Com novo valor do salário mínimo, também teremos reajuste do PIS/PASEP

Se você tem saque do PIS/PASEP de 2020/2021 previsto para a partir de janeiro de 2021 já receberá valor com reajustes. Isso acontece porque o governo federal começou a falar sobre o reajuste do salário mínimo.

Semana passada o governo começou conversas sobre, a princípio, o salário mínimo passa de R$ 1.045 para R$ 1.088, sendo assim o abono também aumentaria de valor.

Isso acontece porque para pagar o abono, o governo leva em conta o valor do salário mínimo em vigor.

Leia: Como manter MEI em dia

Quanto recebo de PIS/PASEP?

O cálculo do PIS/PASEP acontece com base no tempo trabalhado no ano correspondente. Se você trabalhou o ano inteiro recebe o valor completo, entretanto se trabalhou um mês, recebe o equivalente.

O abono é o pagamento de até um salário mínimo. Então se você trabalhar, por exemplo, 4 meses receberá 4/12 de um salário mínimo, sendo esse o que estiver vigente no pagamento.

Com o reajuste o valor mínimo do PIS/PASEP passa a ser de R$ 90 e o máximo R$ 1.088, o valor de um salário mínimo completo após reajuste.

De acordo com a Caixa, o pagamento do abono pode acontecer por crédito em conta, para os que tem conta no banco, em caixas eletrônicos e lotéricas, com cartão cidadão. Além disso também podem sacar em agências da Caixa com número do PIS e um documento original com foto.

O PASEP é pago pelo Banco do Brasil e, assim como na CAIXA, pode ser pago com débito em conta para os que tem conta. Entretanto se você tem conta em outro banco, pode transferir por TED pelos terminais de autoatendimento ou pelo site do banco.

Qual a diferença entre PIS e PASEP?

Ambos são programas nos quais os contratantes depositam contribuições em um fundo para os funcionários. Esse dinheiro depositado vai para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), e então, a partir dele, o governo paga abono aos trabalhadores.

O Programa de Integração Social (PIS) é voltado para funcionários do setor privado, enquanto o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) é para funcionários públicos.

Você pode encontrar os números de PIS e PASEP na carteira de trabalho, mas também no site do CNIS, no Cartão Cidadão ou extrato do FGTS.

Empréstimo sobre RMC: entenda e se proteja de cobranças

Quem tem direito?

Todos os trabalhadores, públicos ou privados, que atenderem aos requisitos a seguir tem direito a até um salário mínimo:

  • A pessoa precisa estar cadastrada no PIS ou PASEP há pelo menos 5 anos;
  • Em segundo lugar, a pessoa só pode ter recebido até dois salários mínimos;
  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias;
  • Ter seus dados informados de forma correta no RAIS

Saiba se estagiário recebe 13°

Calendário de pagamento

Com o fim do ano se aproximando falta apenas um pagamento, o dos nascidos em dezembro, de acordo com a Caixa. Os funcionários públicos, no entanto, já receberam todas as parcelas desse ano.

Para os que recebem PIS:

  • Nascidos em dezembro recebem a partir de 12 de dezembro;
  • Os que nasceram em janeiro ou fevereiro recebem a partir de 19 de janeiro de 2021;
  • Em seguida os nascidos em março e abril, que recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;
  • E, por fim, os que nasceram em maio e junho recebem a partir de 17 de março de 2021

Por enquanto o calendário da caixa só vai até os aniversariantes do mês de junho. Lembrando que, com o reajuste, os que receberem em 2021 podem receber até R$ 1.088, com a confirmação do governo.

enquanto o calendário de pagamento do PIS é pelo mês de nascimento, o do PASEP é pelo número de inscrição. As datas para receber o abono dos funcionários públicos são essas:

  • Para os com número de inscrição que termina em 5, o abono estará disponível a partir de 19 de janeiro de 2021;
  • Os com inscrição terminada em seis e sete, a partir de 13 de fevereiro de 2021;
  • Enquanto os com inscrição com final 8 e 9 recebem a partir de 13 de março de 2021

Embora todos tenham uma data para começar a receber, o pagamento do PASEP de todos pode acontecer até o dia 30 de junho de 2021.

Veja também: Como se planejar para a Black Friday? FinanZero responde

Pagamento de até R$ 2.090

Para os que queria saber sobre o saque de um abono de até dois salários mínimos, isso não é mais possível. Esse pagamento era relativo aos anos de 2018 e 2019, entretanto os pagamentos de 2018 se encerraram em 29 de maio.

A pessoa poderia receber até R$ 2.090, contando com os salários dos dois anos, mas recebia o equivalente. Se você tivesse trabalhado o ano de 2018 inteiro, mas só dois meses de 2019, por exemplo, receberia o valor de R$ 1.220, cada mês valeria R$ 88.

O que é crédito pessoal?

Quer saber mais? Ficou com alguma dúvida? Se precisar, é só perguntar.

Por fim, não esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram; FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.