Existe, sim, empréstimo para desempregado; saiba onde pedir e como evitar juros abusivos

A taxa de desemprego fechou o ano de 2020 em 14,1% – um índice alto, que em números reais afeta cerca de 14 milhões de brasileiros. Por isso, não é difícil ser parte dessa estatística.

E, além disso, com a maior inflação desde 2016, na casa dos 4,5%, temos um cenário de falta de grana, não é?

Bem, se você está sem emprego e precisando de dinheiro, uma forma de se estruturar, por ora, é com um empréstimo.

Mas empréstimo para desempregado é fácil de conseguir? E empréstimo para desempregado com nome sujo: é possível?

É sobre isso que vamos falar hoje.

Peça uma cotação grátis e receba ofertas de empréstimo de até 10 parceiros FinanZero!

Como comprovar renda em um empréstimo para desempregado

Do mesmo jeito que em um empréstimo para quem tem renda fixa, num empréstimo para desempregado é preciso comprovar ganhos.

Como não há um holerite ou uma folha de pagamento, as melhores opções são usar o seu extrato bancário ou Imposto de Renda como comprovante de renda.

Portanto, quando for pedir o seu empréstimo, tenha em mãos pelo menos um desses dois documentos. Com certeza isso irá agilizar o seu processo.

Quanto tempo demora para cair uma transferência do mesmo banco?

Mas minha renda é baixa. Como fica meu empréstimo?

Bancos e fintechs só aprovam empréstimos para clientes que acreditam que podem arcar com o valor contratado.

Deste modo, entenda a sua renda e não peça valores muito altos para a sua realidade. A dica é tentar manter o valor da parcela desse crédito em no máximo 30% do seu giro mensal. Assim, você aumenta suas chances de ser aprovado nesse empréstimo para desempregado.

Pix: o que é e como funciona?

E se eu não tenho nenhuma renda?

Se o seu caso é de nenhuma entrada mensal, você pode optar por outros tipos de empréstimo para desempregado:

  • Refinanciamento de veículo;
  • Refinanciamento de imóvel.

Ambos são tipos de empréstimo com garantia e, portanto, importa mais o estado do seu bem do que a sua renda mensal.

Então, tenha no radar essas opções. Além de levarem menos em conta o seu rendimento, também têm juros mais baixos, o que pode ajudar a diminuir o custo desse empréstimo para desempregado.

Como declarar empréstimo consignado no Imposto de Renda?

Empréstimo para desempregado pede valor adiantado?

Não, NUNCA! Nenhum tipo de crédito, seja empréstimo para desempregado ou não, envolve a cobrança de valores adiantados. Afinal, isso é crime.

De acordo com o Banco Central, você só deve pagar qualquer valor do seu empréstimo depois de receber o crédito por completo em sua conta.

Portanto, se alguém tentar te cobrar taxa de avalista, taxa de aumento de score ou qualquer outra taxa ANTES de você receber o valor, FUJA. Isso é golpe!

Em resumo, um empréstimo para desempregado segue as mesmas leis de um crédito pessoal comum e não pode ter nenhuma cobrança adiantada.

Quanto gastar no cartão de crédito para não se endividar?

Onde pedir empréstimo para desempregado?

Não há resposta certa. O melhor empréstimo para desempregado depende do perfil do cliente e, por isso, é melhor simular o seu antes de contratar qualquer crédito.

Então, a dica é usar os serviços da FinanZero que, sem nenhum custo e com um único cadastro, pode te trazer até 10 ofertas de empréstimo. E aí cabe a você escolher qual o melhor deles, dentro da sua realidade.

Essa é a melhor opção, também, para evitar juros abusivos. Afinal, quando você compara as suas opções, tem a possibilidade de escolher a com as menores taxas, com melhores prazos e com o valor mais próximo do que você precisa.

Já pensou? Só vem: simule aqui!

E empréstimo para desempregado com nome sujo?

Não caia em cilada: empréstimo para desempregado com nome sujo é na FinanZero. Mais uma vez, você pode receber até 10 ofertas e, portanto, ter a opção ao contratar seu crédito.

O que é empréstimo com nome sujo?

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre o limite de quanto gastar no cartão de crédito? Deixe nos comentários!

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.