Com as eleições presidenciais dos Estados Unidos dólar fechou primeiro dia de apurações em R$ 5,76

Com a corrida presidencial nos Estados Unidos da América (EUA) as bolsas ao redor do mundo foram marcadas pela ansiedade de um resultado, e a instabilidade do dólar. Entretanto, devido a pandemia, muitos votos foram entregues via correio, o que aumenta o prazo do processo de contagem.

Os dois principais concorrentes são Trump e Biden, mas há mais nove candidatos ao cargo. Entre eles, está inclusive, o cantor Kanye West.

Mas os partidos Republicano e Democrata são os que realmente competem pela Casa Branca. E, por terem propostas bem diferentes, as bolsas ao redor do mundo ficam instáveis, com o dólar mudando.

Não se esqueça de conferir os empréstimos no site da FinanZero, para ter a melhor opção de juros! 

Dólar fecha com alta de 0,42%

Ao passo que os EUA apuram as urnas, investidores ficam otimistas com chances de Biden ganhar e dólar sobe. O mercado estaria mais otimista também, não só com as chances de um presidente Democrata, mas com a maioria das casas do Legislativo.

Caso a isso aconteça, facilitaria a transição de poder e a aprovação mais rápida de estímulos econômicos.

A alta do dólar aconteceu após ter tido uma queda de mais de 1,5%, quando chegou a R$ 5,64. A instabilidade deve continuar até que apurem todas as urnas e anunciem o presidente.

Eleições 2020: o que é Fundo Eleitoral?

Desvalorização do Real

Se comparado a moedas de outros países emergentes a queda do Real, com relação ao dólar, foi maior. Isso aconteceu por conta das preocupações com cenário fiscal brasileiro.

De acordo com Rodrigo Maia a Câmara não consegue votar a Lei Orçamentária Anual e a e a Lei de Diretrizes Orçamentárias, para 2021, até dezembro.

Além disso, as preocupações sobre como o governo financiaria um programa de auxílio econômico surgem, pois isso poderia furar o teto de gastos.

Veja: Inflação em São Paulo tem maior alta desde 2016

Queda do dólar vai continuar?

No segundo dia de contagem de votos, para a presidência americana, o dólar teve uma leve queda em relação ao Real, e no mundo todo. Isso acontece porque a disputa está apertada.

Por volta de 9:00 do dia 4 de novembro, o dólar teve uma queda de 0,27%.

Empréstimo no cartão de crédito vale a pena?

Como funciona o sistema eleitoral americano?

Antes de tudo nos EUA, diferente do Brasil, o candidato vence com a maioria dos delegados, e não maioria absoluta dos eleitores.

Os eleitores elegem os delegados e, estes sim, elegem um presidente. O modelo é de votação indireta, por mais que eles costumem seguir a tendência dos eleitores, essa não é uma regra.

Vale lembrar também que o número de delegados é diferente por estado, a Califórnia, por exemplo, tem 55. Além disso, existem os estados decisivos, que não são nem republicanos, nem democratas, eles podem definir as eleições.

Entre as principais diferenças entre Brasil e EUA, está o fato de cada estado americano definir suas regras, por exemplo poder votar por correio e voto facultativo.

Além disso, apesar de ter mais partidos, nos EUA a eleição fica entre os dois principais partidos: Republicano e Democrata. Por ser polarizada, a eleição americana não tem um segundo turno, diferente do Brasil.

Eleições 2020: 0,8% dos candidatos receberam 80% das verbas de fundos públicos de campanha

Ficou com dúvidas e quer saber mais? Comente aqui!

Além disso, não esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram; FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.