Auxílio emergencial

De acordo com a Caixa, o auxílio emergencial sumiu devido a transferência do valor para outra conta bancária, que foi cadastrada pelo usuário anteriormente

Há dias usuários do aplicativo Caixa Tem relatam que o dinheiro sumiu da conta poupança digital. E, além de ter desaparecido, o aplicativo não mostrou nenhuma mensagem sobre os possíveis fatores que ocasionaram a ausência do montante.

Muitos beneficiários utilizaram as redes sociais, principalmente o twitter, para relatar o ocorrido e pedir uma resolução da Caixa Econômica Federal, que é o banco responsável pela movimentação do dinheiro referente ao auxílio emergencial. Veja abaixo um exemplo.

Veja também – O FGTS emergencial não caiu: foi adiado? Entenda

Por que o dinheiro do auxílio emergencial sumiu?

No início do mês de junho algo semelhante havia preocupado os beneficiários, e em resposta a Caixa divulgou que o saldo do auxílio emergencial (de R$ 600 ou R$ 1.200) pode desaparecer da conta poupança digital dos beneficiários e migrar para a conta que foi informada no ato da inscrição do benefício.

Dessa forma, aqueles que não tinham conta em banco nenhum, o valor continua na conta digital. Para os 10 milhões que já tinham contas (na Caixa ou em outros bancos), esse dinheiro foi depositado nessas contas.

Além disso, como é possível realizar compras com a conta digital do auxílio mesmo antes de receber a parcela e depois de ter sido aprovado na análise, o saldo do recebimento levará em conta o que foi gasto antes – como um cartão pré-pago.

Por exemplo, se o usuário recebeu R$ 600 e gastou R$ 200, o que vai ser depositado automaticamente será a diferença de R$ 400.

Veja também – Como evitar o golpe do auxílio emergencial?

O auxílio emergencial não está mais na conta digital. O que fazer?

Antes de entrar em pânico é importante pensar na conta bancária em que foi cadastrada no ato da solicitação do auxílio emergencial e conferir se o valor consta no saldo.

Para isso é fácil:

  • entre no aplicativo do banco;
  • solicite a consulta do saldo;
  • verifique se há algum depósito ou transferência de responsabilidade da Caixa.

O valor pode constar como bloqueado na conta bancária. Nesse caso é necessário entrar em contato com o banco e verificar o motivo de o valor não poder ser usado.

Veja também – Auxílio emergencial no WhatsApp: é golpe?

O valor não está na conta cadastrada e nem no Caixa Tem. O que aconteceu?

No caso do auxílio emergencial não estiver presente em nenhuma conta bancária, é possível que o usuário tenha sofrido um golpe.

Em junho, foi identificado um esquema criminoso que disparava e-mails falsos com a informação de que a Caixa estaria mudando o aplicativo de pagamento do Auxílio Emergencial. As características do golpe eram:

  • O golpe imitava elementos visuais de mensagens institucionais do banco para solicitar o recadastramento de usuários em uma plataforma falsamente associada ao Auxílio Emergencial.
  • Os e-mails são elaborados para despertar a sensação de urgência com ameaças de que se o procedimento não fosse realizado o internet banking e o aplicativo do usuário seriam bloqueados.

Já um relatório do dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital da PSafe, publicado em abril apontou a existência de cerca de 100 páginas falsas que solicitavam perguntas sobre dados pessoais e induzem usuários a compartilhá-las como garantia da obtenção do benefício.

Até a divulgação do documento, as páginas já somavam mais de 6,7 milhões acessos e compartilhamentos.

Nos casos em que os beneficiários percebem fraude ou que o dinheiro sumiu, a Caixa explica que:

  • O ocorrido deve ser informado imediatamente, com registro de reclamação pessoalmente.
  • A reclamação pode ser feita em qualquer agência da Caixa.
  • Ao registrar a reclamação, o banco começa a investigar o que pode ter acontecido.
  • No caso de confirmação de fraude, o valor será ressarcido em alguns dias.

Veja também – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

Ficou com mais alguma dúvida sobre auxílio emergencial sumiu do Caixa Tem. O que fazer? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.