Confira como funciona a modalidade e como solicitar um empréstimo no cartão de crédito

O mercado financeiro oferece diversas modalidades de empréstimo. Por isso, é importante conhecer ao menos o básico das linhas de crédito para entender qual se encaixa melhor nas suas necessidades.

Dentre elas, temos o empréstimo no cartão de crédito. Nessa linha de empréstimo, a instituição financeira oferece um limite de crédito adicional ao cartão, isto é, diferente do limite comum do cartão de crédito.

Peça uma cotação grátis e receba ofertas de empréstimo de até 10 parceiros FinanZero!

Como funciona o empréstimo no cartão de crédito?

Nessa modalidade de empréstimo, o cliente precisa apenas ter um cartão de crédito em uma instituição financeira e solicitar o empréstimo. Isso mesmo que você não tenha conta corrente nesse banco. Isso porque as parcelas serão cobradas direto na fatura do cartão.

Por isso, em alguns casos, é possível solicitar um empréstimo no banco x (no qual você tenha o cartão de crédito) e receber na conta corrento do banco y. Mas isso não é uma regra, por isso, é importante conferir as condições da instituição financeira.

Além disso, é importante lembrar que o valor liberado para o empréstimo no cartão de crédito é diferente do limite disponível para compras.

Confira também – O que é empréstimo com nome sujo?

Como solicitar empréstimo no cartão de crédito?

Essa resposta depende de como funciona a instituição financeira escolhida. Isso porque alguns bancos disponibilizam para os clientes a opção de solicitar um crédito totalmente online.

Isto é, o cliente não precisar ir presencialmente até uma agência física, basta acessar o aplicativo ou site do banco.

Por isso, o processo pode variar entre os bancos. Mas, basicamente, o cliente precisa passar por alguns passos:

  1. Simular o empréstimo – o primeiro passo para quem deseja um crédito é fazer uma simulação no site ou aplicativo do banco;
  2. Análise de crédito – o segundo passo que todo cliente precisa passar é a análise de crédito, isso porque é nesse momento que o banco identifica o perfil financeiro (isto é, gastos e pagamentos) do cliente – nesse momento a instituição consegue definir se a pessoa terá condições de arcar com as parcelas;
  3. Assinar o contrato – nesse momento é importante que o cliente leia e cheque todas as informações do contrato antes de assinar;
  4. Dinheiro em conta – por fim, o dinheiro é liberado em conta corrente e o cliente tem determinado prazo para pagar o empréstimo – isso vai depender do acordo entre o cliente e o banco.

Além disso, é importante lembrar que o tempo para o dinheiro cair em conta pode variar. Por isso, o prazo normalmente é entre 24 e 48 horas úteis.

Como funciona o crédito pré-aprovado?

Em muitos casos, quando o cliente tem um cartão de crédito vinculado com uma conta corrente, a pessoa já tem um crédito pré-aprovado no banco. Por isso, ela pode liberar esse valor a qualquer momento, por telefone ou via site e aplicativo da instituição.

Nesse caso, para estipular o valor do empréstimo, o banco analisa o histórico de movimentação na conta da pessoa. Mas é importante lembrar que, normalmente, esse crédito já está com taxa de juros, parcelas e valor pré-definido.

Por isso, caso o cliente queira condições diferentes, é necessário negociar com o banco.

Leia também – Quais são os tipos de empréstimo para negativado?

Qual a taxa de juros do empréstimo no cartão de crédito?

Essa resposta depende de qual a instituição financeira escolhida. Isso porque os bancos têm liberdade para definir as condições do empréstimo.

Além disso, normalmente, os bancos não trabalham com valores tabelados. Por isso, para descobrir a taxa de juros para o seu empréstimo é necessário passar pelo processo de simulação.

Por que preciso passar por uma análise de crédito?

A análise de crédito é um passo importante da solicitação de empréstimo. Isso porque é nesse momento que o banco consegue entender qual o perfil de pagador do cliente, se ele consegue arcar com as parcelas e, por fim, qual será a taxa de juros oferecida.

Por isso, nesse momento, a instituição financeira analisa alguns pontos, como:

  • Score;
  • Histórico de dívidas – isto é, se a pessoa está com alguma restrição no nome;
  • Renda;
  • Profissão;
  • entre outros pontos.

Preciso fazer depósito adiantado?

Não. Nenhum banco vai cobrar depósito adiantado. Essa prática é considerada ilegal, de acordo com normas do Banco Central.

Por isso, caso alguém ofereça crédito, mas solicite o pagamento de taxas antes de o dinheiro estar em sua conta: fuja! Isso porque esse é um indício forte de golpe do empréstimo falso.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida empréstimo no cartão de crédito? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.