Refinanciamento de veículo: perda do bem, quantia de vezes possíveis, pedido negado, parcelas atrasadas e quitadas e documentos solicitados

Segundo dados do BizCapital no primeiro trimestre de 2021 houve um aumento de 16% nos pedidos de empréstimo quando comparado com a ano anterior, de 2020. O aumento visto se dá, principalmente, pela crise econômica vivida pelo Brasil por consequência da pandemia do Covid-19. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a taxa de desemprego no ano de 2021 chegou a 14,4%.

Com isso, as dúvidas em relação as modalidades de crédito crescem entre a população brasileira. Abaixo estão as principais questões sobre refinanciamento de veículo, modalidade que usa um bem móvel como garantia do empréstimo solicitado. São muitas dúvidas que serão sanadas em relação a modalidade, principalmente relacionadas ao pagamento do veículo que será usado como garantia.

Como economizar na conta de água?

Posso perder meu veículo se eu atrasar o refinanciamento de veículo?

No refinanciamento, um bem é utilizando como garantia do empréstimo e isso significa que o imóvel ou veículo do solicitante poderão ser usados como forma de pagamento em casos de inadimplência. Dessa forma, se as parcelas do empréstimo não forem pagas no tempo contratado o banco pode tomar posse do veículo ou imóvel do não pagador.

Contudo, antes que o bem seja tomado o devedor pode tentar a negociação da sua dívida para que o atraso seja corrigido e o veículo ou imóvel não seja perdido. Por isso, é importante fazer acordos para que as parcelas possam ser pagas no tempo estipulado e assim que as instituições financeiras não precisem utilizar outras formas de pagamento.

Quantas vezes posso refinanciar um veículo?

Não existe um número máximo de vezes em que o veículo possa ser refinanciado, então o indivíduo que desejar pode usar o seu carro como garantia de empréstimo. Porém, a modalidade de empréstimo só pode ser feita em um veículo por vez, não sendo então permitido que um novo crédito seja feito sem o pagamento total do anterior.

É importante buscar em várias instituições financeiras as melhores condições para o refinanciamento de veículo. Por isso, o indivíduo pode contar com a ajuda da FinanZero que busca as melhores opções de forma 100% online. Para fazer uma simulação de empréstimo e verificar as possibilidades basta seguir o passo a passo:

  1. Entre no site da FinanZero;
  2. Escolha o valor que deseja emprestado no simulador encontrado ao abrir o site, o valor pode ser escolhido ao movimentar a linha ou nos botões de (-) para diminuir ou no (+) para aumentar o valor;
  3. Após a escolha do valor clique em “Avançar”;
  4. Informe os dados pessoais que serão solicitados e aguarde as propostas serem enviadas;

Após seguir os passos as propostas com as condições serão enviadas e com isso a analise do refinanciamento de veículo e de outras modalidades de crédito poderão ser feitas.

Autônomos podem fazer refinanciamento de veículos?

Por que meu pedido de refinanciamento de veículo não foi aprovado?

São feitas várias análises antes que o empréstimo seja aprovado, já que além da decisão sobre a liberação ou não do crédito, o banco precisa decidir outras questões, como:

  • Taxas de juros;
  • Tempo para quitar a dívida;
  • Valor que será emprestado;

Por isso, as instituições financeiras estudam algumas questões relacionadas ao histórico financeiro do cliente e com isso o refinanciamento de veículo, ou algum outro pedido de crédito, pode não ser aprovado. Normalmente, são fatores em conjunto que fazem com que o pedido não seja aceito e por isso é válido verificar quais as condições e pré-requisitos da instituição que oferece a modalidade desejada.

Além disso, o cidadão deve buscar em outras instituições o pedido de refinanciamento, ou de outra modalidade. Isso porque, ao pesquisar em demais instituições o cidadão consegue encontrar diferentes condições e assim pode escolher a que apresenta melhores condições e que, principalmente, aceite liberar o crédito para o cidadão.

O veículo precisa estar quitado para refinanciar?

O veículo quando está 100% quitado, ou seja, tem todas as suas parcelas já pagas, possui mais facilidade de ser aceito em um refinanciamento de veículo. Contudo, os veículos que ainda não estão quitados também podem ser aceitos e a decisão fica a critério de cada instituição que oferece a modalidade.

Em geral, as instituições podem aceitar que veículos ainda não quitados sejam usados como garantia de empréstimo, sendo solicitado que esteja até 50% quitado. Porém, essa questão pode ser revista dependendo do banco e da análise que será feita sobre o cliente antes da liberação do crédito.

Como funciona o refinanciamento de veículos financiados?

Quais documentos preciso para fazer o refinanciamento de veículos?

Alguns documentos podem ser solicitados para que o refinanciamento de veículo seja feito, são eles:

  • Apresentação da conta bancária (onde será depositado o valor do empréstimo);
  • Cópia do comprovante de renda fixa (holerite, extrato bancário, imposto de renda ou pró-labore);
  • Comprovante de residência (no nome do titular do pedido);
  • Registro Geral (RG) e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Foto com documento de identidade;
  • Cópia do Certificado de Registro do Veículo (CRV);
  • Certificado de Registro e Licenciamento de carros (CRLV);
  • Documento Único de Transferência (DUT) do veículo;

Vale mencionar que cada instituições financeiras podem solicitar diferentes documentos e por isso é preciso verificar quais são necessários para o banco escolhido.

Tem como refinanciar um veículo com parcelas atrasadas?

Cada instituição financeira define suas condições e pré-requisitos para que o crédito solicitado seja disponibilizado, então, para veículos com parcelas atrasadas cabe a instituição avaliar se o refinanciamento será liberado ou não. Além da situação do carro, pode ser realizada uma análise de crédito e a verificação da pontuação de score do solicitante.

Em geral, as instituições financeiras exigem que o carro usado como refinanciado esteja 50% quitado e no nome do solicitante do empréstimo. Com isso, é preciso verificar como cada banco lida com a situação e verificar quais são as possíveis condições para o crédito em questão.

O que é PIX em processamento?

E então, restou mais alguma dúvida sobre quitação do veículo no momento do refinanciamento? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.