Caixa vai lançar nova linha de financiamento imobiliário com juros mais baixos de acordo com a Taxa Selic

A Caixa Econômica Federal, banco estatal, prevê lançar em breve uma linha de financiamento imobiliário. O modelo segue exemplos da concorrência, como:

  • Itaú ;
  • Banco Inter , por exemplo.

Dessa forma, a principal vantagem dessa modalidade para quem recebe o empréstimo é que juros são menores em relação ao empréstimos tradicionais, como é o caso do crédito pessoal cedido pela Caixa.

Como vai funcionar o novo financiamento imobiliário da Caixa?

O principal riscos desse novo modelo de financiamento da Caixa vem do comportamento da taxa de juros básicos da economia, a Selic.

Isso porque, já que está em 2% ao ano, caso a Selic volte a subir, o mesmo acontecerá com os juros do financiamento.

O rendimento da poupança hoje corresponde a 70% da Selic. Se essa taxa chegar a 8,5%, a poupança passa a render 6,17% ao ano.

Quando é o lançamento do produto?

O lançamento do novo produto pela Caixa , que já oferece três linhas de financiamento habitacional , foi anunciado pelo presidente da instituição, Pedro Guimarães, ao participar de um evento da Associação Brasileira de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) sobre o desempenho do crédito imobiliário, na última quinta-feira, dia 5. Veja abaixo o pronunciamento do mesmo:

“Estamos discutindo um quarto produto agora, devemos lançar em breve e esse produto veio com a competição. Isso é muito bom, isso gera eficiência”, disse Guimarães, sem dar detalhes da nova linha, a qual pode ainda ter prévias alterações.

Veja também – Posso negociar aluguel por causa da pandemia?

Outras linhas de financiamento

Em agosto do ano passado, em 2019, a Caixa saiu na frente da concorrência e lançou uma linha atrelada à inflação oficial. Essa modalidade é medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), com juros entre 2,95% e 4,95% ao ano, mais o índice de preços.

Sendo assim em fevereiro deste ano, foi a vez do financiamento com taxa fixa (sem correção), entre 8% e 9,75% ao ano.

  • Há ainda a linha tradicional, indexada à Taxa Referencial (TR), atualmente zerada, com juros entre 6,5% e 8,5% ao ano.

De acordo com dados divulgados semestralmente pelo banco a linha corrigida pela inflação já corresponde a um terço das operações de crédito imobiliário do banco. O banco não faz só financiamentos institucionais do governo (Minha Casa Minha Vida).

A previsão inicial é que em janeiro de 2021 a Caixa venderá ao mercado uma fatia dos contratos, o equivalente a R$ 1 bilhão para incrementar a fonte de recursos para financiamentos, a chamada securitização.
Apesar do risco de alta na inflação , o presidente da Caixa destacou que o cliente tem mais possibilidades de escolha.

Qual a diferença entre financiamento e empréstimo?

A principal diferença entre financiamento e empréstimo diz respeito à finalidade do dinheiro recebido. Ao solicitar um financiamento, você precisa declarar à instituição financeira de quem receberá o dinheiro com qual produto ele será gasto.

Já no caso das linhas de crédito, o cliente consegue utilizar o dinheiro para o que bem entender, como com a quitação de dívidas, viagens, educação, reforma de casa, e etc.

Devo comprar ou alugar um imóvel? FinanZero responde

Outras formas de comprar um imóvel

Quem não conseguiu um financiamento da Caixa e não deseja esperar o novo modelo sair do forno para tentar comprar a própria casa tem outras opções.

Para quais são todas as formas possíveis de comprar uma casa por meio de um financiamento ou de um empréstimo é só clicar aqui e acompanhar o conteúdo que preparamos para você!

Empréstimo para comprar um imóvel

A maioria dos bancos e financeiras certamente trabalham com o prazo de até 35 anos corridos para o pagamento do empréstimo. Além disso, oferecem outras facilidades, como:

  • possibilidade de usar o FGTS no financiamento
  • empréstimo consignado para compra de imóvel,
  • pagamento das parcelas é descontado diretamente na folha de pagamento ou na aposentadoria.

Pode até parecer simples. Contudo, algumas variáveis, como:

  • análise de crédito do solicitante, vão determinar se o empréstimo será concedido e em quais condições o mesmo irá para a sua conta.

E, ainda assim, o valor a ser financiado dependerá da sua renda e do tipo do imóvel, entre outros fatores.

Com isso, para pedir um empréstimo para comprar uma casa uma das variáveis mais importantes é a taxa de juros pelo crédito. Essa percentagem varia de banco para banco e, por isso, é tão importante pesquisar as melhores condições.

Para isso a FinanZero pode te ajudar!

Pois, somos um buscador de crédito que capta os seus dados e com um único cadastro pode oferecer até 10 ofertas dentre os mais de 40 parceiros veiculados ao nosso sistema. Não perca tempo! Faça já uma simulação.

Além disso, ficou com mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe aqui pra gente, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.