Linha de crédito que antecipa saque-aniversário do FGTS tem enfoque em trabalhadores afetados pela pandemia do coronavírus

A Caixa Econômica Federal (CEF) comunicou ao mercado brasileiro o lançamento do empréstimo com antecipação do saque-aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) nesta quinta-feira (23).

Com taxas de juros mais baixas que o empréstimo consignado, o programa projeta que até 1 milhão de trabalhadores peçam a antecipação do saldo do fundo, o que poderá movimentar até R$ 5 bilhões na economia.

A informação foi dada em coletiva de Imprensa virtual da empresa pelo presidente-executivo da instituição bancária, Pedro Guimarães.

Veja também – Como funciona o saque-aniversário do FGTS?

Como funciona o empréstimo com antecipação do saque-aniversário do FGTS?

A linha de crédito é ofertada pela Caixa, que faz os pagamentos dos fundos aos trabalhadores brasileiros. Para solicitar a antecipação, o trabalhador brasileiro deve ter o valor mínimo de R$ 2 mil em contas ativas ou inativas do FGTS.

Então, o cidadão pagará o valor emprestado na data de liberação do saque-aniversário. Este valor emprestado será então quitado de uma só vez, acrescido de taxas de juros mensais de 0,99%.

Veja também – Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Como pedir o empréstimo com antecipação do saque-aniversário do FGTS?

A solicitação tem procedimento integralmente virtual. Quem tiver interesse em solicitar o empréstimo que antecipa o saque-aniversário deverá:

  1. Baixar e instalar o aplicativo do FGTS;
  2. Informar o usuário e a senha da conta (caso seja o primeiro acesso, a senha deverá ser criada após informar os dados pessoais);
  3. Fazer a opção pelo saque-aniversário se ainda não tiver feito;
  4. Depois, selecionar a opção “Crédito”;
  5. E em seguida a opção “Antecipação do saque-aniversário”;
  6. Um pré-contrato aparecerá na tela, e o trabalhador avaliará as condições do mesmo;
  7. Se quiser de fato fazer a contratação do crédito, bastará prosseguir e informar os dados solicitados posteriormente;

É possível antecipar o saque-aniversário do FGTS?

Isto só é possível por meio da abertura de linha de crédito anunciada nesta quinta-feira pela Caixa. Assim, não é possível que trabalhadores com menos de R$ 2 mil nas contas do FGTS consigam retirar o dinheiro antecipadamente. E também não há a possibilidade de antecipar a retirada do saque-aniversário sem arcar com as taxas de juros mensais de 0,99%.

Veja também – Como funciona o empréstimo com FGTS como garantia?

O empréstimo por antecipação é o mesmo que o empréstimo com garantia do FGTS?

Não. Tratam-se de linhas de crédito diferentes:

Empréstimo por antecipação do saque-aniversário do FGTS

Neste caso, a credora é o banco público Caixa. O valor do crédito é retirado diretamente da conta do fundo, e o trabalhador antecipa a retirada. O pagamento é feito em uma única parcela, na data real da liberação do saque-aniversário. Deste modo, ressalta-se que o trabalhador deve arcar com as taxas de juros mensais de 0,99%.

Empréstimo com garantia do saque-aniversário do FGTS

Neste caso, a credora pode ser uma instituição privada ou pública. O valor do crédito é cedido pelo banco, fintech ou financeira, e há a cobrança mensal das parcelas acrescidas de juros.

Assim, somente em caso de inadimplência, a empresa poderá tomar os valores do fundo que seriam liberados como saque-aniversário, pois são a garantia do crédito.

Escolhi o saque-rescisão. Posso pedir o empréstimo com antecipação do saque-aniversário do FGTS?

Não. O empréstimo com antecipação do saque-aniversário do FGTS só é opção válida para quem escolheu esta modalidade de saque. O prazo para fazer a opção pelo saque-aniversário e ainda receber o valor parcial em 2020 é o último dia útil do mês de nascimento.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o FGTS? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.