Após instabilidade no sistema, retornam as inscrições do Fies

De acordo com o MEC (Ministério da Educação), ainda há cerca de 50 mil vagas do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) que não foram preenchidas nas edições de 2020 de processo seletivos regulares.

Por isso, o MEC está disponibilizando vagas remanescentes. As inscrições tiveram uma pausa, devido a falhas no sistema, mas serão retomadas hoje (26).

Além disso, é importante ressaltar que estudantes que se inscreveram antes da suspensão do processo não serão prejudicados. As inscrições serão realizadas na página do Fies na internet e são voltadas para:

  • candidatos não matriculados em instituição de educação superior;
  • estudantes já matriculados que querem financiar a continuidade dos estudos.

Veja também – Faça uma cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Qual calendário de inscrição do Fies?

O calendário de inscrições para as vagas remanescentes do Fies pode variar de acordo com o perfil do estudante e de qual curso ele está prestando. Confira:

  • 26 e 27 de outubro: apenas candidatos para os cursos de área de conhecimento que o MEC considera como prioritárias – cursos de saúde, engenharias, licenciaturas e ciência da computação;
  • 28 de outubro a 3 de novembro: candidatos não matriculados em instituição de educação superior,
  • 28 de outubro a 27 de novembro: candidatos que desejam financiar mensalidades no curso, turno e instituição que já estão matriculados atualmente.

Além disso, é importante ressaltar que os candidatos só tem até às 23h59 do dia no prazo para se inscrever.

Como funciona a seleção para vagas remanescentes?

A seleção para as vagas remanescentes do Fies acontecem por ordem de inscrição dos candidatos. Para se inscrever basta ter em mãos alguns documentos, como:

  • Documento de identificação com foto;
  • Número de CPF;
  • Comprovante de residência,
  • Comprovante de renda.

Além disso, estudantes casados precisam apresentar:

  • Certidão de casamento;
  • CPF e documento de identificação da pessoa.

Quais são os requisitos?

Para se inscrever no Fies, o candidato precisa preencher alguns requisitos como:

  • ter feito pelo menos uma prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) desde 2010;
  • Ter alcançado ao menos 450 na pontuação;
  • Não ter zerado a redação,
  • Comprovar renda de até três salários mínimos (R$ 3.135).

Leia também – Microsoft anuncia parceria com governo federal

Por que o prazo foi prolongado?

A principio, o processo seletivo para as vagas remanescentes aconteceria entre 6 de outubro e 13 de novembro. No entanto, por conta de instabilidades no sistema do site, as inscrições foram suspensas.

Por isso, o Ministério da Educação decidiu retomar as inscrições hoje e prolongar o prazo.

No entanto, hoje de manhã, candidatos usarem o Twitter para relatar novos problemas no portal do Fies, confira:

O que é Fies?

Fies, também conhecido como Fundo de Financiamento Estudantil, é um programa governamental que tem por objetivo facilitar o acesso a crédito estudantil em curso superior para famílias de baixa renda.

Além disso, ele foi criado em 1999, e é ofertado em duas modalidades desde 2018:

  • Fies – sem incidência de juros, destinado para estudantes com renda familiar de até três salários mínimos (R$ 3.135),
  • P-Fies (Programa de Financiamento Estudantil) – com cobrança de juros, para famílias com renda de até cinco salários mínimos (R$ 5.225).

Ficou com mais alguma dúvida sobre as vagas remanescentes do Fies? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.