Saiba como identificar um golpe do empréstimo falso na internet e como prosseguir nesses casos

Com a popularização da internet e das instituições financeiras que oferecerem serviços online também surgiram maiores oportunidades para os golpistas.

No caso de golpes do empréstimo falso, muitas vezes, é oferecido ao cliente ofertas com juros mais baixos e condições excelentes, como por exemplo, pagar o crédito em uma quantia de parcelas maior do que é oferecido no mercado.

No entanto, existem três métodos mais usados por estelionatários para aplicar um golpe do empréstimo falso na internet:

  • Site falso do empréstimo – podem fingir ser uma empresa, como a FinanZero, ou criar uma fictícia;
  • Atrair as pessoas pelas redes sociais – isso quando alguma pessoa comenta seus dados no Facebook ou Instagram, por exemplo
  • Por disparo alternativo – compra uma base de dados e faz disparo se passando por alguma empresa.

No caso de Thaize Kuroda, autônoma, os golpistas vieram pelo WhatsApp com falsas promessas.

Veja também – Faça uma cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

“Você foi selecionada com crédito pré-aprovado de R$ 5.000”

O primeiro passo do golpe do empréstimo falso é sempre selecionar qual será a vítima e aborda-lá nas redes sociais, de preferência no WhatsApp.

“Uma mulher, a Rosana Branche, suposta gerente do financeiro da FinanZero, entrou em contato comigo pelo WhatsApp, dizendo que fui selecionada com o crédito pré-aprovado de R$ 5.000″, ressaltou Thaize.

Rosana Branche não é funcionária da FinanZero. Além disso, nós não entramos em contato via WhatsApp oferecendo empréstimo. Todo nosso processo de busca e contratação de crédito é feito pelo site e pelos canais oficiais da FinanZero.

Para Thaize, a mulher se portava bem, falava bem e era convincente. Pediu todos os documentos, inclusive selfie com documento de identidade com foto, para comprovar que era ela mesmo e não uma pessoa usando seus dados.

Além disso, a golpista disse que mandaria um contrato e que Thaize só pagaria pela taxa do contrato e nada mais.

“Ela ficou um pouco nervosa. Quando começou a me pedir os outros documentos, eu comecei a questionar, ela começou a se alterar e me cortou, falou que estava entrando em uma reunião e só poderia terminar na segunda-feira”. Foi aí que percebeu que tinha algo errado.

Quando foi pesquisar mais a fundo, Thaize percebeu que muitas pessoas já tinham se deparado com esse golpe. No entanto, em outros casos, muitas pessoas foram até o final e perderam o dinheiro.

“Pelos relatos que eu vi, ela sempre usa o nome da FinanZero e eles estão há muito tempo fazendo isso. Tiveram pessoas que deram dinheiro e abriram um boletim de ocorrência, mas eles continuam fazendo isso. Foi por isso que eu bloqueei e fiz a reclamação pelo canal do Reclame Aqui”, ressalta.

Leia também – Quais os bancos com mais reclamações, segundo o Banco Central?

Como evitar os golpes na internet?

A primeira dica é: nunca faça depósitos antecipados para nenhuma pessoa ou financeira em casos de empréstimos. Apesar de muitos clientes acreditarem que precisam realizar depósitos de determinado valor para que o empréstimo seja aprovado, isso não é real. Pelas normas do Banco Central, essa é uma prática considera ilegal em todo o território nacional.

Além disso, nunca divulgue seus dados ou detalhes de seu pedido de empréstimo nas redes sociais. Isso porque é no Instagram e no Facebook que a maioria dos casos acontece.

Guilherme Salerno, da equipe de Customer Sucess da FinanZero, lembra que é sempre importante checar as informações da empresa, seja nos perfis das redes sociais ou na internet. Além disso, verifique o nome do atendente, “qualquer dúvida é só ligar na nossa central de atendimento, lá você pode verificar se realmente possui alguma proposta de crédito”.

Mas o que eu faço se cair em um golpe?

Guilherme explica que muitas reclamações sobre golpes chegam pelo Reclame Aqui da empresa. No entanto, abrir um boletim de ocorrência é o primeiro passo para quem caiu em um golpe do empréstimo falso.

E, caso a pessoa não saiba como prosseguir, pode chamar a equipe de atendimento da FinanZero:

  • E-mail: atendimento@finanzero.com.br, ou
  • Pelo telefone 0800-607-3001 das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o golpe do empréstimo falso? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.