Devido às aglomerações em agências bancárias da Caixa, a instituição definiu um calendário de transferências da Poupança Social Digital

A Caixa Econômica Federal (CEF) decidiu limitar as transferências da Poupança Social Digital. Esta limitação será feita por meio de calendário de permissão para fazer a transferência para outras contas bancárias.

O motivo desta decisão deve-se às aglomerações em agências bancárias em detrimento do saque do auxílio emergencial de R$ 600. Na distribuição da 1ª parcela do coronavoucher, um calendário de saques foi definido a fim de evitar as filas nas agências.

Contudo, foi constatado que muitas pessoas acabaram transferindo o auxílio emergencial de R$ 600 para correntistas da Caixa próximos, como familiares e amigos. E então puderam fazer os saques paralelamente a quem estava seguindo o calendário e sacando o valor da própria Poupança Social Digital.

Assim, as aglomerações não foram contidas na primeira etapa do auxílio emergencial. A nova medida define não somente o calendário de saques, mas também de transferências. As mudanças são válidas para quem recebe a 2ª parcela do coronavoucher.

Veja também – Quem foi negado no auxílio emergencial pode recorrer?

Quando pode transferir os R$ 600 da Poupança Social Digital do Caixa TEM?

As transferências feitas da Poupança Social Digital ficarão disponíveis somente a partir do próximo dia 30:

  1. tanto as Transferências Eletrônicas Disponíveis (TEDs);
  2. como os Documentos de Ordem de Crédito (DOCs);

De acordo com o Projeto de Lei (PL) que orientou os procedimentos do auxílio emergencial, cada cidadão pode fazer gratuitamente pelo menos um saque mensal. Quando o Ministério da Cidadania divulgou as diretrizes do auxílio foi estabelecido que seriam dois saques mensais e três transferências por mês.

Assim, a Caixa estaria infringindo o PL com a restrição dos saques. De acordo com nota enviada ao jornal “Estado de S. Paulo”, a instituição financeira alegou estar seguindo uma portaria do próprio Ministério. Na portaria nº 386 está determinado que são calendários diferentes de liberação dos R$ 600 para uso digital e para saque em espécie.

Veja também – TED ou DOC: entenda as diferenças destas transferências

Calendário de saques e de transferências da 2ª parcela do auxílio emergencial

Veja abaixo quando ficam disponíveis os saques e transferências da Poupança Social Digital para outras contas bancárias:

  • 30/05/2020: nascidos em janeiro
  • 01/06/2020: nascidos em fevereiro
  • 02/06/2020: nascidos em março
  • 03/06/2020: nascidos em abril
  • 04/06/2020: nascidos em maio
  • 05/06/2020: nascidos em junho
  • 06/06/2020: nascidos em julho
  • 08/06/2020: nascidos em agosto
  • 09/06/2020: nascidos em setembro
  • 10/06/2020: nascidos em outubro
  • 12/06/2020: nascidos em novembro
  • 13/06/2020: nascidos em dezembro

Veja também – Calendário do auxílio emergencial de R$ 600: quando serão os depósitos?

Para quem são válidas as regras de transferência da Poupança Social Digital?

Em suma, existem dois perfis de pessoas recebendo o auxílio emergencial:

  • Quem recebe por uma conta dos bancos públicos Caixa ou do Banco do Brasil (BB);
  • Quem recebe pela Poupança Social Digital Caixa, que é criada automaticamente para correntistas que não são dos bancos estatais. O acesso dessa poupança é feito pelo aplicativo Caixa TEM;

As mudanças de transferências para outras contas bancárias são válidas somente para quem recebe o auxílio emergencial por meio do Caixa TEM, na Poupança Social Digital.

Veja também – Não consigo transferir o dinheiro do Caixa TEM, o que fazer?

Como transferir o auxílio emergencial para outra conta?

Para quem recebe o auxílio emergencial na Poupança Social Digital, a transferência pode ser feita pelo aplicativo Caixa TEM. Veja os links de download:

  1. Download para sistema Android;
  2. Download para sistema iOS;

No primeiro acesso, o usuário deverá cadastrar a conta bancária desejada. A partir do segundo acesso ou do recebimento da 2ª parcela do auxílio emergencial a transferência é automática, seguindo o calendário da Caixa.

Ficou com mais alguma dúvida sobre a Poupança Social Digital? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.