FinanzeroBlogFinanças Pessoais

Como registrar funcionário com carteira de trabalho digital?

Como registrar funcionário com carteira de trabalho digital?

Compartilhe esse post:

Em funcionamento desde 2019, veja como assinar a Carteira de Trabalho Digital do funcionário e quais são os documentos necessários.

A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) tem o intuito de registrar todos os fatos relacionados à vida profissional do trabalhador. Portanto, no documento não devem constar somente as informações sobre admissão e demissão, é necessário que o empregador inclua anotações como férias, alterações de salário, décimo terceiro, rescisão de contrato e afins.

Esse registro também é utilizado como documento comprobatório para solicitar benefícios, como seguro desemprego, salário maternidade e aposentadoria. Além disso, a CPTS pode ser importante em caso de ações trabalhistas, já que, como dito inicialmente, nela constam diversas informações sobre a vida laboral do funcionário.

Diante da importância deste documento, em 2019 foi instituída a Carteira de Trabalho Digital, através da Lei de Liberdade Econômica. A mudança partiu do Ministério da Economia, com o objetivo de desburocratizar os processos relacionados ao registro do trabalhador e o serviço público como um todo. Com isso, a Carteira de Trabalho física, aos poucos, deixa de ser utilizada, já que os empregadores e funcionários deverão aderir à Carteira digital.

Como recuperar a senha da Carteira de Trabalho Digital?

Como tirar a carteira de trabalho digital pela primeira vez?

Como registrar o funcionário na carteira de trabalho digital?

Antes de começar a registrar os funcionários através da Carteira de Trabalho Digital, a empresa deve realizar o cadastro no e-Social, o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, pois é a partir dessa plataforma que o empregador incluirá as informações referentes aos seus funcionários.

Feito o cadastro, é preciso reunir o CPF de todos os trabalhadores da empresa, inclusive os que já contam com o registro na Carteira física. Então, basta inserir os dados de cada funcionário na plataforma do e-Social, pois o sistema replica as informações e envia para a Carteira de Trabalho Digital.

Carteira de Trabalho Digital não tem PIS, e agora?

Quando há muitos funcionários, a recomendação é dar preferência para o registro dos novos trabalhadores, pois conforme a regra, estes deverão ser incluídos no sistema no dia anterior ao início de suas atividades, ainda que através do cadastro preliminar, que conta com informações simplificadas. Sendo assim, caso a empresa opte pela admissão preliminar, é dado o prazo de cinco dias úteis após a data de admissão para que o Cadastramento Inicial do Vínculo e Admissão seja concluído e enviado.

Os demais funcionários, aqueles que já possuem registro na Carteira de Trabalho física, deverão ser cadastrados conforme a disponibilidade da empresa. Ainda assim, apesar dessa margem de tempo, é de suma importância que as empresas regularizem os registros o mais breve possível.

Contas digitais: o que são e como abrir uma.

Como preencher a Carteira de Trabalho Digital?

Na hora de preencher a Carteira de Trabalho Digital do funcionário, é necessário declarar as mesmas informações, como salário, data de admissão e condições de trabalho, caso haja alguma especificidade. A novidade, no entanto, é em relação ao número da CTPS, isso porque, na versão física, o documento contém 8 números, enquanto que na digital, são 7.

A mudança é porque a Carteira de Trabalho Digital é identificada pelo CPF do trabalhador, portanto:

  • O número da Carteira de Trabalho é identificada pelos primeiros 7 números do CPF do trabalhador;
  • A série da Carteira de Trabalho é identificada pelos últimos 4 dígitos do CPF do trabalhador;
  • O UF da CTPS não muda, ou seja, é preciso informar a Unidade de Federação do trabalhador ou da empresa.

Com o processo digitalizado, a empresa não precisa mais solicitar o documento físico, logo, não se aplica a regra de devolução em até 48 horas. Por outro lado, as informações registradas na CTPS digital devem ficar disponíveis para o trabalhador em até 48 horas após inclusão, através do aplicativo ou site.

Precisa de dinheiro para quitar as dívidas? Solicite um empréstimo pessoal online.

Como o funcionário acessa a Carteira de Trabalho Digital?

Enquanto o registro das informações é feito pelo empregador através do e-Social, o acesso às informações pelo trabalhador é realizado pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS, ou através do site do governo federal.

Em ambos os casos é solicitado o acesso ao cadastro gov.br. Portanto, quem já possui a conta deverá apenas realizar o login com CPF e senha. Quem ainda não se cadastrou no gov.br deve realizar as etapas solicitadas, que incluem preencher os campos com os dados pessoais e e-mail, cadastrar uma senha e passar pela fase de confirmação da identidade, em que é preciso responder algumas perguntas por questões de segurança.

Como funciona a Carteira de Trabalho Digital?

Carteira de Trabalho Digital serve como documento?

Ao acessar a CTPS digital, o funcionário tem acesso a todas as informações referentes ao contrato atual e aos anteriores. Além disso, é possível emitir um alerta caso haja divergência nas informações prestadas pelos empregadores.

Com a inclusão da Carteira de Trabalho Digital, o trabalhador não precisa apresentar a Carteira física para obter o registro, basta que o empregador tenha em mãos o CPF do funcionário. Inclusive, vale dizer, a CTPS física deixou de ser emitida em 2019, desde então, o documento é emitido de forma totalmente digital.

Ficou mais alguma dúvida sobre a Carteira de Trabalho Digital? Deixa nos comentários! Ah, e não deixe de acompanhar a FinanZero por aqui e nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Como consultar o auxílio emergencial 2021 pelo DataPrev?

Auxílio emergencial 2021: como contestar e consultar utilizando o site do DataPrev e qual o […]

Ler artigo completo

0 respostas para “Como registrar funcionário com carteira de trabalho digital?”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasFlip – Empréstimo para Pessoa JurídicaZippi – Empréstimo para Pessoa JurídicaJuvo – Empréstimo com garantia de celularBanco Inter – Crédito Consignado OnlineMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineL&M – Consultoria em meios de pagamentoRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresas
Solicite seu empréstimo