Confira as últimas notícias de empréstimo consignado; esse post é atualizado sempre que há novidades sobre o tema

O empréstimo consignado é descontado direto da folha de pagamento, seja referente ao salário ou a um benefício, como o INSS.

Por isso, uma vez que o risco de inadimplência é menor, os juros em geral são mais baixos.

Por fim, esse tipo de crédito é para públicos específicos. Desse modo, confira quem pode pedir um empréstimo consignado:

  • Funcionários públicos;
  • Pensionistas e aposentados do INSS;
  • Trabalhadores com carteira assinada.

Agora que você já sabe o básico, vamos às últimas notícias de empréstimo consignado:

Empresa pode dar empréstimo para funcionário?

Não! No entanto, existe uma modalidade de empréstimo na qual o valor das parcelas do crédito é debitado direto da sua folha de pagamento.

É o chamado empréstimo consignado.

Algumas empresas fazem o processo de empréstimo consignado para as suas equipes da seguinte forma:

  • A pessoa vai até o setor financeiro da empresa;
  • Solicita o valor que deseja pegar em empréstimo;
  • Então, a própria empresa verifica se esse valor está de acordo com o salário da pessoa;
  • O pedido é feito, via empresa, para uma instituição financeira.

No entanto, de novo, não é a empresa quem dá esse empréstimo!

O empregador é apenas um meio para conseguir o crédito. Isso porque o RH ou o setor financeiro é que entrará em contato com o banco ou a financeira com a qual a empresa tem um acordo de consignado.

Vale dizer que, em geral, as empresas só liberam o crédito até 30% do valor do salário do funcionário. Dessa forma, a chance de dívidas é menor.

Empréstimo consignado: reclamações de crédito sem autorização aumentam

Neste ano houve um aumento de 102,6% nas reclamações de consumidores sobre empréstimo consignado liberado sem autorização. Isso porque até outubro de 2020 foram registrados 4.123 reclamações no Procon-SP, enquanto no mesmo período do ano anterior apenas 2.035 queixas sobre isso.

Além disso, de acordo com o Procon-SP, quando comparamos o mês de outubro de 2019 com o de 2020 o aumento é de 374,3%. Isso porque em 2019, o Procon-SP registrou 230 reclamações nesse mês, enquanto isso em outubro de 2020 totalizou 1.091 queixas.

Como fazer portabilidade de empréstimo consignado?

O primeiro passo é pedir para o banco, no qual você solicitou o empréstimo consignado, o valor do saldo devedor para que sua dívida seja quitada. Nesse valor é descartado os juros ainda não pagos. Além disso, é importante saber:

  • número do contrato;
  • taxa de juros – nominal e efetiva;
  • prazo total de pagamento;
  • modalidade;
  • data do último vencimento;
  • valor de cada prestação.

Depois disso, o cliente deve ir até o banco escolhido, que lhe parece mais vantajoso, para fazer a portabilidade. Por fim, é feito um novo contrato com o segundo banco, sob novas condições. Entretanto, é importante ressaltar que no novo empréstimo somente a taxa de juros pode ser alterada.

Mas, para isso, o segundo banco, precisa quitar a dívida com o primeiro e assumir o empréstimo.

Além disso, no caso de empréstimo consignado é necessário que a empresa em que você trabalha ou o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), no caso de aposentados, tenha convênio com o banco escolhido.

Suspensão do pagamento de empréstimo consignado. É verdade?

Não. Há um Projeto de Lei circulando na Câmara dos Deputados, mas, por ora, ainda não está valendo.

Por meio deste PL, os pagamentos de empréstimo consignado ficariam suspensos até dezembro. Além disso, uma renegociação aumentaria os prazos e adequaria os juros.

Por isso, caso aprovado, não permitirá que se cobre taxas extras. O projeto também proíbe a negativação do CPF em caso de dívida.

Governo amplia para 40% margem de empréstimo consignado no INSS

Desde 2 de outubro, uma Medida Provisória aumentou o limite de empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS.

Aposentados, agora, podem comprometer até 40% do valor benefício pago pelo INSS com um consignado. Além disso, podem comprometer outros 5% com um cartão de crédito na modalidade saque.

Antes, a margem era de no máximo 35%. 

Vale a pena pegar um consignado agora?

A resposta é: depende.

Mislene Romão, da equipe de produtos da FinanZero, explica: “em primeiro lugar, analise o quanto você ganha e os seus gastos, para saber se compensa o empréstimo ou não, para não ficar enforcada.

Muitos solicitam o empréstimo consignado achando que vão ter um alívio no final do mês, e isso acontece. Mas, além das dívidas e contas, você tem o empréstimo para pagar. Às vezes, acaba fazendo uma dívida maior ainda”.

Como um empréstimo consignado pode te ajudar

No entanto, se o empréstimo consignado cabe no seu orçamento, ele pode ser o alívio que você precisa.

Aqui na FinanZero, basta simular e, ao preencher os campos de dados pessoais, incluir a informação sobre aposentadoria. Será necessário, para obter mais opções de parceiros, incluir documentos que comprovam a renda.

Você irá receber algumas propostas de nossos parceiros, que contemplarão taxas específicas para idosos aposentados. A partir daí, basta selecionar o parceiro que mais se adequa à sua realidade financeira e assinar o contrato.

Quer ficar por dentro das últimas notícias sobre empréstimo consignado? Leia aqui os prós e os contras

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.