FinanzeroBlogBenefícios do Governo

Seguro-desemprego: como ficam as parcelas extras?

Seguro-desemprego: como ficam as parcelas extras?

Compartilhe esse post:WhatsappFacebookLinkedInTwitter

Sinto muito, seu dispositivo não suporta leitura de texto

Trabalhadores demitidos nesse período podem, afinal, ter direito a mais parcelas do seguro-desemprego

O segundo trimestre de 2020 marcou um recorde de desemprego. Foi o maior desde que o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) começou essa série, em 2012.

Ao todo, 8,8 milhões de brasileiros ficaram desempregados neste trimestre.

Comparado ao mesmo período de 2019, houve queda de 10,7%. Além disso, chegamos à maior taxa de desemprego em três anos: 13,3%. Em números gerais, são 12,8 milhões de pessoas.

Confira: Taxa de desemprego na pandemia continua subindo. E agora?

O que é seguro-desemprego?

O seguro-desemprego é um benefício garantido aos trabalhadores demitidos sem justa causa, com a finalidade de oferecer um auxílio financeiro.

Esse auxílio é calculado de acordo com a média dos três salários anteriores à dispensa.

Veja também – Fies reabre inscrições para vagas remanescentes

Como solicitar

De acordo com o Ministério da Economia (ME), o trabalhador deve fazer o requerimento em postos credenciados, pelo portal Gov.br ou no app da Carteira de Trabalho Digital para iOS e Android.

Em seguida, com o pedido aprovado, o funcionário pode receber de três a cinco parcelas. Isso varia de acordo com o tempo de trabalho e vezes em que usou o benefício.

Trabalhadores formais:

  • Três parcelas – mínimo de seis meses de trabalho
  • Quatro parcelas – mínimo de 12 meses
  • Cinco parcelas – a partir de 24 meses de trabalho

Confira: Todo mundo tem direito ao seguro-desemprego?

Quem mais tem direito ao seguro-desemprego?

Bem como o trabalhador formal, também tem direito ao auxílio:

  • Trabalhador resgatado de condições de escravidão;
  • Funcionário doméstico dispensado sem justa causa;
  • Pescador profissional, em virtude do período de reprodução dos animais.

Quer saber mais: Quando acaba o segurodesemprego? Veja as principais dúvidas

Parcelas extras

Os sindicatos fazem proposta, desde julho, ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que debate o assunto.

A proposta foi feita com o propósito de que o governo libere mais duas parcelas aos trabalhadores desempregados em função da pandemia.

Sendo assim, se o ME liberar essas parcelas, elas valeriam para pessoas que perdessem o emprego entre 20 de março e 31 de dezembro de 2020.

Representantes do ME, por outro lado, mostram resistência. O medo é de que esses pagamentos cheguem a 2021 e ultrapassem o teto do ano.

Entretanto, é possível que cheguem a um meio termo, concentrando pagamentos até o final de 2020. Desse modo, não pesaria sobre os gastos do próximo ano.

Leia também: Como receber o seguro-desemprego em qualquer conta?

Quer saber mais sobre o auxílio? Então continue com a gente e pergunte nos comentários.

Para mais informações e novidades, acompanhe a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Como a mudança no ISS deve impactar a população?

ISS: O que é?ISS: novo incentivo fiscal E, os municípios pequenos? Quais […]

Ler artigo completo

respostas para “Seguro-desemprego: como ficam as parcelas extras?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Navegue por:

    Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
    PáginasEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresasStoriesÍndice de EmpréstimoConsórcioSitemapIti – Empréstimo Pessoal OnlineClick Cash – Empréstimo Pessoal OnlineCartão de Crédito OnlineDigio – Cartão de Crédito OnlinePolítica de Privacidade FinanZeroVirtusPay – Boleto Parcelado Onlinebxblue – Empréstimo Pessoal OnlineAgente Imóvel – Refinanciamento Imobiliário OnlinePiki – Empréstimo Pessoal para Negativado OnlineProvu – Empréstimo Pessoal OnlineBoa Vista: Empréstimo Pessoal Online e ScoreCetelem – Crédito Consignado OnlineSuperSim – Empréstimo Pessoal OnlineSofisa Bank – Refinanciamento de Imóvel OnlineBanco Alfa – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo Sim – Crédito Pessoal OnlineCredjet – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Bari – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo Consignado INSS para aposentado e pensionistaParceirosCreditas – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo para Autônomo Negativado OnlineSimulação de empréstimoEmpréstimo com Garantia OnlineSimule seu empréstimo – ConversãoEmpréstimo ConsignadoNexoos – Empréstimo Para Empresa OnlineCashMe – Refinanciamento de Imóvel OnlineCrediHome – Refinanciamento de Imóvel OnlineTipos de EmpréstimoOmni Financeira – Refinanciamento de Veículo OnlineMoneyman – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Pan – Crédito Consignado OnlineNew HomeLivre Digital – Empréstimo Pessoal OnlineBizCapital – Empréstimo e Capital de Giro Para Empresa
    Solicite seu empréstimo