Refinanciamento de veículo: o que é e como funciona, o que é preciso para fazer um, quais são as vantagens e quais veículos podem ser refinanciados

Os pedidos de empréstimo tem aumentado devido as consequências da pandemia do Covid-19 na economia brasileira. Segundo dados do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) são mais de 6 milhões de pedidos, apenas no primeiro trimestre do ano de 2021

O refinanciamento com garantia pode gerar grandes dúvidas nos cidadãos que estão considerando utilizar o meio para realizar um pedido de empréstimo. Por isso, abaixo estão as principais questões sobre o assunto, levando em consideração as dúvidas mais frequentes relacionadas as condições do veículo utilizado.

Como funciona o empréstimo com garantia de celular?

O que é o refinanciamento de veículo?

O refinanciamento de veículo é uma modalidade de empréstimo, também conhecida como empréstimo com garantia de veículo. Os cidadãos que optarem por esse tipo de crédito usarão um bem móvel, como carro, moto ou caminhão, como garantia do valor que foi concedido por uma instituição financeira.

A modalidade possui taxas de juros mais baixas por contar com uma maior segurança para o banco credor do empréstimo. Além disso, o refinanciamento pode ser de veículo ou de imóvel, onde o bem utilizado ao invés de ser um carro é uma casa, apartamento ou terreno.

Como funciona o refinanciamento?

O funcionamento do refinanciamento de veículo se dá como em outros tipos de empréstimo, ou seja, uma instituição empresta um valor para o solicitante, que paga por ele em parcelas que podem durar até o tempo determinado no acordo entre o cidadão e o banco. Ao emprestar uma determinada quantia o banco cobra por Custos Efetivos Totais (CET) que compõem as taxas de juros e demais valores cobrados pelo serviço.

No refinanciamento de veículo, o funcionamento conta com um bem móvel do solicitante como garantia do valor que foi emprestado pelo banco. Isso significa que o veículo será usado como forma de pagamento caso as parcelas do empréstimo não sejam pagas, pois nessa modalidade o banco passa a ser dono indireto do bem móvel e então possui o direito de usa-lo como forma de pagamento da dívida feita.

Contudo, o uso do veículo como pagamento é uma medida extrema e que não acontece com frequência. Os bancos possuem ofertas de renegociação de dívidas que podem ser solicitadas pelo devedor para que o seu bem não seja perdido. Por isso, a perda do bem deve ser uma preocupação do indivíduo mas não um motivo para que essa modalidade não seja solicitada.

Como refinanciar um veículo?

O que é preciso para refinanciar um veículo?

O refinanciamento de veículo pode ser ofertado por muitas instituições financeiras e cada uma possui diferentes formas de análise, condições e exigências para que o crédito seja liberado. Por isso, é válido que os cidadãos que desejam adquirir o empréstimo com garantia de veículo entrem em contato com os bancos e financeiras para terem a certeza do que é necessário. Em geral, algumas condições são impostas sobre o veículo utilizado, são elas:

  • O veículo precisa estar no nome do solicitante do empréstimo;
  • Em boas condições para ser usado como garantia;
  • E com 50% do valor já quitado;

Contudo, são questões que podem ser negociáveis dependendo da instituição que oferece o refinanciamento de veículo e por isso devem ser informadas para que sejam feitas análises sobre elas. Algumas condições sobre o solicitante também são relevantes como:

  • O solicitante deve ser maior de 18 anos;
  • Ter conta bancária, todas as contas são válidas com exceção da conta salário;
  • Apresentar comprovante de renda, como holerite, extrato bancário, imposto de renda ou pró-labore;
  • Possuir um veículo em seu nome;

Documentos

Além dos requisitos informados, é comum que determinados documentos sejam solicitados pois são uma forma de comprovar informações relevantes para a aquisição do crédito. Em geral, as seguintes documentações são solicitadas:

  • Apresentação da conta bancária (onde será depositado o valor do empréstimo);
  • Cópia do comprovante de renda fixa (holerite, extrato bancário, imposto de renda ou pró-labore);
  • Comprovante de residência (no nome do titular do pedido);
  • Registro Geral (RG) e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Foto com documento de identidade;
  • Cópia do Certificado de Registro do Veículo (CRV);
  • Certificado de Registro e Licenciamento de carros (CRLV);
  • Documento Único de Transferência (DUT) do veículo;

Porém, é válido mencionar novamente que os documentos e demais exigências podem variar de instituições e por isso é preciso confirmar com cada uma o que realmente é exigido.

Como saber se o empréstimo consignado foi reprovado?

Qual a vantagem de refinanciar um veículo?

O empréstimo com garantia de veículo possui vantagens para quem o contrata que não são encontradas em todas as modalidades de crédito. Com refinanciamento, o cidadão consegue encontrar menores taxas de juros, que abaixam o Custo Efetivo Total (CET) do empréstimo, além de boas condições para quitar a dívida e valores mais altos podem ser emprestados.

Esse tipo de crédito é indicado para cidadãos que possuem veículos em seu nome e é encontrada em muitas instituições. Dessa forma, a busca e comparações entre os bancos é mais fácil no refinanciamento de veículos. Na FinanZero o indivíduo consegue simular o seu refinanciamento e comparar as opções disponíveis para ele, assim a escolha da melhor condição pode ser feita.

Para simular com a FinanZero basta seguir o passo a passo:

  1. Entre no site da FinanZero;
  2. Escolha o valor que deseja emprestado no simulador encontrado ao abrir o site, o valor pode ser escolhido ao movimentar a linha ou nos botões de (-) para diminuir ou no (+) para aumentar o valor;
  3. Após a escolha do valor clique em “Avançar”;
  4. Informe os dados pessoais que serão solicitados e aguarde as propostas serem enviadas;

Quais veículos podem ser refinanciados?

Os veículos que podem ser usados como garantia no refinanciamento de veículo devem se adequar a algumas condições impostas pelos bancos e financeiras que oferecem o crédito aos seus clientes. Geralmente, os bens móveis dos solicitantes precisam:

  • Estarem em boas condições para serem usados como garantia;
  • Terem os documentos em dia;
  • Serem carro, moto ou caminhão;

Além disso, é preciso que o veículo utilizado esteja no nome do solicitante e com pelo menos metade das parcelas já pagas. Veículos que possuem dívidas absurdas podem encontrarem dificuldades no momento de realizar esse tipo de empréstimo, pois os bancos precisam de uma garantia sobre o valor emprestado. Ter em mente essas condições pode contribuir para o entendimento do cidadão e de possíveis modificações no veículo antes que seja usado como refinanciamento.

Qual a diferença entre refinanciamento de imóvel e hipoteca?

E então, restou mais alguma dúvida sobre quais veículos podem ser refinanciados? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.