Os 20% de desconto da declaração simplificada seriam transferidos à Renda Cidadã, segundo Economia

Para financiar o Renda Cidadã, programa social criado pelo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ministério da Economia sugeriu ao presidente acabar com o com desconto da declaração simplificada do IR (Imposto de Renda).

Estimativas da Receita Federal indicam que 17 milhões de brasileiros seriam impactados pela medida. Hoje, os 20% de desconto são concedidos automaticamente a quem opta pela declaração simplificada do IR.

Simule o empréstimo ideal para você!

O que é declaração simplificada do IR?

É o modelo de declaração mais indicado para quem não tem muitas despesas para deduzir. Não há limite de renda para optar por esta forma de declaração.

Até o IR deste ano, havia o desconto de 20% sobre a soma de todos os rendimentos tributáveis recebidos ao longo do ano, com limite de abatimento de R$ 16.754,34. É este desconto da declaração simplificada do IR que o governo planeja extinguir.

Dados da Receita Federal indicam que, para o ano de 2019, 12,9 milhões de brasileiros declararam imposto de forma simplificada, com rendimentos tributáveis de R$ 775,1 bilhões. Para a opção completa, 17,4 milhões de contribuintes optaram por essa declaração, com tributáveis de R$ 1.062,8 trilhões.

Leia mais: Como economizar na Black Friday? Veja 5 passos

Como será o novo modelo proposto pelo governo?

Sem os 20% de desconto para a declaração simplificada, o governo planeja manter a opção de deduções médicas e educacionais. Essas deduções eram, a princípio, o aporte do IR que ajudaria a manter o Renda Cidadã.

Segundo a Economia, esses descontos representam elevados custos à União, aproximadamente R$ 20 bilhões em um ano. No entanto, o plano mudou, migrando para o fim dos 20% de desconto da declaração simplificada do IR.

Saiba mais: O que é dívida pública ou dívida governamental?

O que é o Renda Cidadã?

Ainda não criado, o Renda Cidadã é a proposta de Guedes e Bolsonaro para financiar programas sociais, como o Bolsa Família, que pode ser extinto para a criação de um novo auxílio.

Confira também: Coronavírus: passo a passo das Eleições 2020

E você, como declara seu imposto de renda? Seria impactado pela medida? Comente!

Siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.