Responsável pela avaliação de retorno financeiro, a análise de crédito contempla todos os riscos de inadimplência do cliente

Atualmente, é cada vez mais comum que as pessoas utilizem suas redes sociais para expressar satisfação ou frustração com determinado produto ou serviço. No mercado financeiro, por exemplo, é comum que os clientes questionem as instituições financeiras quando não conseguem aprovação para empréstimo ou cartão de crédito.

instagram fnz

O caso apresentado é um exemplo da própria FinanZero, e conforme respondido, nossa empresa não é responsável pelo processo de análise de crédito. Isto é, a FinanZero é um correspondente bancário e não possui autonomia para aplicar os critérios necessários na análise de crédito.

Os responsáveis por essa aprovação são os próprios bancos ou instituições financeiras. Por isso, esse post reúne as principais informações sobre essa política que impacta diretamente nas transações bancárias de tantos brasileiros.

Como solicitar o empréstimo pessoal online com a FinanZero?

O que é análise de crédito?

A análise de crédito é um procedimento que as instituições financeiras precisam aplicar, para ter certeza que o valor restituído ao cliente será devolvido futuramente. Na prática, esse processo garante segurança aos banqueiros prevendo que o consumidor será um bom pagador.

Nesse sentido, a política da análise de crédito é aplicada em quase todas as operações financeiras que o cliente faça solicitação. Sendo elas:

  • Obtenção de cartão de crédito;
  • Pedido de empréstimo;
  • Financiamento de algum bem;
  • Limite de cheque especial;
  • Abertura de conta no banco.

Em geral, grande parte das transações bancárias são 100% dependentes da análise de crédito. Isso porque, é somente após essa análise que as instituições financeiras decidem se os serviços solicitados, serão fornecidos ou não aos consumidores.

Como resgatar milhas no cartão de crédito?

Como a análise de crédito é feita?

Para que a aplicação da análise de crédito seja feita corretamente, uma política é estabelecida por parte das instituições financeiras. Os critérios estipulados variam de acordo com cada banco, mas abaixo podemos destacar algumas informações que são levadas em consideração para que a análise seja feita:

Histórico de pagamento

Um critério fundamental e necessário por parte dos bancos, é a verificação do histórico de pagamento. Por meio dessa análise, é possível identificar os riscos de inadimplência do cliente e se o pagamento das dívidas foi feito com atraso nos últimos meses.

A partir dessas informações, as financeiras detectam a possibilidade do cliente devolver o valor em dia e se há algum risco do pagamento não ser feito. Por isso, o histórico de pagamento é usado como uma métrica para entender o desempenho de pagamento do cliente em dívidas anteriores.

Vínculos profissionais

Os vínculos empregatícios também são muito importantes para que a análise de crédito seja feita de forma assertiva. É fundamental que os bancos possam compreender qual o tipo de emprego formal que um profissional tem com uma determinada empresa.

Assim sendo, as instituições financeiras conseguem entender qual é a ocupação do cliente, há quanto tempo ele trabalha na empresa e quais são as datas de pagamento do seu salário. Desse modo, a política de crédito é baseada nas pautas de atividades profissionais do solicitante.

Comprometimento da renda

Segundo a Lei nº 8.692, o percentual máximo de comprometimento da renda do consumidor é de 30%. Logo, transações bancárias como empréstimos, financiamentos, cartões de crédito e entre outros não podem ultrapassar o limite máximo estabelecido.

Só para exemplificar, utilizaremos a situação de um cliente que possui o financiamento de um imóvel que compromete 30% da sua renda. Por mais que as parcelas do financiamento sejam feitas em dia, isto é, o histórico de pagamento seja positivo, existe a possibilidade do consumidor não ter um limite de empréstimo aprovado ao solicitar.

Nesse caso, o banco entende que apesar de ter um comprometimento confiável com suas dívidas, a renda do cliente já está comprometida pagando o financiamento.

Compatibilidade das informações

Outro ponto crucial e que muitas vezes passa despercebido pelos clientes, é o fato de todas as informações serem compatíveis quando alguma solicitação for feita. Na FinanZero, por exemplo, o cliente precisa preencher um cadastro com suas informações e se for o caso, em seguida, uma oferta é concedida.

Depois de aceitar uma oferta pré-aprovada, será necessário enviar foto dos documentos para validar as informações que foram inseridas no cadastro. Caso ocorra qualquer divergência como um número do CPF errado ou a troca de endereço, existem possibilidades da oferta ser cancelada pois as informações que foram fornecidas no cadastro não são compatíveis com as fotos das documentações.

Por isso, é imprescindível que ao realizar qualquer solicitação, o cliente sempre faça uma revisão dos seus dados. É preciso se atentar ao que está sendo informado, pois um documento inserido incorretamente pode culminar no cancelamento total da operação.

Como consigo regularizar o meu CPF?

A importância do score na análise de crédito

Para que os bancos e instituições financeiras possam fazer a análise de crédito, o score é um dado importante que também é considerado. Em resumo, score de crédito é uma pontuação que determina os hábitos de pagamento dos indivíduos no mercado de crédito.

Atualmente, existem dois principais órgãos de proteção de crédito: o Serasa e o Boa Vista. Através das duas plataformas é possível fazer consultas no CPF e na pontuação Score que varia de 0 a 1.000. Quanto maior for a pontuação, melhor o perfil do cliente.

Em suma, o score impacta na negociação de serviços do consumidor, e é através dos órgãos de proteção de crédito que verifica-se os detalhes e motivos que aumentam ou diminuem a pontuação do cliente. Portanto, para que o cliente obtenha condições de crédito vantajosas quando desejar, é imprescindível que a pontuação esteja alta.

Consórcio como investimento: vale a pena?

Por fim, ficou com dúvidas sobre a regularização a análise de crédito? Se sim, deixe aqui nos comentários que a FinanZero te ajuda.

Ademais, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.