Durante a crise em decorrência da pandemia, o CNPS colocou em pauta medidas no empréstimo consignado do ano de 2020

Isso para ajudar os aposentados e pensionista do INSS a conseguirem crédito com taxas mais baixas. Outras medidas destinadas para facilitar o acesso e a obtenção do crédito consignado foram discutidas e aprovadas que ainda assim ajudam na manutenção das taxas dessa modalidade de crédito.

Aumento da margem consignável: o que é isso?

Apesar de muito tempo esperando a aprovação da margem consignável de 40%, o prazo para que ela seja usada será pequeno. O acréscimo de 5% na margem pode ser utilizado até o dia 31 de dezembro de 2020.

O prazo poderá ou não ser prorrogado, mas não existe nada previsto ainda e nem foi divulgado pelo Banco Central.

Só que, porém, este percentual é voltado apenas para empréstimos consignados.

Já para cartão de crédito consignado o percentual permanece de 5% pois não houve alterações.

Os aposentados ou pensionistas do INSS que desejam usar a nova margem de 40% tem apenas mais até final desse mês. Em janeiro de 2021, a margem consignável volta a ser de 30% para novos empréstimos consignados.

Redução da taxas de juros do consignado

A redução da taxa de juros do empréstimo consignado para 1,80% ao mês, como a taxa de juros do cartão de crédito consignado para 2,70%, permanecem.

Ampliação do prazo de pagamento

A ampliação do prazo para pagamento de 72 meses para 84 meses continua vigente até o próximo ano.

Ampliação do limite do cartão consignado

O aumento do limite de 1,40 do valor da renda mensal para 1,60, continua. O seu limite funciona da seguinte forma – calculado com base na aposentadoria ou pensão.

Para que você saiba quanto será o seu limite do cartão de crédito consignado, é necessário apenas multiplicar o valor do benefício por 1,6.

Exemplo:

Se você recebe um benefício de R$ 1.045,00 (um salário mínimo), agora tem como limite de crédito o equivalente a R$ 1.672,00.

Esse cálculo é feito para saber valor máximo de crédito disponível caso seja feita a adesão ao cartão de crédito nas condições de aposentado e pensionista do INSS.

  • Confira uma simulação de empréstimo consignado!
  • Dados recentes indicam que a taxa média de juros cobrada nessa modalidade de crédito é de 2,6% ao mês.

Consórcio: o que é e como fazer?

Considerando, por exemplo:

  • um pedido de empréstimo no valor de R$ 4.000;
  • com taxa de juros de 2,5% ao mês; e
  • prazo de 24 meses para pagar.

O valor de cada parcela seria de:

  • R$ 223,65;
  • totalizando R$ 5.367,63 ao término do contrato.

Sendo assim, para alguém que recebe R$ 1.500 por mês, o custo de cada parcela não pode passar de R$ 450.

Empréstimo habitacional: o que é e como funciona?

Empréstimo pessoal, refinanciamento ou crédito consignado?

A escolha do melhor tipo de empréstimo vai depender de questões como

  • o seu perfil;
  • o valor do crédito; e
  • o prazo para pagamento.

Quem tem veículo ou imóvel quitado no próprio nome, o refinanciamento desses bens pode garantir valores mais altos, por taxas de juros e menores e com muito mais prazo para pagar.

No entanto, empréstimo consignado e pessoal têm tempos menores de liberação do dinheiro.

Portanto, pesquise a melhor opção para você. Faça agora uma simulação na FinanZero!

Enfim, ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Já sabe, né? Qualquer pergunta, comente!

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.