O CDB é o investimento mais popular entre os que querem a mesma segurança e rentabilidade maior que a da poupança

Os Certificados de Depósito Bancário (CDB), são um tipo de produto financeiro que está disponível na maioria dos bancos. Ele costuma ser muito popular para os que querem investir, mas não querem arriscar muito.

Esse é um investimento de renda fixa, por isso é o que os especialistas mais recomendam para quem está começando a investir. Renda fixa é aquela que você já sabe antes do início quanto de juros você recebe ao fim.

No geral, pessoas que querem mudar da poupança para algo mais rentável, investem no CDB. Mas se você quer um retorno mais alto, deve buscar corretoras, elas têm muitas opções de CDB com remuneração acima dos bancos.

Esse investimento funciona como se você emprestasse dinheiro ao banco, ao final dele você recebe seu dinheiro mais o valor que ele rendeu, com base nos juros. E ele é tão seguro porque é protegido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Para ter as melhores condições no seu empréstimo confira o simulador da FinanZero!

Tipos de CDB

Existem dois tipos diferentes de CDB, e suas diferenças são de acordo com a forma que pagam os juros, são eles:

  • Pré-fixado, que como o nome já diz, tem a taxa de juros fixada antes. Sendo assim, ao comprar um CDB desse tipo você já sabe quanto ele vai render ao final do tempo;
  • Pós-fixado é o tipo de CDB em que os juros não são fixos, ou seja, eles vão acompanhar o mercado ao longo do tempo. Esses juros vão variar de acordo com outros indicadores da economia, o mais comum é que seja o CDI.

Se acaso você ficou na dúvida de qual escolher é prudente avaliar seu perfil e o tempo que pretende deixar o dinheiro no CDB. Isso porque o pré-fixado é mais seguro, por isso a longo prazo ele vale mais a pena, já que você não depende de um cenário econômico u político para garantir a rentabilidade.

Mas se o seu investimento for de curto prazo, como um ano, e o cenário econômico parecer favorável e estável, pode valer a pena investir no CDB pós-fixado.

Entretanto essa é uma decisão muito particular de cada um, do tempo que pode deixar esse dinheiro investido, se a pessoa tem uma reserva de emergência, entre outras coisas. Mas a rentabilidade de um CDB aumenta conforme o tempo de resgate aumenta também.

Ou seja, se você escolher um com duração de cinco anos a sua rentabilidade será muito maior que a de um com liquidez diária.

Leia: O que é empréstimo pessoal online?

Vantagens e desvantagens

O CDB é um tipo de investimento com renda fixa e tão seguro quanto a poupança, mas com um rendimento maior. Ou seja, além de ser seguro ele te garante um retorno maior, logo não há um motivo para ter medo de investir nele.

Se você tiver seu dinheiro investido e ele mais os rendimentos forem de até R$ 250 mil o fundo garantidor te devolve mesmo que a instituição não o faça. Além disso você pode diversificar seus investimentos no CDB, já que existem opções com tempos e rendimentos variados.

Você pode, por exemplo, escolher um CDB com liquidez diária que te permite ter lucros todos os dias e não ao final de um período médio/longo de tempo.

Apesar de ser um investimento seguro e com rendimento maior que a poupança o CDB tem suas desvantagens. Por exemplo, você tem que pagar Imposto de Renda (IR), mas antes de decidir fungir calcule seu lucro líquido que muitas vezes compensa. Além disso você pode ter que pagar por taxas por resgates antecipados.

Outra taxa para prestar atenção é o IOF, que incide sobre CDB a partir de 30 dias, mas ele diminui conforme o tempo do investimento aumenta. Ou seja, por mais que você tenha que pagar IOF quanto maior o tempo de investimento, menor será a taxa.

Outra desvantagem pode ser o vencimento do título, que pode chegar a cinco anos além do período de carência, em que você não pode resgatar, e dependendo do seu perfil, pode não ser vantajoso.

Veja: Como funciona o empréstimo consignado para servidores públicos?

O que é Fundo Garantidor de créditos?

O FGC é uma instituição sem fins lucrativos, cujo objetivo é garantir os créditos de clientes das instituições que fazem parte dele. Sendo assim se você investe em alguma instituição, seja no CDB ou não, é importante ter certeza que ela faz parte desse fundo. Essa é uma garantia de que você receberá seu dinheiro.

Esse fundo é um mecanismo de segurança do mercado financeiro e existe para minimizar os riscos. Ele irá preservar os investidores em caso de uma falência da instituição na qual eles investem.

Esses são alguns dos investimentos protegidos pelo FGC:

  • A poupança é claro;
  • O CDB logo em seguida;
  • Bem como As Letras de Crédito Imobiliário (LCI);
  • As Letras de Câmbio;
  • As Letras Imobiliárias (LI);
  • Assim como as Letras Hipotecárias (LH);
  • Recibo de Depósito Bancário (RDB);
  • E, por fim, as Letras de Crédito do Agronegócio (LCA)

Embora ele garanta a segurança do seu investimento e, por consequência, de todo o sistema financeiro ele tem um limite, Seus investimentos, já com o rendimento, não podem ser maiores de R$ 250 mil em uma mesma instituição.

Confira: Empréstimo com garantia de imóvel financiado

Quer saber mais sobre o CDB? Ficou com alguma dúvida? Se precisar, é só perguntar. E não se esqueça de conferir o site da FinanZero se precisar de um empréstimo.

Por fim, não esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram; FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.