Refinanciamento de veículo: onde fazer, como funciona com veículos financiados, a vistoria, alteração de documentos e documentos obrigatórios

O refinanciamento de veículos é conhecido como empréstimo com garantia de veículos e isso porque a modalidade de crédito conta com o bem móvel do solicitante como garantia. Dessa forma, o carro, moto ou caminhão do cidadão que deseja um empréstimo pode ser usado nessa modalidade. O refinanciamento de veículo possui taxas de juros mais em conta e por isso é uma boa opção para quem possui um automóvel.

Levando em consideração o aumento dos pedidos de empréstimo devido a alta taxa de desemprego, em 14,4% segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE), abaixo estão as principais questões sobre o assunto. Serão abordados temas como refinanciamento de veículos financiados, as etapas do processo e a documentação necessária.

Quais imóveis podem ser refinanciados?

Onde eu posso refinanciar meu veículo?

O refinanciamento de veículo é um maneira de conseguir empréstimo com melhores condições e o primeiro passo para que o cidadão solicite um, é verificar se a instituição que ele escolheu oferece essa modalidade de crédito. São muitas as instituições que podem ter o produto como opção, porém cada uma possui condições e exigências diferentes para que o empréstimo seja liberado.

Por isso, além de conferir se o crédito é oferecido, o cidadão também precisa analisar o que está sendo ofertado e quais são suas opções. Sendo assim, o indicado é que o solicitante verifique em vários bancos para que a escolha seja da opção mais vantajosa para ele.

Ao realizar a simulação no site da FinanZero, o cidadão tem acesso a ofertas pré-aprovadas do refinanciamento de veículo e de outras opções de crédito, assim ele consegue analisar as opções e escolher a que melhor se encaixa em sua realidade. Para ter acesso as opções, basta seguir o passo a passo:

  1. Entre no site da FinanZero;
  2. Escolha o valor que deseja emprestado no simulador encontrado ao abrir o site, o valor pode ser escolhido ao movimentar a linha ou nos botões de (-) para diminuir ou no (+) para aumentar o valor;
  3. Após a escolha do valor clique em “Avançar”;
  4. Informe os dados pessoais que serão solicitados e aguarde as propostas serem enviadas;

Como funciona o refinanciamento de veículos financiados?

Como comentado, cada instituição que oferece a modalidade possui suas exigências e condições, a situação do veículo é uma questão que deve ser analisada pelos bancos. Em geral, duas condições são solicitadas:

  • O veículo precisa estar 50% quitado;
  • E no nome do solicitante;

Portanto, é necessário que o solicitante verifique as suas condições e as que são impostas a ele para seguir o processo de empréstimo. Veículos financiados podem ser aceitos, mesmo que ainda não tenham sido totalmente quitados, mas, o processo de análise para liberação do crédito depende de um conjunto de questões que são analisadas. Por isso, é válido conferir nas instituições o que cada uma tem a oferecer.

Além disso, o processo para o refinanciamento de um veículo financiado é diferente e conta com condições impostas de acordo com cada bando, sendo então apresentadas ao iniciar o processo de solicitação.

O que significa empréstimo não averbado?

Por que preciso pagar para fazer uma vistoria no meu veículo para fazer um refinanciamento de veículo?

A vistoria no veículo que será usado no refinanciamento de veículo precisa ser feita pois a instituição financeira precisa se certificar de que o carro do cidadão está apto para ser usado como forma de pagamento do empréstimo feito. Por isso, a vistoria é obrigatória e ela analisa as seguintes questões:

  • Propriedade;
  • Documentação;
  • Condições de uso;

Todas as informações verificadas na vistoria veicular são relevantes para o refinanciamento de veículo e por isso é solicitada pelos bancos. Como qualquer outro serviço que se é prestado, a vistoria precisa ser paga ao ser realizada. Em geral, elas são feitas pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) e as empresas autorizadas por ele que são chamadas de Empresas Credenciadas de Vistoria (ECV).

Por que preciso pagar para fazer alteração dos documentos do meu veículo para fazer um refinanciamento de veículo?

Alterações nos documentos de veículos são solicitados pois é preciso que as informações contidas nas documentações estejam atualizadas para realizar o empréstimo. Sendo assim, a condição de dados atualizados é obrigatória na grande parte da instituições financeiras. Além disso, esse tipo de dado garante a seguridade do empréstimo para o solicitante e para os bancos. Assim como a vistoria veicular, a alteração de documentos do veículo é um serviço que possui um custo e por isso, uma taxa é cobrada para a realização dele.

Posso vender um veículo que está refinanciado?

Por que o Imposto de Renda é um documento obrigatório no refinanciamento de veículo?

O imposto de renda é solicitado no refinanciamento de veículo pois é utilizado como forma de comprovar a renda que o cidadão possui. Essa comprovação é importante para que a análise de crédito possa ser feita, já que é uma forma utilizada pelos bancos para obter conhecimentos sobre o cidadão que está solicitando o refinanciamento de veículo.

Além disso, ao possuir um veículo no nome do cidadão ele é obrigado a declarar o imposto de renda, ação que confirma a sua posse. Por essas razões citadas, algumas instituições pedem o imposto de renda como documento obrigatório no momento de refinanciar um veículo. O pedido também pode depender da renda que o cidadão possui, quanto mais alta maior de chance do documento ser solicitado.

Quais documentos preciso para contratar um refinanciamento de veículo?

Cada instituição possui suas exigências e por isso podem solicitar diferentes documentos, mas, em geral os principais documentos solicitados são:

  • Apresentação da conta bancária (onde será depositado o valor do empréstimo);
  • Cópia do comprovante de renda fixa (holerite, extrato bancário, imposto de renda ou pró-labore);
  • Comprovante de residência (no nome do titular do pedido);
  • Registro Geral (RG) e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Foto com documento de identidade;
  • Cópia do Certificado de Registro do Veículo (CRV);
  • Certificado de Registro e Licenciamento de carros (CRLV);
  • Documento Único de Transferência (DUT) do veículo;

Não consegui empréstimo para negativado. E agora?

E então, restou mais alguma dúvida a documentação necessária para o refinanciamento de veículo? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.