O Registro Geral de identificação (RG) pode ser acessado pelo novo aplicativo do Governo Estadual de São Paulo

A versão digital da nova célula de identidade (RG), que é o documento principal de identificação, já pode ser baixada a partir desta quarta-feira (12), por meio do aplicativo RG Digital SP.

A iniciativa da Polícia Civil de São Paulo permite que o documento seja armazenado no próprio smartphone, mas não substitui a necessidade de emissão do RG físico. Entretanto, para quem precisar apresentar o RG p-ara qualquer formalidade, não precisa mais carregar a versão de papel no bolso.

Essa novidade só está disponível no momento para quem tem registo no Estado de São Paulo. E, assim como a CNH Digital e com o CPF, o RG pode ser acessado em qualquer local do País, sem precisar usar a internet do celular.

Veja também – Como solicitar a Carteira de Trabalho durante a quarentena?

Quem pode acessar o RG digital?

Podem ter acesso ao documento virtual aqueles que estiverem de acordo com as seguintes características:

  • pessoas com o RG emitido a partir de 4 de fevereiro de 2014, que possuam numeração vermelha;
  • o documento físico deve apresentar QR Code impresso no verso;
  • o usuário precisa estar cadastrado no Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (Abis) da Polícia Civil.
  • ter um celular compatível com a aplicação.

O aplicativo está disponível para Android 5.0 e iOS 10 (e versões superiores).

Tenho o RG antigo. Posso acessar a versão digital?

quem não tem o RG atualizado está impedido de acessar o aplicativo para salvar a versão digital.

De acordo com a Polícia Civil, 95% da população de São Paulo já tem o RG com QR Code, quem ainda possui o documento antigo deve providenciar sua atualização para poder usar o app.

Com o documento em mãos, basta abrir o aplicativo e selecionar a opção “Adicionar RG”, para escanear o código QR do verso do RG original, seguindo os passos da tela do celular.

Veja também – Como tirar a CNH de graça?

Como instalar o aplicativo do RG digital?

Veja abaixo o passo-a-passo para fazer a instalação da aplicação que possibilita acesso ao documento de identidade digital:

  • Baixe o aplicativo (disponível para os sistemas Android e iOS);
  • Aceite as permissões necessárias para acessar a câmera;
  • escaneie o código que fica atrás do documento físico (QR Code).

Além disso, é importante que o usuário saiba que o RG Digital só pode estar instalado em um único aparelho. Em caso de perda ou roubo, o cidadão pode baixar o documento em outro aparelho, o que fará que no primeiro celular seja descadastrado automaticamente.

Após a validação do QR Code o aplicativo vai então direcionar o cidadão para a “prova de vida”, feita via biometria facial no próprio celular. Por isso, o processo só pode ser concluído se o aparelho tiver uma câmera com pelo menos 5 MP e conexão ativa com a internet, no primeiro momento. Assim que o RG digital for baixado, não será mais necessário internet para sua visualização.

Para maior segurança dos usuários após todos os passos será necessário colocar uma senha de 4 dígitos, que não podem ser esquecidos. Há a opção de ativar o Touch ID ou o Face ID.

Depois de todo o processo realizado, as informações são analisadas pelo app e, caso a prova de vida seja confirmada, a versão digital aparece no aplicativo após alguns minutos, para salvar basta fazer o download.

Veja também – Como consultar CPF e CNH por aplicativo?

O RG Digital é válido em qual local do País?

O RG digital armazenado no celular, certificado pelo Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), é aceito em todo o território nacional. De acordo com a Lei Federal 7.116/83 e Decreto Federal 9.7278/18, bem como a Portaria DIPOL 109/20.

Isso significa que, caso haja uma abordagem policial, por exemplo, a apresentação do documento deve ser aceita como se fosse o original. O agente de segurança poderá, inclusive, verificar sua autenticidade via smartphone.

Veja mais – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

Quais as vantagens do RG Digital?

As principais vantagens de ter acesso ao documento digital são as seguintes.

  • Não precisar carregador o documento físico para todos os locais;
  • Poder mostrar no celular o RG sem que a outra pessoa toque;
  • Segurança contra perda ou alteração do documento.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o RG digital. Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.