Parcelar IPVA, oficialmente, só em três vezes; no entanto, há apps e despachantes que dividem em 12, com juros

Começo do ano é sinônimo de gasto para quem tem carro!

O IPVA, sigla para Imposto Sobre A Propriedade de Veículos Automotores, é emitido no início do ano. Para muitos, embora seja um custo previsto, é um valor alto.

Portanto, mesmo com a opção de parcelar IPVA, essa pode ser uma dívida já de cara.

Por isso, é importante entender as opções de pagamento que melhor cabem no seu bolso. Vamos, então, falar sobre valores, datas e até parcelamento de IPVA?

Quanto devo pagar de IPVA?

Partindo do princípio: o valor do IPVA. Quanto você paga desse imposto tem relação direta com quanto vale o seu veículo e, ainda, com a alíquota do seu Estado, que varia entre 2% e 4% do valor do seu automóvel.

Então, o primeiro passo para saber o valor do seu IPVA é descobrir quanto o seu veículo vale pela tabela Fipe. Para acessar a tabela, clique aqui.

Em seguida, saber a alíquota cobrada pelo seu Estado. Veja todas as faixas:

  • Acre – 2%
  • Alagoas, Amazonas e Amapá – 3%
  • Bahia e Ceará – 2,5%
  • Distrito Federal – 3,5%
  • Espírito Santo – 2%
  • Goiás – 3,75%
  • Maranhão – 2,5%
  • Minas Gerais – 4%
  • Mato Grosso – 3%
  • Mato Grosso do Sul – 3,5%
  • Pará e Paraíba – 2,5%
  • Paraná – 3,5%
  • Pernambuco – 3%
  • Piauí – 2,5%
  • Rio de Janeiro – 4%
  • Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul – 3%
  • Rondônia – 2%
  • Roraima – 3%
  • Santa Catarina – 2%
  • Sergipe – 2,5%
  • São Paulo – 4%
  • Tocantins – 2%

Por exemplo, supondo que seu carro custe R$ 20 mil e você more no Rio de Janeiro, Estado que cobra 4%:

  • 20.000 x 0.04 = 800.

Logo, seu IPVA será de R$ 800. Isso, é claro, se você optar por parcelar IPVA.

Estou negativado. Como limpar o nome?

Quando é o vencimento do IPVA?

A data de vencimento, assim como o valor, depende do seu veículo. Nesse caso, da placa e do tipo de automóvel que você tem.

Por isso, vamos um a um. Em primeiro lugar, veículos usados:

Final da Placa1ª parcela ou parcela única2ª parcela3ª parcela
1 e 218/0118/0218/03
3 e 419/0119/0219/03
5 e 620/0122/0222/03
7 e 821/0123/0223/03
9 e 022/0124/0224/03

Agora, em caso de veículos zero quilômetro, a não ser que você ganhe IPVA na compra, terá que pagar o imposto em até 30 dias após a emissão da Nota Fiscal.

Além disso, só IPVA acima de R$ 150 pode ser parcelado. Isso porque esse é o valor mínimo da parcela. Portanto, veículos que têm imposto menor de R$ 150 ou igual a isso devem ser pagos em parcela única.

Empréstimo habitacional: o que é e como funciona?

Tenho desconto se pagar à vista?

Em 2020, de acordo com o governo federal, pagamentos do IPVA à vista dão direito a 3% de desconto no valor do imposto.

Ou seja, usando mais uma vez o exemplo do carro de R$ 20 mil, com IPVA do Rio de Janeiro, se o dono não optar por parcelar IPVA, pagaria, à vista:

  • 800 – 0.03% = 776

Desse modo, economizaria R$ 24 e pagaria R$ 776 pelo IPVA de 2021.

No entanto, caso opte por pagar parcelado, pagaria três parcelas de R$ 266,66.

Consórcio: o que é e como fazer?

Quais veículos têm IPVA isento?

Cada Estado determina as regras de isenção dos veículos de acordo com suas próprias regras. No entanto, há alguns parâmetros para isso. Por exemplo, idade do veículo, se é táxi ou carro de profissionais médicos, se é de uma pessoa com deficiência, o veículo pode ter isenção.

Em primeiro lugar, falando da idade do veículo, são isentos a partir de:

  • 15 anos para Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins;
  • 18 anos para Mato Grosso;
  • 20 anos para Acre, Alagoas, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Além disso, médicos e taxistas não pagam IPVA em alguns Estados. E, por fim, o mesmo vale para PCD, pessoas com deficiência, que tenham alguma adaptação no veículo.

Empresa pode emprestar dinheiro para funcionário?

Mas dá para parcelar em mais do que três vezes?

Bem, começamos falando sobre o peso que o IPVA pode ter nas sua finanças e, portanto, terminamos falando sobre isso.

Muito embora pelo carnê oficial você só consiga dividir o IPVA em três parcelas, há apps e despachantes que oferecem o parcelamento em até 12 vezes.

Para isso, contudo, o IPVA deve estar vencido. Portanto, você não pode usar essa opção até o vencimento da primeira parcela do imposto.

Há, inclusive, despachantes que aceitam fazer o parcelamento no seu cartão de crédito.

Como essa opção de parcelar IPVA funciona como um tipo de empréstimo, em resumo, há juros sobre esse tipo de operação. No entanto, não é possível dizer quanto. Afinal, o valor depende de qual empresa você usará para fazer esse parcelamento.

Fui demitido (a), posso sacar o FGTS?

Enfim, ficou com alguma dúvida sobre parcelar IPVA? Então, comente!

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.