Os juros do cartão de crédito são cobrados quando você parcela a fatura; entenda como funciona

Você sabe o que acontece quando parcela sua fatura do cartão de crédito?

Em resumo, há a cobrança de juros. Ou seja, quando você não consegue pagar o valor total da sua conta e opta por dividir o valor, tem juros a mais no seu valor final total.

A partir daí, surgem as dúvidas: quanto pode ser cobrado de juros? Pagar a taxa de parcelamento é o mesmo que pagar rotativo? E, além disso, quando eles são cobrados?

Vamos às respostas.

Aposentado só pode pedir empréstimo consignado?

Qual o valor a se cobrar de juros do cartão de crédito?

Depende. Existe um valor percentual médio legal de quanto é legal cobrar de você – atualmente, a média é de 8% ao mês.

No entanto, cada banco tem a sua leitura desse percentual.

Isso implica que cada instituição pode aplicar os juros no valor que quiser, de acordo com essa leitura.

Ou seja, há banco que cobre 8%, outros que cobrem 4%, mas também os que cobram 12%, por exemplo.

Nesse sentido, é necessário entender na instituição à qual você é ligada qual é o valor médio aplicado.

Agora, uma questão importante: atualmente, os juros de parcelamento do cartão de crédito são mais baixos que o do rotativo, de acordo com o Banco Central.

Abaixo a gente explica a diferença, que começou com uma determinação feita em 2017.

Motoboy busca documentos em casa para empréstimo: é golpe?

O que é o rotativo do cartão?

O rotativo do cartão de crédito é uma forma de empréstimo pelo cartão de crédito. Antes da resolução do Banco Central de 2017, toda vez que você não conseguia pagar o cartão, entrava no rotativo.

Agora, no entanto, o banco deve parcelar a sua fatura, cobrando juros. É desses juros que estamos falando.

A intenção da nova lei foi evitar o endividamento. Afinal, a taxa média do rotativo do cartão era de 16%. Hoje, os juros médios são de 8%.

Contudo, algo para se ficar atento: não é porque os juros diminuíram que você deve ter a opção de parcelamento como recorrente. Ainda são juros e, portanto, ainda é um preço a mais que você paga por um serviço.

Logo, se você tem o dinheiro para pagar o valor total, pague a fatura na íntegra.

IPVA SP 2021: confira calendário de pagamento do imposto

Quando os juros são cobrados de mim?

Você só paga juros do cartão de crédito quando atrasa e parcela sua fatura. Enfim, se não conseguir pagar a fatura toda no mês vigente nem o saldo que restou no mês seguinte, o banco irá parcelar o que sobrou. Aí você paga juros.

Importante: não confunda os juros de parcelamento da fatura com os juros de parcelamento das compras. São questões diferentes: o primeiro é feito pelo banco quando você não paga a fatura na íntegra. O segundo é uma prática das lojas, ao fazer a compra.

Em geral, os juros de dividir as compras é mais barato. Portanto, se você não tiver grana o suficiente para o total, prefira parcelar a compra e não a fatura!

Isenção de IPTU: descubra quem tem direito

Eu posso escolher o valor dos juros?

Não. O juro é calculado pelo banco sem te consultar. O que você pode fazer é escolher a quantidade de parcelas que irá pagar. De forma simples, isso implica no valor final dos juros que você pagará, mas vale ter uma parcela que você saiba que conseguirá arcar.

Do mesmo modo, você não pode desvincular o valor da parcela da fatura do valor da fatura vigente. Ou seja, essa parcela será cobrada junto às faturas normais.

Esse é outro ponto a ter em mente: não é porque você dividiu uma fatura que as outras ficarão mais baratas. Ao contrário, ficarão mais altas, já que você vai pagar o atrasado mais o atual.

Empréstimo com fiador existe? Como funciona?

Vale pagar juros do cartão de crédito ou pegar empréstimo?

Entre pagar juros do cartão de crédito e pegar um empréstimo, a melhor resposta depende do seu perfil. Por isso, o indicado é que você simule ambos os cenários.

Para isso, entenda quanto pagará de juros no seu cartão de crédito e quanto será cobrado de juros no seu empréstimo.

Uma questão a avaliar é o prazo de pagamento. Em geral, empréstimos têm mais tempo para quitar que o juros do cartão de crédito.

No entanto, simular segue sendo a melhor estratégia. Por isso, simule seu empréstimo aqui:

Ficou com mais dúvidas?

Por fim, ficou com mais dúvidas sobre a cobrança de juros do cartão de crédito? Então, comente.

Estamos sempre à disposição para tudo o que você precisar 😉

Siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.