Se você precisa de um empréstimo urgente, venha para a FinanZero; saiba como simular sem sair de casa

Seja por qual motivo for, precisar de um empréstimo urgente é a realidade de muitos brasileiros.

Aqui na FinanZero, por exemplo, recebemos uma média de 600 mil pedidos de empréstimos por mês no nosso site. E, na maioria dos casos, o dinheiro é emergencial.

Portanto, hoje vamos nos focar nessa realidade: em como conseguir crédito de forma ágil e rápida. Contudo, é claro, sem pagar mais caro por isso.

Confira as dicas:

Como negociar as dívidas? FinanZero responde

1. Saiba de quanto precisa

O primeiro passo para ter acesso a um empréstimo urgente é ser realista quanto ao valor total de que precisa.

Coloque na ponta do lápis todos os gastos que precisam ser cobertos com o valor do crédito e, além disso, é ideal saber também quanto é o seu gasto fixo do mês. Assim, você sabe se nos próximos meses vai faltar – e quanto – para também adicionar esse valor no seu empréstimo.

É importante, contudo, que o valor da parcela mensal do empréstimo não seja maior do que 30% do seu rendimento.

Portanto, se o seu ganho é sempre menor que o gasto, estude onde dá para cortar algo e economizar. Pode ser difícil a princípio, mas é crucial a longo prazo.

Financiamento com imóvel de garantia: o que é?

2. Simule seu empréstimo urgente

Ou seja, não aceite a primeira oferta de empréstimo urgente que receber. Isso porque, no desespero, você pode acabar por pegar um crédito caro.

Simule seu empréstimo numa plataforma como a da FinanZero:

Por esse único cadastro, o seu perfil vai para nossos quase 50 parceiros. Por consequência, ao preencher só uma vez, você pode receber até dez ofertas pré-aprovadas de empréstimo.

O que isso quer dizer, na prática, é que você poderá escolher a que melhor condiz com a sua realidade. Por exemplo, poderá optar por:

  • Uma proposta que tem o melhores juros;
  • Aquela oferta que tem o prazo mais adequado para você;
  • Ou, por fim, o valor mais alto em dinheiro.

Enfim, ao simular, você se vê no poder de selecionar o que está mais perto do que você precisa – e o que funciona para o seu bolso.

Quais são os encargos de refinanciamento?

3. Pegue crédito com empresas confiáveis

Nunca, sob hipótese alguma, pegue um empréstimo urgente sem checar a reputação da empresa com a qual está fazendo contrato.

É fundamental que você pesquise sobre o padrão de atendimento dessa empresa, saiba se a avaliação dos outros clientes é positiva e entenda o histórico de atuação. Assim, você confirma se a empresa é confiável ou não e evita muita dor de cabeça.

Na dúvida, veja no site do ReclameAQUI, nas redes sociais da própria empresa e, por fim, no Google My Business.

Aposentado só pode pedir empréstimo consignado?

4. Nunca pague nada adiantado

Por maior que seja a sua emergência, nem mesmo quando se trata de um empréstimo urgente é legal cobrar valores adiantados.

Em resumo, é crime cobrar qualquer quantia antecipada, sob qualquer pretexto.

Então, se ao pedir um empréstimo você tiver que pagar algo antes de receber o valor total do crédito, não pague e denuncie. Isso é ilegal, de acordo com o Banco Central.

Aliás, nenhuma empresa confiável cobra valores antecipados. Afinal, ninguém que tem uma boa reputação quer cometer um crime, não é?

Por isso, fique atento: NUNCA PAGUE NADA ADIANTADO.

Quais são os tipos de empréstimo para negativado?

Resumo: empréstimo urgente? Venha para a FinanZero

Depois de tudo isso, em resumo, o melhor empréstimo urgente está na FinanZero. Aqui você:

  • simula com quase 50 bancos e fintechs sem sair de casa;
  • opta pela melhor oferta para você;
  • pode escolher diversos tipos de empréstimo.

Além disso, tem a certeza de estar em uma empresa confiável, que se dedica a te atender bem e segue todas as normas do Banco Central.

Os 7 melhores sites para comprar coisas importadas

Ficou com mais dúvidas?

Por fim, ficou com mais dúvidas sobre empréstimo urgente? Então, comente.

Siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.