Devido ao isolamento social, a busca por livros cresceu durante a pandemia. Confira nesse post, os melhores sites para comprar livros

De acordo com um levantamento feito pela Nielsen Brasil em parceria com o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), a busca por livros aumentou consideravelmente no Brasil. Só em fevereiro de 2020, por exemplo, mais de 3 milhões de exemplares foram vendidos.

Nesse sentido, a hipótese é que o aumento por essas buscas esteja relacionado com o isolamento social causado pela pandemia do coronavírus. Isto é, em 2019 a Nielsen e o Snel também fizeram uma pesquisa sobre o mercado, e o resultado foi uma queda de 20,31% na venda dos livros.

Por isso, a pandemia pode ter sido um fator determinante para que a busca por exemplares aumentasse significativamente no ano passado. Por passar mais tempo em isolamento, as pessoas começaram a buscar coisas alternativas para fazer dentro de casa. Os livros, por sua vez, se mostram eficientes nesse caso. Abaixo, listamos plataformas digitais que podem contribuir para a compra assertiva de livros:

Como solicitar o empréstimo pessoal online com a FinanZero?

Aposte em e-commerce

A expansão no segmento de e-commerce tem sido cada vez mais relevante na vida dos brasileiros. O relatório da Mastercard SpendingPulse apontou que o segmento cresceu mais de 70% em 2020. Isso porque, a praticidade desse tipo de serviço é uma das principais vantagens.

De modo geral, os clientes conseguem comprar produtos de forma 100% digital e caso seja necessário, todo atendimento da compra é online. Assim sendo, não há nenhum contato físico com o estabelecimento. O processo desde colocar a mercadoria no carrinho, até a finalização do pedido é feito por meio de um smartphone, tablet ou computador.

Por essa razão, investir na compra de livros via e-commerce pode ser uma alternativa muito vantajosa para consumidores que desejam obter a mercadoria rapidamente. Através das redes sociais, por exemplo, os usuários relatam suas experiências em comprar livros nesse tipo de negócio:

Um grande diferencial do e-commerce também, é que com frequência cupons de desconto são disponibilizados deixando o produto ainda mais barato. Desse modo, listamos a seguir alguns exemplos de e-commerce para a compra de livros:

  • Amazon;
  • Submarino;
  • Americanas;
  • Casas Bahia;
  • Magazine Luiza.

Pirâmide do PIX: o que é e como posso identificar?

Procure por livrarias específicas

Outra dica primordial, é a compra em livrarias específicas. A Saraiva e a Livraria Cultura, por exemplo, são livrarias segmentadas que se contrapõem aos – amplos – modelos de e-commerce. Ou seja, essas lojas características trabalham apenas com a venda de livros e são focadas somente nessa mercadoria.

O e-commerce, por sua vez, abrange uma vasta categoria de produtos e não possui foco total nos livros. Assim sendo, as livrarias específicas se mostram mais eficazes quando se trata de busca por exemplares exclusivos ou históricos, por exemplo.

Além disso, os acervos são personalizados e diversificados. Dessa forma, livros que muitas vezes estão esgotados nas lojas convencionais podem ser encontrados nessas livrarias. Outro benefício relevante é a compra de exemplares autografados pelo próprio autor, ou o investimento em edições antigas.

Não consigo validar os dados na carteira de trabalho digital, o que fazer?

Invista em sebos online

Em contrapartida, a rede de sebos é uma excelente opção para quem deseja comprar livros muito abaixo do preço. A rede de livros é popularmente conhecida pelo comércio de exemplares usados, o que torna os valores mais acessíveis e baratos.

Apesar das lojas serem conhecidas pela troca e compra presencial, diversas redes de sebo já possuem sites para compra. Como é o caso do “Sebo Avalovara” que além de exibir o acervo virtualmente, também conta com canais de atendimento via WhatsApp ou e-mail. Para acessar o site desse sebo, basta clicar aqui.

Nesse sentido, os usuários que prezam por livros mais baratos ou queiram economizar na compra dessas mercadorias podem investir em sebos. A troca de livros também se torna uma grande vantagem, já que, os clientes podem se desfazer de livros que “estão parados” e investir em novas leituras.

Dia dos namorados: como economizar no presente?

Comparador de livros: vigia de preço

Além dos sites específicos para comprar livros, uma opção muito vantajosa aos consumidores é poder comparar os preços desse produto. Por isso, separamos uma opção que pode ser usada tanto na versão da web, quanto na versão de aplicativo nos smartphones Android e IOS.

O Vigia de Preço é um comparador de preços digital e os clientes conseguem comparar os valores filtrando o nome do produto. Nesse caso, a busca feita seria por “livros”, mas o site é amplo e dispõe do comparador para diferentes tipos de mercadoria.

Na própria aba de livros, por exemplo, é possível criar diferentes filtros como: popularidade, categorias, editoras, marca e autores. Por isso, o comparador de preços se mostra muito eficiente aos usuários que queiram fazer um comprativo de valor entre diferentes lojas.

Como funciona a devolução do PIX?

Por fim, ficou com dúvidas sobre como sites para a compra de livros? Tem alguma sugestão além das que já foram citadas? Se sim, deixe aqui nos comentários que a FinanZero está à disposição.

Ademais, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.