Nesse ano, votaremos para prefeito e vereadores. Confira datas importantes do calendário das eleições para evitar pendências eleitorais:

2020 é ano de Eleições municipais! Nesta edição, votaremos na chapa de prefeitos e vice-prefeitos e também para vereadores.

Todos nós, brasileiros entre 18 e 70 anos devemos comparecer às urnas para escolher esses representantes.

Você já sabe como será a votação deste ano? E, mais importante, quando será? Confira:

Leia mais: O que faz um prefeito?

Quando será o primeiro turno das Eleições 2020?

Para abrir o calendário das eleições, o primeiro turno acontecerá em 15 de novembro, um domingo.

Por conta da pandemia de coronavírus, o horário de votação foi ampliado, de modo a evitar aglomerações. Os eleitores poderão comparecer às urnas de 7h às 17h.

Vale destacar que o horário entre 7h e 10h é preferencial para pessoas acima de 60 anos.

Veja também: Homens pretos são maioria dos candidatos das Eleições 2020

Seguindo o calendário das eleições, quando acontece o segundo turno?

Cidades com mais de 200 mil habitantes podem ter segundo turno caso, no primeiro, nenhum candidato marque mais do que 50% dos votos válidos.

Enfim, deverão comparecer novamente às urnas. Seguindo o calendário das eleições, a data para o segundo turno, então, é 29 de novembro.

Também poderemos votar em horário ampliado, respeitando medidas de segurança para evitar aglomerações. Assim, as seções estarão abertas das 7h às 17h.

E, igualmente, o horário entre 7h e 10h é preferencial para idosos com mais de 60 anos.

Entenda: Cresce número de mulheres nas eleições, mas como vice

Como será a votação em 2020, por conta do corona?

Haverá uma ordem específica de fato para limpeza das mãos e dos documentos. Em resumo:

  • Primeiro, o eleitor apresenta o título na mesa da seção;
  • Em segundo lugar, o mesário encontra o nome do eleitor no caderno de votação;
  • Posteriormente, o presidente da seção lê nome e número do título em voz alta;
  • Em seguida, o eleitor guarda o documento e limpa as mãos;
  • No próximo passo, o eleitor assina o livro, com caneta própria, e recebe o comprovante;
  • Depois disso, o eleitor vota na cabine eletrônica;
  • Por fim, o eleitor limpa as mãos e está liberado.

Ou seja, o eleitor deve levar a ambas as datas do calendário das Eleições 2020:

  • Máscara de proteção;
  • Caneta;
  • Título de eleitor;
  • Documento com foto;
  • Preferencialmente, álcool em gel

Confira mais sobre o passo a passo das Eleições 2020 aqui.

E se eu não puder votar numa dessas datas do calendário das eleições?

Entretanto, se eleitor que não puder votar em nenhum dos dias determinados no calendário das eleições, deve justificar sua ausência.

De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), você tem até 60 dias para apresentar a justificativa em qualquer cartório eleitoral.

No entanto, o ideal é que o formulário seja preenchido e entregue no próprio dia da votação, nos postos de justificativa.

Se você não se justificar dentro dos 60 dias, terá que pagar multa.

E, se não votar em três eleições consecutivas, não justificar e não quitar a multa, terá seu título cancelado.

Neste sentido, vale sinalizar que, para o cancelamento, cada turno é considerado uma eleição.

Simule o empréstimo ideal para você!

E você, quer saber mais sobre as Eleições 2020? Comente suas dúvidas!

Siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.