O golpe do empréstimo ainda é muito comum; saiba o que fazer – e o que não fazer – se for vítima dele

Infelizmente, essa é uma parte da nossa realidade aqui na FinanZero: vocês, nossos queridos clientes, contando de algum golpe do empréstimo.

E, ainda pior, às vezes aplicado por pessoas que se passam por nós.

Pois é. Só entre março e outubro de 2020, por exemplo, o Reclame Aqui da FinanZero teve 30% mais alertas sobre golpe do empréstimo, se comparado com o mesmo período do ano passado.

A maioria são fraudes via WhatsApp. Nesses casos, golpistas usam a nossa marca para se passar por nós e, então, oferecer um empréstimo.

O problema? Esse empréstimo não existe.

E, além de você nunca receber o valor que acredita ter pedido, ainda pode perder dinheiro. Isso porque eles fazem cobranças antecipadas para, supostamente, aumentar o seu score, fazer o seu contrato, avaliar o seu perfil ou qualquer outra desculpa do tipo.

Não acredite nisso. Cobrar QUALQUER taxa antes de depositar o valor integral do empréstimo, o que só acontece depois de assinar contrato, é ILEGAL, de acordo com o Banco Central.

Ou seja, esse é um primeiro sinal de um possível golpe.

Na teoria, é simples de entender, né? Mas e quando você já caiu no golpe do empréstimo: o que fazer?

Sofri o golpe do empréstimo…

Pode levar um tempo para notar que caiu no golpe do empréstimo. Afinal, o golpista pode ser experiente e ter diversas desculpas para justificar o atraso no depósito do valor.

No entanto, chega uma hora em que você já pagou vários boletos, em geral de valores pequenos, e ainda assim não recebeu o que pediu. Aí o golpista some ou, então, te diz que você foi reprovado.

Enfim, não importa como ele age: você caiu no golpe do empréstimo. E deve tomar providências rápido. Pode parecer à toa, mas há, sim, ações que você pode tomar.

IPVA SP 2021: confira calendário de pagamento do imposto

1. Faça um boletim de ocorrência

Esse é um passo bem importante, afinal, ele documenta a fraude. É com ele que você pode tomar os próximos passos.

No boletim, descreve como foi o golpe do empréstimo em detalhes. Por que isso é relevante? Porque pode indicar à Polícia padrões e gerar repercussão.

2. Entre em contato com o seu banco

Essa dica vale para quem pagou algum valor antecipado!

Não é um dever do seu banco devolver o que você depositou ao golpista. No entanto, você pode tentar negociar.

Além disso, pode ajudar a financeira a identificar um padrão e, de novo, ao caso ter alguma repercussão. Talvez isso leve à investigação e à prisão desse golpista.

3. Avise a fintech por quem o golpista se passou

Sim, isso é muito valioso. Nós aqui na FinanZero, por exemplo, tentamos criar um radar sobre pessoas que se passam por nós, nomes que usam e outros dados que eles podem se aproveitar.

Portanto, quando você nos conta sobre algum golpe do empréstimo, nos ajuda a:

  • Reconhecer novas formas de fraude;
  • Criar um mapa de nomes e atitudes que são usadas;
  • E, por fim, a ajudá-lo com possíveis ações judiciais.

O histórico é determinante para nós, pois nos permite pensar em planos de ação que diminuam esses golpes.

Isenção de IPTU: descubra quem tem direito

Golpe do empréstimo: o que não fazer

Bem, terminamos as dicas do que fazer. Agora, sobre o que não fazer:

  1. Não ameace o golpista, nem com processo. Ele tem dados seus e pode tentar usá-los contra você;
  2. Não apague a conversa. Ela serve como prova do golpe do empréstimo que você sofreu;
  3. Não deixe de documentar o ocorrido. Pode não reaver o seu dinheiro, mas permite que uma investigação seja conduzida.

Portanto, atente-se para a sua segurança e para documentos.

E, já sabe, estamos sempre à disposição. Então venha fazer um empréstimo confiável de verdade:

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre o golpe do empréstimo? Deixe nos comentários.

Siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.