Número do PIS: como cadastrar o PIS na carteira de trabalho, onde encontrar o número da carteira física e como encontrar na versão digital

O PIS é o número de identificação social e também pode ser encontrado como NIS ou PIS/PASEP, a numeração é utilizada como forma de identificar um cidadão e gerar os benefícios trabalhistas que possui direito, como o seguro-desemprego e o abono salarial. É comum que os cidadãos possuam essa número em mãos por meio da carteira de trabalho.

Contudo, com a substituição da carteira de trabalho física para a versão digital muitas dúvidas foram encontradas entre a população que ainda se acostuma com a mudança. Por isso, abaixo estão as principais questões relacionadas ao número do PIS e a carteira de trabalho digital.

Como saber se vou receber a 5ª parcela do auxílio emergencial 2021?

Como cadastrar o número do PIS carteira de trabalho digital?

O número do PIS é gerado logo após a assinatura da carteira de trabalho, no primeiro emprego CLT do cidadão. Dessa forma, o cadastro do PIS é realizado pela Caixa Econômica Federal para que seja possível reconhecer o trabalhador e gerar os benefícios que possuem direito como o recolhimento do FGTS, seguro-desemprego, abono salarial e aposentadoria.

Sendo assim, o PIS é cadastrado de forma automática pela Caixa Econômica, não sendo necessária a presença do cidadão em nenhum posto de atendimento ou solicitação. O número será apresentado na carteira de trabalho digital ou física, quando era utilizada, assim como o número do NIS que indica o recebimento de benefícios sociais.

Onde encontrar o número do PIS na carteira de trabalho antiga?

A carteira de trabalho física foi substituída pela sua versão digital, que pode ser acessada pela internet ou aplicativo utilizando um celular. O número do PIS pode ser encontrado em sua versão antiga, assim ele se encontra na parte superior da primeira página, a que possuem a foto do cidadão e é identificado como PIS/PASEP.

Contudo, algumas versões mais antigas podem contar com o número exposto em um cartão em anexo a carteira de trabalho. Ou seja, um cartão que informa apenas o número do PIS/PASEP que se encontra separado da carteira física. Em casos de perda do anexo, o cidadão pode encontrar o número desejado pela internet utilizando alguns meios que serão citados a seguir.

Não consigo acessar a carteira de trabalho digital, o que fazer?

Como saber o número do PIS na carteira de trabalho digital?

Para consultar o número do PIS na carteira de trabalho digital basta seguir o passo a passo:

  1. Baixe o aplicativo da carteira de trabalho digital em seu celular;
  2. Na tela inicial clique em “Entrar”;
  3. Digite o seu número de CPF no campo indicado e clique em “Avançar”, se não possuir uma conta do Gov.br clique em “Crie sua conta”;
  4. Digite a senha utilizada no Gov.br e clique em “Entrar”;
  5. Após entrar no aplicativo acesse a opção “Contratos” e os contratos registrados carteira serão exibidos;
  6. Na empresa em que trabalha, clique no ícone “+” e o número do PIS/PASEP será exibido em conjunto com outros dados;

O número do PIS é uma informação presente na versão digital da carteira de trabalho e além dela existem outras opções de consulta do dado, como:

  • Carteira de trabalho física;
  • Extrato do FGTS;
  • Cartão cidadão;
  • Cadastro Único;

Além disso, é possível consultar o número do PIS utilizando o CPF ao entrar no site do INSS. As opções estão disponíveis para consulta do número do PIS já que o mesmo número pode ser encontrado com a nomenclatura NIS. Isso significa que o cidadão que já possuem o NIS não precisará de um novo número pois os dois números são gerados e utilizados pela Caixa Econômica, apenas indicam diferentes situações.

Calendário da 5ª, 6ª e 7ª parcela do auxílio é divulgado

E então, restou mais alguma dúvida sobre como encontrar o número do PIS na carteira de trabalho digital? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.