, até 31 de dezembro de 2020, propriedades de valor total maior que R$ 300 mil;
  • Pessoas que passaram à condição de residente no Brasil e se mantiveram assim até 31/12/2020;
  • Quem vendeu imóveis residenciais e obteve ganho na operação, mesmo que tenha comprado outro imóvel em um prazo de 180 dias e usou da regra de isenção do imposto de renda;
  • Os que obtiveram, em qualquer mês de 2020, ganho de capital na alienação de bens ou direitos ou realizaram operação em bolsas de valores, mercadorias, futuro e etc.

Como conseguir um empréstimo com os melhores juros?

Quais são os documentos necessários?

Em suma, os documentos necessários para a declaração do Imposto de Renda 2021 são:

  • RG, CPF, comprovante de residência e dados bancários;
  • Informe de rendimentos (fornecidos pelo banco e pela empresa);
  • Se houver dependentes, os documentos pessoais dos indivíduos;
  • Comprovante de despesas médicas e educacionais;
  • Recibos de pagamentos, aluguéis ou doações;
  • Extrato da Previdência Privada;
  • Documentação do plano de saúde;
  • Documentação de imóveis e veículos.

Onde fazer simulação de empréstimo consignado

Como declarar o Imposto de Renda 2021?

Com todos os documentos em mãos, a ideia é que o contribuinte baixe o programa da Receita. Isto é, fica a critério de cada indivíduo qual versão (computador, celular ou portal) ele tem preferência em dar continuidade.

Dessa forma, os que já possuem o certificado digital podem acessar o sistema e apenas validar as informações. Uma vez que, a declaração já estará pré-preenchida.

Quanto aos que não tem o certificado digital, a Receita oferece ao contribuinte uma cópia da última declaração entregue. Também é válido ressaltar que será necessário escolher nessa etapa o tipo de declaração: simplificada ou completa.

De forma geral, o programa é intuitivo e autoexplicativo. Basta que o contribuinte preste atenção nas informações cadastrais, uma vez que, a maior parte dos erros acontecem pelos dados estarem incorretos.

Como calcular a taxa de juros do empréstimo?

Por fim, ficou com alguma dúvida? Então, comente. Afinal, a FinanZero está à disposição para tudo o que você precisar.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.